Vitrines Autônomas: conheça essa tendência do e-commerce

Você que é dono(a) de e-commerce, já conhece as Vitrines Autônomas? Elas possibilitam que as posições dos produtos sejam trocados de modo […]

Você que é dono(a) de e-commerce, já conhece as Vitrines Autônomas? Elas possibilitam que as posições dos produtos sejam trocados de modo automático, sem a necessidade de um profissional interno para configurar, cuidar e trabalhar nessa função.

Vitrines Autônomas, como o nome já sugere, são basicamente vitrines personalizadas de forma autônoma. Tal autonomia só é possível através da utilização da inteligência artificial, que possibilita a leitura de dados para a personalização de cada vitrine, dependendo das pesquisas e preferências de cada consumidor.

Vitrine Autônoma

Essa funcionalidade ainda é novidade para grande parte do mercado, mas já tem feito muita diferença para quem a utiliza, trazendo resultados significativos para os varejistas e melhor experiência de compra para os usuários.

Antes de seguirmos adiante e sabermos mais sobre vitrines autônomas, é interessante entender bem o que são as vitrines personalizadas.

Vitrine Personalizada

É provável que você já tenha navegado em uma loja com essa funcionalidade, mas eventualmente sequer percebeu. As vitrines personalizadas são chamadas dessa forma porque nenhuma é igual a outra. Elas são personalizadas para cada consumidor, por inteligência artificial, para conter produtos recomendados de acordo com os interesses e as necessidades do cliente, aumentando, assim, as chances de conversão.

As vitrines personalizadas são aquelas vitrines virtuais de recomendação que oferecem produtos similares ao que você estava procurando. É comum encontrar nelas frases como “Gostou? Então confira produtos similares”, ou “Clientes que compraram este, também gostaram deste!” E agora? Lembrou de já ter sido impactado por alguma mensagem deste tipo?

A criação de cada vitrine acontece com base na análise da navegação que o usuário faz na internet. A partir disso a inteligência artificial atrelada ao e-commerce sugere outros itens que também são relevantes e que podem despertar o interesse do mesmo. Isso faz com que o tempo do cliente na loja virtual seja maior, pois através da vitrine personaliza ele terá sua atenção voltada para outros produtos que também são do seu potencial interesse, ficando assim por um período maior navegando pela loja. A experiência de compra é então melhorada, dando opções e conteúdos que são relevantes para o cliente.

Como sabemos, melhorar a experiência de compra do consumidor é imprescindível para a perenidade de todo comércio eletrônico. Com as vitrines inteligentes, sejam elas personalizadas ou autônomas, isso se torna possível, sendo ótimas formas de melhorar os resultados de vendas do seu e-commerce!

Vitrines Autônomas

Com o crescimento do mercado, os e-consumidores estão cada vez mais exigentes, priorizando exclusividade. Em pesquisa realizada pela Consultoria Digital Accenture, 60% dos consumidores virtuais afirmaram que gostariam de receber ofertas personalizadas, assim como descontos nas lojas virtuais de sua preferência.

Percebemos então, que a busca pela exclusividade e personalização torna a vitrine virtual ainda mais atraente para o consumidor. E, quando falamos de Vitrines Autônomas, o impacto positivo é ainda maior.

Diferentemente da vitrine personalizada, a autônoma depende apenas da inteligência artificial. Sua distribuição, assim como o aprendizado da IA sobre as preferências dos consumidores, acontece de modo automático, não sendo necessário um profissional específico para trabalhar nessa função.

A tecnologia analisa todos os passos que o consumidor dá, e a partir disso passa a personalizar as vitrines, apresentando para o usuário itens de maior relevância para ele – e até mesmo o posicionamento em que serão exibidos.

O sistema de inteligência artificial funciona de maneira simples: ao entrar em funcionamento, o sistema coloca automaticamente vitrines dentro do e-commerce em varias áreas do site, como por exemplo, na Home, nas páginas de produtos e de categorias, ou até mesmo nos momentos finais da jornada: o carrinho de compras.

Deste modo, quando o usuário entra na loja virtual e começa a navegar, já se depara com as vitrines em funcionamento, prontas para oferecer produtos que chamem a sua atenção.

Em se tratando de inteligência artificial temos ainda mais benefícios: como os algoritmos fazem análises o tempo todo, é possível que a ferramenta perceba sozinha que a taxa de conversão de determinada vitrine não está satisfatória e, a partir disso, mude automaticamente a posição e até mesmo a chamada da vitrine para que a taxa melhore.

Tudo é feito de forma autônoma e em tempo real, garantindo assim que o usuário sinta-se cada vez mais exclusivo – e consequentemente mais satisfeito com a loja.

Vantagens

Como podemos ver, as vantagens do uso da inteligência artificial em vitrines virtuais são inúmeras. Podemos ressaltar que nas vitrines personalizadas a análise de desempenho e trocas de posições são feitas por um profissional especializado (a ferramenta não funciona sozinha), diferentemente das vitrines autônomas.

Além disso, na vitrine personalizada os reposicionamentos e as mudanças ocorrem normalmente em um período de tempo mais longo, pois é preciso fazer testes, trocando as vitrines de lugar e só então analisando a conversão de cada posição em que cada uma ela esteve.

Esses testes, portanto, levam tempo para serem realizados e finalizados. Com a inteligência artificial, testes são feitos a todo o momento e ainda de modo automático: as vitrines, por serem autônomas, podem trocar de posição sozinhas sempre que for preciso.

Em resumo, o uso de vitrines autônomas tem se mostrado bastante eficiente, e os resultados que elas trazem são sem dúvida alguma muito satisfatórios. Além da melhora na experiência do usuário e do impacto positivo nas conversões, elas tendem a reduzir a taxa de rejeição da loja virtual.

Já pensou em trazer essa tecnologia para sua loja? Se sim, saiba que os benefícios que ela traz são muitos!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário