Como vender produtos de casa e decoração pela internet?

Nas listas de produtos mais vendidos na internet, você sempre encontra itens de casa e decoração. Quadros, abajur, tapetes e tantas outras […]

Nas listas de produtos mais vendidos na internet, você sempre encontra itens de casa e decoração. Quadros, abajur, tapetes e tantas outras opções permanecem no auge de vendas em marketplaces e lojas independentes. Então, se você quer atuar em um nicho específico, confira nossas dicas de como vender produtos de casa e decoração pela internet.

Talvez seja a sua oportunidade oferecer produtos ou serviços a um segmento dos consumidores online. Muita gente ainda não sabe exatamente em qual tipo de negócio virtual quer investir, correndo o risco de não criar desejo em uma parcela de consumidores. Isso pode ser desmotivador na medida em que o número de vendas não cresce.

Os produtos de casa e decoração têm sido uma solução para empreendedores que desejam ver seus negócios online triunfarem. O nicho passou por aumento de 33% no faturamento no segundo trimestre de 2020, segundo dados da Webshoppers 42° edição.

A seguir, descubra quais são os produtos de casa e decoração mais vendidos na internet e algumas dicas para atuar nesse nicho.

Quais são os produtos de casa e decoração mais vendidos da internet?

Pensar no nicho de casa e decoração nem sempre significa comprar imóveis luxuosos, caros e que tomam muito espaço no estoque. É claro que você pode optar por vender esses tipos de produtos, mas o nicho é muito mais abrangente que isso. Se você ainda não começou a vender produtos de casa e decoração, que tal começar pelos itens menores?

Use a criatividade e veja o que você gostaria mais de vender pela internet. Abaixo, separamos algumas sugestões de produtos com design interessante e boas vendas no nicho de casa e decoração.

Luminárias

A iluminação é um detalhe crucial para a decoração de uma casa ou apartamento, o que leva cada vez mais consumidores a buscarem essa categoria nos marketplaces.

Quadros

Quadros decorativos incluem vários estilos e subcategorias, como marcas, carros, geek e frases motivacionais. O segredo para montar uma loja com sucesso de vendas é apostar em um mix de produtos, disponibilizá-los nos seus canais de vendas e ficar de olho nas tendências culturais do momento para criar novos quadros inovadores.

Canecas

Canecas personalizadas e decorativas compõem uma forte tendência no mercado, e empreendedores atentos têm investido na venda desses itens pela internet. A vantagem das canetas é principalmente o seu retorno alto e rápido.

Tapetes

Os tapetes são versáteis e se mantêm como um dos itens de decoração mais procurados. Eles são usados em diferentes lugares (empresas e residências) para tornar qualquer espaço mais confortável e elegante.

Como vender produtos de casa e decoração pela internet?

Depois de conferir algumas opções para vender produtos de casa e decoração pela internet, ficou mais claro o potencial desse nicho? Esperamos que sim! A diversificação é um dos detalhes que tornam esses itens cada vez mais atrativos para o consumidor online.

Abaixo, separamos algumas estratégias para você colocar em prática e dar os primeiros passos na venda de produtos de casa e decoração.

Ter uma loja virtual própria

Uma loja virtual significa ter um canal profissional para criar uma sólida marca de identidade, com um espaço exclusivo e único (domínio próprio).

É o que permite à sua empresa se apresentar com profissionalismo para potenciais clientes, destacando os produtos de maneira estratégica para atrai-los até a finalização de uma compra. O cliente realiza todas as ações em um mesmo lugar: escolhe o produto, paga da maneira como prefere e define como o receberá.

Um dos cuidados essenciais para ter uma loja virtual própria é escolher bem a plataforma de e-commerce para não ter prejuízos com questões técnicas e conseguir focar em estratégias de vendas.

Vender em marketplaces

Os marketplaces são canais de vendas que reúnem inúmeras lojas em um mesmo lugar. Alguns exemplos famosos são Submarino, OLX, Amazon e Mercado Livre. Porém, você também pode atuar em marketplaces de nicho, que abrangem uma quantidade menor de lojas, porque focam em determinado segmento do mercado.

Por serem ambientes de destaque no ranqueamento dos sites de busca, os marketplaces garantem mais visibilidade para as lojas virtuais. É uma oportunidade interessante principalmente para quem está iniciando no comércio digital. Contudo, é importante lembrar que a concorrência dentro dos marketplaces costuma ser bastante acirrada.

Utilizar o Instagram Shopping

Diversificar os canais de atuação é uma das preocupações centrais de quem está começando um negócio online. Nesse sentido, as redes sociais sempre se tornam os melhores aliados, com destaque para o Instagram e seu recurso gratuito para exposição de produtos, o Instagram Shopping.

O recurso permite a inclusão de etiquetas com nomes e preços de produtos em publicações no feed e nos Stories. Ao clicar em uma, os usuários podem ver o preço de um item e serem redirecionados para o site da loja virtual para finalizar a compra. A partir de 9 publicações do perfil com etiquetas, você ganha a aba Loja, exclusiva para posts com essa característica.

Caprichar na apresentação dos produtos

Um dos primeiros passos para vender na internet é cadastrar os seus produtos. É o que deve ser feito tanto na loja vitual quanto nos marketplaces em que você cadastrou a loja e nas redes sociais, como no Instagram Shopping. Boas fotos e descrições são um critério importante para que os clientes decidam se devem fechar uma venda.

O cuidado com as fotos é especialmente importante para produtos de casa e decoração, já que eles atraem o consumidor que está em busca de itens para melhorar o design da sua casa. Então, a imagem é um fator determinante. Fotos com baixa qualidade e falta de detalhes do produto são algumas coisas que contam como pontos negativos.

Neste post, você conseguiu ver que há muitas oportunidades de vender produtos de casa e decoração pela internet. É um nicho em crescimento no número de vendas online e que ofereça uma variedade de opções os consumidores. Para os próximos anos, as lojas virtuais devem reforçar a presença no ambiente digital para captar cada vez mais clientes.

Gostou do conteúdo? Se você quiser saber mais sobre como vender seus produtos em marketplaces, confira as 7 melhores estratégias de marketing para marketplaces.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário