Quais inteligências os grandes players usam para tantas conversões de carrinho?
Como funcionam as cotações de frete no e-commerce

Como lidar com a sazonalidade de produtos no e-commerce?

Publicado em: • Última Atualização:

Trabalhar com produtos sazonais tende a ser ótimo e desafiador. Ao mesmo tempo em que você passa por períodos louváveis, de boas vendas, outros deixam a desejar, podendo trazer desequilíbrio nas finanças.

Para enfrentar as dificuldades, você não precisa perder a originalidade da marca e tentar se adequar ao padrão, mas é fundamental ter jogo de cintura e definir estratégias exclusivas. Isso porque você terá de se preparar para dois tipos de períodos, já que cada um pedirá intervenções diferentes.

Quer saber como organizar sua loja virtual e se dar bem com a sazonalidade? Acompanhe a leitura!

O que significa a sazonalidade no e-commerce?

A sazonalidade pode ser definida pela oscilação de vendas em uma empresa. Assim, ela passa por épocas em que consegue vender em quantidade acima da média, mas também tem fases em que as transações são abaixo do comum.

Apesar de haver essa flutuação, pode-se dizer que essas situações tendem a ser previsíveis, não podendo ser confundidas com eventos inesperados, os quais também causam flutuações nas vendas, como uma greve de caminhoneiros ou o aumento de impostos.

Existem várias espécies de produtos sazonais, como biquínis, ovos de Páscoa, roupas de inverno, ar-condicionado, lareira e sorvete. Dessa forma, o período de maior demanda vai depender do tipo de mercadoria.

Vender produtos sazonais é vantajoso?

Pelo fato de os produtos apresentarem ciclo de vendas, muitos comerciantes podem achar que não vale a pena o investimento. Porém, para quem sabe aproveitar as oportunidades, isso pode, sim, ser vantajoso.

Eles são boas possibilidades de ganhar dinheiro, pois, por serem peculiares, a concorrência acaba sendo mais baixa. Isso possibilita ao varejista mais liberdade para precificá-los.

Além disso, ele também pode conseguir grandes descontos com os fornecedores, se fizer a aquisição nas épocas em que as mercadorias apresentam pouca fluidez. Outro ponto positivo é o fato de a empresa conseguir muitas vendas e lucro em uma época na qual outros e-commerces não conseguem.

Como lidar com a sazonalidade na loja virtual?

Encarar a sazonalidade pode não ser tão ruim se você tiver os métodos certos para usá-la ao seu favor. Sendo assim, acompanhe algumas dicas relevantes.

Conheça bem suas melhores e piores épocas

Entender como o próprio negócio funciona, antes de partir para qualquer ação, é primordial. É a partir dessa compreensão que você saberá reconhecer as oportunidades, a fim de aproveitá-las, e estará preparado para os momentos de baixa procura.

Sendo assim, analise os lucros de cada ano e saiba exatamente quais os melhores e os piores meses. Ter um cronograma ajudará você a se organizar melhor com a logística. Na hipótese de o negócio ser novo, tente obter o maior número de dados possíveis dos concorrentes, observando o comportamento deles nas redes sociais, por exemplo.

Faça um planejamento financeiro

Você precisa entender que, dificilmente, o fluxo financeiro será o mesmo todos os meses. Portanto, se uma loja online vende chocotones e panetones, por exemplo, possivelmente as épocas de maior demanda serão Natal e Páscoa. Nesses períodos, o lucro da empresa será fora da curva normal. Já em outras épocas, o faturamento será muito menor.

Um dos pontos mais importantes para quem vende produtos sazonais é ter um planejamento mais detalhado e olhar para os gastos e ganhos de um ano inteiro. As épocas de maiores rendimentos precisam compensar as de menores.

Estruture a segmentação de público

Assim como toda estratégia de venda, aqui também precisa de um público bem segmentado, já que é a partir dele que as ações serão pensadas. Então, no modelo do e-commerce de panetones e chocotones, qual o perfil da maioria dos consumidores? O marketing digital e a linguagem usada, por exemplo, serão completamente diferentes se o público for formado por mulheres na faixa dos 40 anos ou jovens por volta dos 20 anos.

Tenha estratégias diferenciadas

Os períodos de baixa demanda exigirão condutas diferentes das de alta procura. No segundo cenário, a empresa terá de se antecipar com um estoque acima do comum e, para isso, já ter um fornecedor confiável, com produtos de qualidade e valores justos é muito importante. Nessas transações, o comerciante ainda poderá colocar um preço um pouco maior nas mercadorias.

No primeiro contexto, será necessário pensar diferente. Por exemplo, é preciso colocar promoções, a fim de fazer com que os itens não fiquem parados muito tempo no estoque. Fazer vendas casadas, com outros tipos de produtos que costumam sair mais, também pode ser uma boa solução para superar a escassez.

Faça um marketing poderoso

Na época mais esperada de vendas, os produtos precisam sair do estoque. Uma boa propaganda pode fazer a diferença para assegurar as transações. Conte uma história com o marketing e faça com que as pessoas fiquem instigadas com os produtos. Para isso, decida qual sentimento sua marca quer despertar e qual mensagem quer passar.

O ideal é que as campanhas sejam elaboradas com antecedência, a fim de criar expectativa no público. Além disso, decida em quais redes quer veicular as publicações. Não se esqueça, ainda, da jornada de compra do cliente, a fim de deixar as práticas mais direcionadas.

Inove com produtos relacionados

Criatividade é importante nesses momentos e ela pode levar você a pensar em produtos diferenciados, mas que tenham relação com os originais. Por exemplo, por que não aproveitar os ingredientes do chocotone e elaborar um bolo com sorvete para ser vendido no verão? Ou, ainda, brigadeiros gourmet, com recheio de chocotone? As opções são diversas e tudo dependerá do nicho, das possibilidades na logística e de uma imaginação.

Aproveite as datas comerciais

Pode ser útil aproveitar outras datas importantes do comércio para elaborar táticas de vendas. Por exemplo, na Black Friday, é possível anunciar venda de tickets promocionais para serem usados no Natal. O Dia das Mães e o Dia dos Namorados podem ser usados para vender o tal brigadeiro gourmet. É só questão de aproveitar as ocasiões favoráveis, já que essas épocas também favorecem as boas vendas.

Produtos sazonais podem apresentar bons lucros a um e-commerce que tenha estratégias estruturadas e um planejamento eficiente. No fundo, vender nunca será algo tão fácil e qualquer empresa precisará arriscar ações, modificar as que não deram certo e prosseguir buscando sucesso.

Gostou do nosso artigo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais, para que essas informações importantes cheguem a mais pessoas!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Como lidar com a sazonalidade de produtos no e-commerce?
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *