Valor de marca: O que é, como funciona e como calcular o da sua empresa!

O valor de marca é uma métrica importante, usada para medir a quão valiosa uma marca é para o mercado. Muito além de valor, estamos falando sobre a percepção do consumidor quanto uma marca e o quanto ela impacta positivamente seus clientes.

O valor de marca está diretamente associado à rentabilidade de um negócio no mercado atual. Isso porque o valor que uma empresa gera nos consumidores impacta diretamente na sua experiência de compras.

Assim, uma percepção positiva da marca, em relação ao mercado consumidor, pode ser fator decisivo para o sucesso nos negócios.

Empresas que não se preocupam com a percepção que os clientes têm de seus produtos e da sua empresa podem ter sérios prejuízos financeiros.

No entanto, como estamos falando de um valor qualitativo, pode parecer complexo mensurar o resultado desse fator. Mas existem maneiras que auxiliam nesse processo e você deve conhecê-las o quanto antes.

Neste artigo, falaremos sobre o valor de marca, o que é, como funciona e como calculá-lo. Não deixe de conferir!

O que é valor de marca?

O valor de marca é uma forma de medir o quão valiosa uma marca é no mercado, em relação à percepção do consumidor. Ela vai além do valor financeiro e funciona como uma métrica para compreender o brand equity.

Para chegar a um resultado de valor de marca, é preciso entender os ativos financeiros que a empresa representa e o brand awareness, que é o reconhecimento dessa empresa pela percepção do público consumidor.

Essa métrica diz respeito à proposta de valor que o empreendimento teve ao longo de sua atuação no mercado.

Ela é um diferencial competitivo intangível, que faz com que os consumidores escolham uma empresa ao invés da concorrência.

Os empreendimentos que desejam conquistar um valor de marca forte, devem investir em estratégias de marketing digital e branding.

Para que o tom de voz, identidade visual, credibilidade, causas apoiadas e muito mais, façam com que os consumidores deem preferência a essa empresa sem que o preço do produto seja fator determinante.

Quanto mais positiva for a percepção dos clientes em relação a uma empresa, maior será o valor de marca desse negócio.

O que é considerado para medir o valor de marca?

O valor de marca é uma métrica complexa de ser medida, justamente por ser intangível. Por esse motivo, muitas empresas contratam agências especializadas em branding para chegar ao resultado certo.

Isso porque existem muitas perspectivas que devem ser analisadas para que se possa chegar a um resultado. Alguns exemplos, são:

  • impacto e percepção do público consumidor;
  • avaliações positivas e negativas dos clientes;
  • reputação da empresa e dos produtos ofertados;
  • posicionamento no mercado;
  • resultados das equipes de marketing;
  • desempenho dos acionistas e do mercado.

Como calcular o valor de marca?

Com o conhecimento das informações apresentadas no tópico anterior, ainda podem restar dúvidas quanto à forma de mensurar algo tão intangível.

É preciso analisar minuciosamente os fatores apresentados. Veja a seguir!

Perspectiva de equidade de marca

Aqui, alguns pontos são fundamentais para um bom resultado. Mas, é preciso escolher uma via para que o caminho a ser seguido seja definido e seja possível calcular o valor de marca. Alguns desses pontos, são:

  • resultados financeiros de um produto em relação ao preço praticado no mercado;
  • o valor que uma empresa tem ao lançar novos produtos;
  • o valor da marca de acordo com o comportamento de compra dos clientes (pensamentos, hábitos, sensações etc.).

Esse ponto, conversa diretamente com o valor agregado do produto ou da empresa. Logo, é preciso definir um dos pontos para que sejam analisados.

Intenção da investigação

Também é preciso definir o objetivo e intenção da investigação, ela tem esse nome porque o objetivo é justamente fazer uma investigação.

Para tanto, são analisados três pilares, onde cada empresa opta por um deles. São eles:

  • extensão da marca: acontece quando a empresa tem expectativas muito grandes e contam com um impacto enorme na marca. Por exemplo, um grande lançamento;
  • poder de mudança: nesse caso, é avaliado o impacto que alguma mudança, como novas localizações de produtos ou mudança de nome, impactam a atitude do cliente;
  • segmento: quando o critério é comparativo entre marcas concorrentes.

Expectativas do cliente

Esse é o ponto onde a experiência do cliente e as expectativas que ele tem com a empresa são analisadas.

Isso envolve muito da perspectiva dos consumidores a como eles se sentem em relação a uma determinada marca.

Aqui, os sentimentos, sensações, gatilhos e as lembranças que os clientes têm ao entrarem em contato com a marca.

Com isso, os usuários podem interferir nos atributos da empresa.

Algumas ferramentas, como as redes sociais e outros canais de comunicação do negócio, podem ajudar a chegar a um resultado, por meio de impressões simplificadas e eficientes.

Atributos para medir o valor da marca

Os atributos para medição do valor da marca, são, de modo geral, os resultados dos esforços publicitários e dos times de marketing.

Alguns fatores, como associação de imagens, conscientização do público, entre outros, ajudam nessa medição. Nesse momento, a experiência do usuário não é relacionada.

Esses aspectos mostram com mais nitidez os impactos que a publicidade e o marketing da empresa geram com os esforços realizados.

Lealdade à marca

Toda marca busca por clientes leais, que tenham confiança na empresa e o potencial de seguirem mudanças.

Esse tópico diz muito sobre a impressão que a marca gera nos consumidores e como eles se relacionam com a marca.

É uma forma de entender como os consumidores reagem a uma marca quando buscam por uma solução que um concorrente também oferece.

Existem formas de nutrir um bom relacionamento e garantir um público mais fidelizado.

Enfoques quantitativos e qualitativos

Os grupos focais contribuem para a marca entender a percepção de uma parcela significativa de clientes e potenciais clientes.

Isso porque, analisando grupos focais, é muito mais fácil elaborar um plano de branding mais detalhado com base nas expectativas para os próximos lançamentos.

É uma excelente forma de proporcionar uma quantidade de percepções de clientes, de forma adequada e significativa. São utilizados fatores quantitativos e qualitativos para que seja elaborada uma estratégia de marca.

O ROI, nesse caso, também pode ter algum respaldo de análise.

Por que é importante medir o valor de uma marca?

É muito importante medir o valor de marca, porque ele mostrará como as pessoas enxergam uma empresa e marca, e como é a percepção que esse mercado tem dela.

Quando o valor de marca é muito positivo, ele indica que uma empresa é líder no seu nicho de atuação e o nome da marca é muito fortalecido.

Isso é fundamental para questões essenciais para um crescimento saudável dos negócios, como a relação com investidores, ações e demais ativos valiosos para as finanças.

É um fator intangível muito importante que diz respeito à lembrança e à percepção que os usuários têm de uma marca.

Investir em valor de marca necessita de boas ações de marketing em todos os canais, os tradicionais e os digitais.

Além disso, a marca precisa ser muito real quanto às informações de seus produtos, já que os consumidores estão cada vez mais racionais e com acesso a informações fidedignas.

Vantagens de definir um valor de marca

Existem muitas vantagens para uma marca definir um valor e saber como melhorar ainda mais a percepção que os consumidores têm sobre ela.

Afinal, o valor financeiro da empresa não é o fator determinante para avaliar o negócio de modo geral. Veja a seguir algumas vantagens de definir o valor de marca!

Fortalecimento da conexão com o público

As marcas líderes de mercado vão muito além dos produtos que oferecem, elas são preferidas dos consumidores porque oferecem uma experiência considera única e que o custo financeiro não pode comprar.

Alguns termos necessários utilizados para criar um valor de marca já são conhecidos do mercado, como brand experience.

Afinal, a percepção do cliente é influenciada por diversos fatores que não se limitam à aquisição de um produto.

Quando um consumidor tem uma percepção de marca fortalecida, ele já não toma a decisão com base no valor do produto.

Mas sim, em questões de experiência, como a identificação que ele tem com os valores da marca, a experiência que teve com ela ao longo do tempo e muito mais.

Clientes que se relacionam dessa forma com a empresa tendem a ser evangelizadores dessa marca e fazem parte de um grupo fidelizado.

Agilidade nas tomadas de decisão

A escolha e definição de um valor de marca servirá como um direcionamento para outros posicionamentos, bem como um guia para as principais tomadas de decisão que a empresa enfrentará no futuro.

Quando a definição é certeira, todo o processo futuro de escolha é facilitado, o que permite um maior dinamismo nas decisões e nas operações seguintes.

Melhoria nas relações internas

Como já mencionado, o valor de marca é muito conectado com os valores e ideias do negócio.

Portanto, ao definir essa medida, a marca consegue comunicar de forma mais nítida quais são os valores que ela presta e como ela quer trabalhar as suas operações rumo a uma visão estipulada de negócios e de posicionamento.

Assim, é possível estabelecer uma cultura organizacional com valores compartilhados e compreendidos por todos os envolvidos.

Portanto, colaboradores e gestores estão alinhados e têm comportamentos condizentes com o estabelecido no valor de marca.

Diferencial competitivo

Uma empresa que tem personalidade consegue se destacar no mercado com muito mais facilidade do que as empresas que competem apenas por produtos e preço.

Afinal, uma personalidade bem definida, com causas e ideias nítidas, consegue criar uma conexão com o público consumidor que as diferencie dos seus concorrentes.

5 dicas para agregar valor à sua marca

Criar uma estratégia de brand equity é muito importante para fortalecer a percepção de marca e criar um valor percebido em torno do negócio.

Contudo, esse é um processo que pode ser induzido, mas que também precisa acontecer de forma mais natural ao longo do tempo. Afinal, ninguém passa a adorar uma marca da noite para o dia.

Pensando nisso, separamos 5 dicas para que você possa começar a agregar mais valor à sua marca e melhorar o desempenho dos negócios. Vamos lá!

1. Tenha um posicionamento de marca fortalecido

O posicionamento de marca está conectado à forma como a empresa quer que seus clientes a percebam.

Ou seja, não é a maneira como os clientes enxergam a marca, mas sim como ela quer ser enxergada.

Logo, para o cliente moderno, cada vez mais conectado e interativo em diferentes canais, as empresas que se destacam em valor de marca adotam um posicionamento que se identifica com os valores dos consumidores.

Elas oferecem produtos que realmente resolvem a vida deles e ainda costumam ter atitudes condizentes com o que falam em seus canais de comunicação.

2. Crie um vínculo duradouro com os clientes

Por mais que o consumidor moderno esteja agindo de forma mais racional, já que pode se valer de muitas ferramentas para analisar as melhores opções, o fator emocional ainda tem um peso muito forte no comportamento de compras.

Uma das maneiras mais eficientes, é investir em estratégias que criem um vínculo emocional entre empresa e consumidor, o brand equity.

Quando é criado esse vínculo, existe um peso muito grande na decisão do consumidor, já que a marca é “valiosa” para esse cliente.

Dessa maneira, eles tendem a fazer negócios com mais facilidade, tornando a recorrência das compras maior, bem como o ticket médio mais satisfatório.

3. Saiba ouvir os consumidores

Como o objetivo é ter uma percepção muito positiva do mercado consumidor, é fundamental entender o que os clientes desejam e quais são os fatores que mais influenciam no seu comportamento de compra em relação à percepção de marca.

Como em muitas áreas, principalmente no branding e marketing digital, saber ouvir o consumidor pode trazer insights muito valiosos para os negócios.

4. Invista em marketing e branding

Independente do nicho ou tamanho da empresa, os clientes estão ativos nas ferramentas e canais digitais.

Portanto, é quase impossível criar um valor de marca sem contar com um bom posicionamento digital.

Outro ponto muito relevante, é que alguns canais, como as redes sociais, são excelentes veículos de comunicação bilateral.

Isso quer dizer que, nas redes, a marca pode ter um posicionamento mais dinâmico e informal, e os clientes podem participar disso, utilizando os comentários, curtidas, compartilhamentos e outras interações importantes.

Essas interações mostram muito do comportamento e posicionamento dos clientes sobre as ações e valor da empresa.

5. Invista na experiência do usuário

A experiência que o cliente terá ao se conectar com a marca, desde os primeiros momentos, influencia muito na percepção e no valor percebido.

Afinal, todos querem ter uma experiência de compras completa e que mostre que a empresa se preocupa com o consumidor.

Assim, oferecer uma experiência completa é indispensável para melhorar o valor de marca. O momento do pós-vendas também é muito importante.

Afinal, o cliente já fez uma compra e agora precisa ser encantado para entender que a sua escolha foi a mais certeira.

Marcas mais valiosas do mundo

Como já era de se esperar, existem as marcas que têm um valor de mercado muito grande e se tornaram as mais valiosas do mundo.

Isso porque elas conseguiram impactar o mercado, garantiram um produto de extrema qualidade e conseguiram criar um grupo enorme de clientes fiéis e usuários assíduos. Veja a seguir algumas delas.

Amazon

A Amazon já é considerada uma das empresas mais valiosas do mundo com um valor de mercado surpreendente.

Essa conquista se deve pelo modelo de mercado que ela implementou, facilitando a vida dos consumidores e oferecendo um serviço que solucionou uma necessidade com máxima eficiência.

Com certeza, sempre que os clientes precisam de uma solução, como as que a Amazon oferece, a marca vem à mente dos consumidores.

Atualmente a marca ocupa o 3º lugar do ranking das marcas mais valiosas com o valor de US$ 705 bilhões.

Site Amazon

Facebook

O Facebook é uma das redes sociais favoritas dos milhões de usuários no mundo todo.

A marca que já agregou outras marcas para si, como Instagram por exemplo, não para de crescer.

Agora chamada de Meta, a marca vale cerca de US$ 186,421 bilhões.

Facebook

Apple

A Apple é uma corporação muito poderosa e reconhecida no mundo todo.

Seus produtos não competem por preços, já que não são tão acessíveis, mas milhares de consumidores sonham com eles.

Isso porque além da boa qualidade dos produtos, a empresa tem muita credibilidade no mercado e é sinônimo de sofisticação e inovação.

O marca lidera a lista das 100 marcas mais valiosas do mundo. O seu valor de marca em 2021 está estimado em US$ 947 bilhões.

Site Apple

Google

O serviço que o Google criou revolucionou as pesquisas no mundo online, bem como as formas de fazer publicidade e lidar com o público.

Devido à sua popularidade no mundo todo e ao aperfeiçoamento tecnológico constante, essa é uma referência de conquista de valor de marca.

O valor da empresa hoje está em US$ 819,573 bilhões.

Google

McDonald’s

O McDonald´s é uma empresa mundialmente conhecida e vai muito além dos hambúrgueres que vende.

A empresa realiza campanhas que mostram seu posicionamento e está sempre procurando oferecer a melhor experiência para seus clientes, que são de todas as idades.

Seu valor de marca está em US$ 196,526 bilhões, atualmente.

Mensurar o valor de marca é uma necessidade que as empresas devem ter se quiserem se tornar mais competitivas no mercado.

Somente assim, a empresa deixa de ser avaliada pelo preço dos produtos e pelo seu capital, e começa a ser percebida pelos bons atributos não tangíveis.

Entendendo as formas de calcular o valor de marca e quais as formas de aumentar essa medida, as empresas podem fazer projeções de crescimento muito mais vantajosas.

Além de conquistar resultados muito mais expressivos ao longo de sua jornada.

Espero que você tenha gostado do nosso conteúdo! Continue sua jornada de aprendizagem com nosso e-book gratuito e aprenda como fazer uma analise de concorrente.

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário