Nova taxa: Correios destinará produtos eletrônicos importados para homologação na Anatel
O que um gerente de e-commerce faz na prática?

Vale a pena vender no Magazine Luiza? Veja um panorama sobre

Publicado em: • Última Atualização:

Com o crescimento contínuo do e-commerce e as projeções positivas para o setor, é natural que muitas pessoas decidam empreender no setor — seja como forma de sustento ou como renda extra.

Uma excelente opção, que também oferece ótimas perspectivas, é apostar em um marketplace. Grandes varejistas têm aberto espaço para lojistas aproveitarem os produtos no site e alavancar as vendas.

Neste post, vamos falar especialmente sobre o programa de afiliados Magazine Você. Quer saber como vender no Magazine Luiza e ter bons retornos com essa parceria? Então, confira agora mesmo, pois é sobre isso que vamos falar neste artigo!

Por que apostar em um marketplace?

Um marketplace funciona como um shopping virtual, em que diversos vendedores expõem produtos e negociam diretamente com os clientes. O mais tradicional deles é o Mercado Livre.

Com a expansão do setor, os grandes varejistas passam a adotar essa estratégia e fornecer um espaço para que pessoas possam divulgar e vender diversos itens. Veja, a seguir, alguns motivos pelos quais você pode considerar essa opção.

Grande visibilidade

Marketplaces já são consolidados no mercado, geralmente bem conhecidos do público em geral. Isso garante um número de visitas considerável todos os dias. Isso quer dizer que os produtos já contam com uma boa vitrine virtual.

Baixo investimento inicial

Na verdade, o único gasto que o vendedor tem é o de pagamento de uma taxa para a plataforma. Por outro lado, o site, a vitrine, a geração de tráfego, a visitação e o conhecimento na área são todos garantidos pelo marketplace.

Possibilidade de obter retornos satisfatórios

Com um baixo investimento para criar e manter o seu espaço, o único trabalho que o lojista tem é o de divulgar a loja para atrair ainda mais compradores. Ao longo do tempo é possível ter ganhos bem positivos.

Ganho de um público diversificado

Se você fosse trabalhar com vendas localmente, provavelmente só conseguiria vender para pessoas que moram em regiões mais próximas ou teria que contar com uma estrutura logística bem sólida para atender e entregar no país todo.

Com a estratégia do shopping virtual, tudo isso fica sob a responsabilidade da plataforma, ao mesmo tempo em que você passa a realizar vendas para pessoas que estão há muitos quilômetros de distância — sem ter que investir muito dinheiro para isso.

Afinal, o que é preciso para vender no Magazine Luiza?

Começar a vender no Magazine Luiza é uma tarefa bem simples: basta fazer o cadastro com o CPF e os dados bancários. Se você já tiver uma conta no site, os dados serão reaproveitados.

Como funciona o Magazine Você?

Para vender no Magazine Luiza, você fará parte do programa afiliado chamado de Magazine Você. Nele, é possível vender diversos tipos de produtos, por meio de um e-commerce personalizado.

Porém, é preciso preencher o formulário de cadastro, passar por um processo seletivo e, então, ser aprovado pela equipe. Depois que isso é feito, você pode escolher o que deseja vender, além de definir a ordem dos itens no site.

Existe a possibilidade de colocar até 60 produtos na sua loja, além de mais 12 como o chamado estoque de segurança. Assim, caso as unidades fiquem zeradas, essa margem automaticamente se torna disponível.

Qual é a responsabilidade do lojista?

Todos os aspectos técnicos ligados à compra e ao site são de responsabilidade da Magazine Luiza. Entre eles, estão:

  • checkout;
  • pagamento;
  • garantias;
  • hospedagem de anúncios;
  • divulgação dos produtos.

Porém, para isso, é cobrado um percentual sobre as vendas realizadas — que pode variar entre 2,4% e 4,5% sobre o valor total do produto.

Como é feito o pagamento de comissões?

As comissões são pagas sempre que é feita a confirmação do pagamento do pedido. Caso ele seja cancelado, o vendedor não recebe a gratificação pela venda. A frequência é de duas vezes por mês, desde que seja alcançado um valor mínimo de R$ 50 em comissão.

Se nas datas estipuladas — geralmente nos dias 04 e 19 — essa quantia não for conquistada, acumula-se para o próximo pagamento, até alcançar ao valor mínimo estipulado.

Existe algum suporte em caso de dúvidas ou problemas?

Se houver qualquer dúvida, problema ou dificuldade em mexer com a plataforma, o vendedor pode contar com o Magazine Luiza. Eles têm uma equipe inteiramente dedicada a esclarecer as pendências, dar suporte na divulgação, oferecer treinamentos e todo acompanhamento necessário durante o processo de venda.

Já tenho um site de e-commerce. Posso fazer a integração com o marketplace?

Se você conta com uma plataforma de integração, poderá integrar o seu site ao marketplace da Magazine Luiza. Assim, é possível apostar ainda mais na identidade da sua marca e ampliar as opções dentro do site. Outra vantagem disso é poder contar com os recursos de sistema de frete, pagamento e controle de estoque.

O que pode ser vendido no marketplace?

Como dito, existe uma série de produtos que você pode aproveitar para vender no Magazine Luiza. Entre as principais categorias, podemos citar:

  • eletrodomésticos;
  • eletroeletrônicos;
  • móveis e decoração;
  • cama, mesa e banho;
  • casa e jardim;
  • celulares e smartphones;
  • informática;
  • games;
  • relógios;
  • câmeras e filmadoras;
  • esporte, fitness e lazer;
  • suplementos alimentares;
  • beleza e saúde;
  • bebê;
  • automotivo.

Quais são as vantagens e desvantagens?

Como você já deve imaginar, há diversas vantagens em vender no Magazine Luiza. Conheça as principais delas:

  • desnecessidade de realizar um investimento muito alto para ter um e-commerce;
  • não precisa comprar os produtos para revender. O estoque é 100% de responsabilidade da loja;
  • não ter preocupação com a entrega dos itens;
  • simplicidade na gestão da sua loja;
  • grande visibilidade — visto que existem muitos acessos diários no marketplace;
  • atendimento e suporte da empresa para todas as dúvidas;
  • certificação Ebit Diamante (o que quer dizer que a reputação é ótima);
  • atualizações e melhorias frequentes por meio do laboratório de tecnologia da empresa (o Luiza Labs).

Vender no Magazine Luiza é uma excelente oportunidade para quem quer ter uma fonte de renda e, principalmente, gosta de trabalhar com o público. Agora que você já sabe melhor como o programa funciona, já pode começar a sua jornada agora mesmo.

Ficou com alguma dúvida sobre este assunto? Veja o que é preciso e como vender no marketplace do Magazine Luiza!

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Vale a pena vender no Magazine Luiza? Veja um panorama sobre
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *