6 plataformas digitais para impulsionar o sucesso do seu e-commerce
Tudo o que você deve saber para criar a árvore de categorias do e-commerce

Venda online e o coronavírus: entenda essa relação

Publicado em: • Última Atualização:

O cenário atual de pandemia fez com que muitos começassem a pensar em como montar e ter sucesso com sua loja virtual. Afinal, as consequências da venda online e o coronavírus ocasionaram um aumento de 400% no número de novos negócios, abrindo portas para empreendedores. Mas o que muda? O que esperar? É preciso estar atento a esses e outros detalhes.

O consumidor da atualidade é bastante exigente. Ele deseja contar com marcas que ofereçam a ele o pacote completo: bons produtos e serviços, atendimento de qualidade, agilidade, compromisso, valores alinhados aos deles etc. Com o coronavírus, essa realidade se tornou proeminente. Os clientes, em isolamento social, agora contam — em sua maioria — apenas com a internet.

Se você deseja entender como o mercado de lojas virtuais se relaciona com o coronavírus, não deixe de prosseguir com sua leitura!

Impacto no cenário da venda online e o coronavírus

Sem dúvidas, houve um grande impacto do isolamento social nas vendas digitais. Ele não só levou lojas ao ambiente virtual, mas também consumidores. Com isso, presenciou-se um aumento de 40% das vendas em e-commerces. Ainda que um grande número de novos negócios tenha surgido, as empresas já existentes também foram afetadas pela pandemia.

Em suma, o que antes era adquirido por meio de espaços físicos passou a ser comprado online. Assim, as lojas que já estavam preparadas para focar a realidade das vendas virtuais se destacaram. Já as que estavam no processo (ou ainda não tinham se lançado digitalmente) precisaram se reinventar. Vários empreendedores que tiveram altíssimas perdas de faturamento em espaços físicos conseguiram equiparar os danos através de novas vendas com a migração para o e-commerce.

Mas não é tão simples quanto parece. Sair de um local físico para o ambiente online exige uma série de desafios. É preciso compreender o comportamento dos consumidores na internet, conhecer os pormenores do marketing digital e, é claro, estar disposto a inovar. E aqueles que estão começando, como ficam? Bem, para quem deseja aproveitar essa maré de bons frutos e abrir sua loja virtual, seguem algumas sugestões.

Dicas para quem está pensando em trabalhar com e-commerce

Com a pandemia, todas as dicas que serão dadas a seguir devem ser levadas ainda mais em conta. Se antes do coronavírus os clientes já eram exigentes e demandavam atenção, identificação e posicionamento das marcas consumidas, agora isso tende a se intensificar. Quem busca começar deve priorizar alguns pontos chaves do e-commerce.

Estude o mercado

Essa é uma ideia que parece bastante generalista — mas não precisa ser. Se você tem algum direcionamento por onde deseja começar, é certo que alguns mercados já deverão ser foco de estudo. Quem deseja trabalhar com alimentos, por exemplo, deverá priorizar o estudo acerca do setor alimentício. Aqueles que buscam trabalhar com roupas tendem a buscar conhecimento sobre varejo, entre outros assuntos.

Contudo, não se engane. Para ter sucesso num contexto de venda online e o coronavírus, é preciso atuar de forma multifuncional. Considerando que você lidará com tributação, RH, logística e diversos outros pontos, é interessante dominar cada um deles. Leia bastante, estude diferentes cenários e possibilidades e prepare-se para se tornar um profissional de conhecimento multidisciplinar.

Escolha bem o produto

Ao iniciar no universo de vendas digitais, é normal não saber, ao certo, o que vender. Porém, esse é um ponto importante. Ainda que buscar setores em alta seja interessante, encontrar produtos que você goste de vender (ou sobre os quais você entenda bastante) é interessante. Se for possível unir os dois universos, melhor ainda!

Ao montar seu planejamento empresarial, crie várias possibilidades. Gradualmente, você se tornará capaz de lapidar o que melhor combina com seu perfil. Você pode, também, contar com fornecedores. Eles facilitarão o processo de criar um e-commerce ao permitir que você dê atenção à gestão do novo negócio e não perca tempo com a produção.

Trabalhe com um nicho

Encontrar um nicho de atuação é fundamental. Já ouviu falar que quem tenta fazer tudo não costuma dominar nada? Em termos de negócios online, isso é verdade. Quanto mais você segmentar sua atuação, mais fácil será colher bons resultados. Afinal, ações direcionadas, comunicação, marketing e outras ferramentas atuam melhor quando se voltam para as dores de um público em específico.

Trabalhar com nichos também ajudará a otimizar os processos de vendas. Assim como qualquer outra habilidade, destacar-se como vendedor exige estudo e dedicação. Porém, é algo possível de ser aprendido com o tempo. Ao focar um grupo de clientes, produtos e demandas, você se dedicará a aprender mais sobre as técnicas que funcionam, especificamente, para eles.

Defina seu público-alvo

Com informações sobre o mercado, nicho, produto a ser vendido e o que esperar da venda online e o coronavírus, é hora de se perguntar: para quem vender? Se você seguiu um planejamento de negócios adequado, é provável que já tenha a resposta dessa pergunta. Caso contrário, é hora de obtê-la. Nesse momento, as muitas ferramentas do marketing digital são de grande ajuda. Em suma, se aprofundar no assunto é interessante para qualquer área ou setor! Isso porque elas:

  • auxiliam na construção de personas — que são os clientes ideais de seu negócio;
  • facilitam a colocação de seu negócio no mapa local;
  • ajudam a colocar em prática o uso de canais de comunicação que levam você até seus potenciais compradores etc.

Entender mais sobre a venda online e o coronavírus é importante para todos. Isso inclui desde aqueles que já tinham uma empresa até os que desejam abrir a sua. Com o conhecimento acerca dos primeiros passos a serem tomados, o processo se torna simplificado. Para finalizar, lembre-se de ter paciência e calma para construir o melhor negócio quanto possível. Dessa forma, você minimizará falhas e será capaz de aproveitar os benefícios de um e-commerce sólido!

Se você está em busca do produto ideal para começar sua loja virtual com o pé direito, aproveite para conhecer os produtos mais promissores para vender online!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Venda online e o coronavírus: entenda essa relação
5 (100%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *