Tráfego para e-commerce: 5 melhores dicas para aumentar o seu

Quando falamos em aumentar o tráfego para e-commerce, você compreende a importância disso para o seu negócio? Somente 1 a cada 100 […]

Quando falamos em aumentar o tráfego para e-commerce, você compreende a importância disso para o seu negócio? Somente 1 a cada 100 pessoas que acessam o seu site finaliza a compra. Por isso, é importante aumentar o número de pessoas qualificadas que abrem a sua loja virtual. Só assim, você conseguirá melhorar os seus resultados.

A melhor parte é que não é preciso, necessariamente, fazer grandes investimentos para isso. Uma estratégia de SEO, que é focada no tráfego orgânico, já entrega uma ótima performance. Quando combinada com outras técnicas, consegue impulsionar ainda mais os seus números.

Pensando nisso, reunimos as principais estratégias para gerar tráfego em um e-commerce. Acompanhe!

O que significa aumentar o tráfego

Aumentar o tráfego significa pensar em uma estratégia para expandir o número de visitas no seu e-commerce. Pode ser de forma orgânica, gratuita, ou paga, a partir de anúncios e promoções. Qual dos dois escolher? Depende da sua estratégia e do quanto você está disposto a gastar.

O tráfego pago costuma dar resultados mais rápidos. No entanto, você precisa pagar sempre. É como o aluguel de um espaço para você estar em evidência. Já no tráfego orgânico, normalmente, demora cerca de 1 a 3 anos. Porém, você constrói um espaço seu e se desenvolve a partir disso. Logo, a tendência é continuar crescendo, mesmo sem grandes investimentos.

Em ambos os casos, é fundamental buscar por um tráfego qualificado, ou seja, pessoas com interesse na sua solução. É a melhor forma de garantir que as pessoas que entram realmente tenham interesse no que você vende. Dessa forma, seu investimento valerá a pena.

Qual é a importância de aumentar o tráfego para e-commerce

Os dois principais motivos para investir em estratégias de tráfego para e-commerce são para aumentar as vendas e se destacar. Cerca de 3,5 bilhões de buscas são feitas por dia no Google. Portanto, a sua loja virtual tem 3,5 bilhões de oportunidades para gerar conversões.

Entretanto, grande parte dos e-commerces não recebe nem 1% dessas visitas por ano. As principais causas disso são sites sem otimização, descrições ruins, problemas de acessibilidade, entre outros. Quando você pensa o seu tráfego de forma estratégica, além de aumentar as suas vendas, é criado um diferencial competitivo. Ainda mais quando comparado aos concorrentes que costumam só fazer o básico.

Como aumentar o tráfego do seu e-commerce

Como dito anteriormente, você pode investir em estratégias de tráfego pago ou orgânico. Novamente, independentemente de qual dos dois escolher, é fundamental que você atraia leads (pessoas que demonstraram interesse) qualificados para o seu site. Afinal, de nada adianta ter números, se não serão convertidos em vendas.

Assim sendo, torna-se ainda mais importante planejar as suas ações antes de agir. As principais vantagens disso são:

  • delimitar melhor seus gastos;
  • controlar seu orçamento;
  • reduzir desperdícios;
  • aumentar a eficácia das ações e a taxa de conversão;
  • conquistar resultados a curto e a longo prazo;
  • compreender a real situação do seu negócio.

A seguir, deixamos sugestões de algumas estratégias que você pode utilizar para aumentar o tráfego do seu e-commerce.

Crie um blog e crie conteúdo

Para quase todos os segmentos do mercado, vale a pena criar um blog. Isso porque o recurso pode ajudar a melhorar a autoridade do seu site, tornando-o uma das prioridades para os motores de busca. Assim, quando o usuário pesquisar pelas palavras-chave que o seu e-commerce ranqueia, você aparecerá em uma posição melhor.

Para mais, pode, também, acontecer o movimento contrário. Um usuário acessa o seu e-commerce devido a um conteúdo que você produziu e realiza uma venda pelo fato de ter visto o seu domínio do tema.

Desenvolva uma estratégia de SEO

SEO, ou Search Engine Optimization, é um conjunto de técnicas utilizadas para melhorar o seu ranqueamento na página de buscas do Google. A longo prazo, com um SEO bem construído, a tendência é aumentar as suas visitas de forma orgânica. Com constância, conteúdo relevante e uma estratégia, é possível ranquear para as primeiras posições.

Logo, em vez de pagar para ter um lugar de destaque, você terá um espaço tão bom quanto (ou até melhor) gratuitamente.

Elabore descrições detalhadas

Dois erros comuns são: descrições de produtos simples demais e descrições repetitivas em mais de um lugar do seu site. Ambas as situações geram penalidades para o seu e-commerce, reduzindo o número de visitas. Ao detalhar os seus produtos, tente agregar valor à sua solução.

Da mesma forma, busque a originalidade para cada um dos seus textos. Não é preciso, necessariamente, ser criativo em todos eles. Porém, é fundamental que seja um texto completo e novo. Lembrando que o plágio, além de ser crime, é penalizado pelo Google.

Faça e-mail marketing

Ainda que as redes sociais sejam muito utilizadas para se comunicar com pessoas próximas, o e-mail é o favorito no cenário profissional. Em 2018, o Gmail possuía mais de 1,5 bilhões de usuários ativos por mês. Por essa razão, estratégias focadas na plataforma costumam entregar ótimos resultados.

Transforme o seu e-mail em uma oportunidade de gerar vendas. Divulgue novidades, promoções, conteúdos de valor, entre outros. Só não se esqueça de fazer um link com a sua loja virtual para aumentar as visitas.

Invista em mídia paga

Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads e LinkedIn Ads são só algumas opções. Quase toda plataforma possui uma modalidade paga, que traz inúmeras possibilidades para o usuário. No Instagram, por exemplo, mesmo que o seu perfil tenha poucos seguidores, com os anúncios, você pode colocar o arraste para cima.

Portanto, é possível aumentar o alcance da sua publicação, à medida que gera tráfego para o seu e-commerce. O interessante dos anúncios é que você pode segmentar a sua campanha para um público específico. Desse jeito, conseguirá resultados ainda melhores.

Quais ferramentas podem ajudar?

A melhor forma de saber se a sua estratégia para aumentar o tráfego do seu e-commerce está dando certo é por meio de dados. Mensurando e analisando seus resultados, você consegue compreender os erros e acertos da sua estratégia. Em outras palavras, é aquilo que vale a pena repetir ou evitar. Nesta etapa, algumas ferramentas, todas gratuitas, podem ajudar:

  • Google Analytics e Google Search Console (analisar a performance do seu site);
  • Planejador de Palavra-chave do Google (encontrar as melhores palavras-chave para a descrição dos produtos e/ou artigos);
  • Google Trends (ver tendências em conteúdo);
  • Redes Sociais (conversar com o seu público);
  • MailChimp (até certa quantia, dá para montar a sua campanha de e-mail marketing gratuita).

Como vimos ao longo deste artigo, aumentar o tráfego para e-commerce ajuda a melhorar as vendas e os resultados como um todo. Para isso, é preciso pensar de modo estratégico. Algumas sugestões do que fazer é criar um blog, desenvolver uma estratégia de SEO e descrições detalhadas. É possível, também, investir em e-mail marketing e em mídia paga. Em todos os casos, analise os resultados e veja o que é melhor para o seu negócio.

Este conteúdo faz sentido para você? Deixamos como indicação um vídeo com dicas para gerar Tráfego e Vendas. Acesse!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário