Faturamento: Vendas online chegam a R$ 3,4 bilhões nos primeiros dias de novembro

Um levantamento realizado pela Ebit/Nielsen aponta um crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado, portanto um novo recorde. […]

Um levantamento realizado pela Ebit/Nielsen aponta um crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado, portanto um novo recorde. Confira os dados.

O mês de novembro promete ser um novo marco na história do e-commerce brasileiro. Para esclarecer, um novo estudo realizado pela Ebit|Nielsen, aponta que, os primeiros 11 dias do mês, já registraram a incrível marca de R$ 3,4 bilhões de faturamento.

 

Ou seja, o resultado apresentou um novo salto de vendas. O valor é superior a 31% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Vendas online no mês de novembro são impulsionadas pela Black Friday

Certamente, o mês de novembro está em alta por causa do período de Black Friday. Ou seja, apesar da data comemorativa acontecer oficialmente no final de novembro, tradicionalmente muitas empresas já trazem diversas promoções durante o mês todo o chamado esquenta Black Friday, por exemplo.

Houve um aumento no número de pedidos

Impulsionado pela Black Friday, o número de pedidos no mês de novembro também aumentou. Para se ter uma ideia, foram registrados cerca de 6,8 milhões de pedidos, quase 20% a mais que no ano anterior, por exemplo.

Aumento do ticket médio

Consequentemente, o valor do ticket médio também registrou um aumento em comparação com o mesmo período de 2020. A pesquisa mostra, que houve um aumento de 10% no valor, chegando a R$ 503 em média.

Sua loja vende bem, mas possui um ticket médio baixo? Aprenda como faturar mais com essas 3 estratégias!

Setores do e-commerce que mais cresceram em novembro de 2021

Já o levantamento realizado pela conversion, afirma algo que já vinha sendo destacado pela maioria das estatísticas. Portanto, apesar da reabertura do comércio físico, o consumidor brasileiro já se adaptou com a facilidade de realizar suas compras de modo online.

Dessa forma, não há possibilidade do e-commerce frear seu crescimento, muito pelo contrário. Alguns setores têm apresentado, até mesmo um aumento significativo mensal como:

  • O turismo com a sua retomada, teve um aumento de 9,36% neste mês;
  • O setor Pet teve um crescimento de 7,47%, por exemplo;
  • Já o setor de moda & acessórios, apresentou um aumento de 4,06%;
  • Cosméticos fica em quarto lugar, com um crescimento de 3,42% em relação ao mês anterior.

Para resumir, o e-commerce veio para ficar e o lucro de quem investe nessa ideia só tende a aumentar com o passar do tempo.

Pretende começar sua loja online, mas ainda possui dúvidas?

Confira nosso e-book: Introdução ao E-commerce: o fundamento para começar sua loja online. Material gratuito e exclusivo para você!

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário