Se você entrasse em sua loja virtual neste exato momento, você iria efetuar uma compra?

Agora o cliente é você! Entre em seu e-commerce como se você estivesse pesquisando por algo que necessita e está disposto a […]

Agora o cliente é você!

Entre em seu e-commerce como se você estivesse pesquisando por algo que necessita e está disposto a comprar. Mas lembre-se que existes diversos outros concorrentes e, principalmente, os vendedores no Marketplaces grandes como Mercado Livre, Via Varejo, Amazon e B2W.

O que mudaria sua opinião de não compra de outra loja ou no marketplace, para compra em seu próprio e-commerce? Já parou para pensar sobre isso?

Sobre os produtos:

Os produtos que você vende, são todos originais? Não é obrigatório para vender no e-commerce, mas é muito importante ter código EAN.

O preço de venda, é competitivo com de seus concorrentes? Negocie taxas melhores com seu fornecedor.

Possui imagens em alta qualidade? Eu particularmente recomendo ser no mínimo 800×800 e busque colocar mais de 1 imagem em cada anúncio.

A descrição está completa? Em casos de roupas, possui tabela de medidas? Não precisa colocar uma história sobre o produto, coloque as informações necessárias, para que seu cliente não tenha dúvidas ao entrar na página do anúncio. Roupas, como exemplo, crie variações de tamanhos (P, M, G, GG..)

O que eu recomendo, crie apenas 1 nível de variação, ainda utilizando o exemplo de roupas, muitas lojas anunciam 1 camiseta e dentro dela várias cores e vários tamanhos. Recomendo criar um anúncio de cada cor e, dentro de cada cor, a variação de tamanho. Deixará sua loja com mais itens disponíveis e ajudará no SEO referente a cor que o consumidor está procurando.

Sobre a logística:

Possui os itens a pronta entrega? Qual o tempo que consegue postar após a compra? Despache no máximo em até 48 horas, mas o ideal é até o dia seguinte.

O prazo é um dos fatores que influenciam na compra, vejo muitas lojas, até mesmo lojas grandes, colocando prazos enormes, 15, 20 dias para entrega, mas acabam entregando em 3, 4 dias. Ficam com receio de colocar um prazo pequeno, não entregar dentro dele e o cliente reclamar.

Porém, aconteceu comigo de comprar um celular com prazo de 15 dias úteis para entrega, mas dentro do painel da loja, o prazo da entrega estava que eu receberia no dia X, mas o correto seria que destacar que o recebimento seria até o dia X. E foi entregue em 2 dias.

Imagina se eu tivesse me programado para viajar, tentariam entregar 2, 3 vezes e não iriam conseguir. O pedido seria devolvido e até mesmo cancelado. Por conta disso, poderia acontecer do preço aumentar e eu não conseguir o desconto quando comprei pela primeira vez. Então, faça testes, tenha uma logística parceira.

O preço do frete é um valor aceitável? Dependendo do nicho, crie KITs/COMBOS para o frete ficar mais barato, onde consiga colocar em uma embalagem menor. Crie promoções de frete grátis acima do x comprado em sua loja. 

E crie também frete no valor fixo, por exemplo:

Frete por R$ 10,00 para São Paulo capital. Crie um banner ou um pop-up falando da promoção e o cliente poderá gastar R$ 5,00 ou R$ 5.000,00, sabendo do frete fixo ou grátis.

Sobre a loja:

Possui banners atrativos? Vejo diversas lojas com banners que não são do tamanho correto ou banners em baixa resolução.

Se comprou um tema, verifique a documentação dele para aplicar os banners nas posições corretas e fazer nas dimensões recomendadas. Se o tema foi desenvolvido do zero, converse com a agência ou programador que criou para você.

Está com um layout bacana para desktop e principalmente mobile? Mais de 70% dos usuários hoje em dia compram pelo celular, então tenha um layout top para plataforma mobile.

Possui um certificado de segurança (SSL)? Jamais coloque sua loja no ar sem o SSL, é ele que fará aparecer no navegador que seu site é seguro e isso impacta bastante nas vendas.

Está com SEO feito? É mecanismo para ajudar seu negócio “subir” de modo orgânico. Além dos produtos, é muito importante o SEO ser feito nas categorias e na Loja mesmo. O SEO não é só palavras-chave, e sim colocar as tags recomendadas pelo Google nas descrições dos produtos.

Esses são somente alguns pontos até básicos, mas muito importantes e que muitas lojas virtuais não estão 100% configuradas.

Então, reflita! Se ainda não se comportou como um real cliente entrando em sua loja, faça isso.

Rate this post

There are no reviews yet. Be the first one to write one.

Deixe seu comentário