Curva ABC: o que é e por que ela importa?
O que é dropshipping e como ele funciona na prática?

Saiba como usar a internet para ter renda extra com artesanato

Publicado em: • Última Atualização:

A revolução no comércio criada pelo e-commerce não está apenas aumentando a comodidade para os clientes, mas está dando também oportunidade para que artesãos e pequenos produtores mostrem (e vendam) seu trabalho para o mundo! Está pensando em ganhar um dinheiro a mais com seu talento ou até já começou, mas ainda não teve muito sucesso? Então este post é para você! Vamos mostrar aqui como a adoção de algumas estratégias já é suficiente para ganhar uma renda extra com artesanato. Acompanhe!

Tenha seu próprio e-commerce

A primeira e mais importante dica para começar a ganhar dinheiro na internet é montar sua própria loja virtual. Quando começam a vender peças de artesanato online, muitas pessoas apostam em soluções mais informais, como vendas diretas por Facebook e WhatsApp, ou partem para serviços mais conhecidos, como o Mercado Livre. E se disséssemos que existe uma solução melhor?

As plataformas exclusivas de e-commerce são muito mais eficientes para o artesão que pretende crescer e, quem sabe, ganhar a vida com sua própria produção no futuro! Saiba desde já: uma loja virtual própria o prepara para ter sucesso!

Soluções menos profissionais até podem funcionar agora, mas pense bem: você acha que vai dar conta de atender a pedidos e gerenciar transações por WhatsApp quando tiver muitos clientes? É nesse crescimento que você precisa focar para garantir uma renda extra que seja significativa e recorrente!

Ainda não está totalmente convencido? Então confira a partir de agora por que exatamente você deve trocar um modelo informal ou um marketplace por um e-commerce próprio!

Controle maior e taxas menores

Se você escolhe uma boa plataforma de e-commerce, acaba pagando menos pelo serviço que em soluções que se dizem gratuitas. Em sites como o Mercado Livre, por exemplo, você precisa deixar uma porcentagem de cada produto que vende. Já em uma loja virtual própria, você paga apenas uma mensalidade. Desse jeito, é muito mais fácil prever de quanto será sua renda extra no fim do mês! Use nossa calculadora para descobrir quanto você poderia estar vendendo.

Integração com grandes marketplaces

E por que vender só no Mercado Livre se é possível expandir ainda mais sua vitrine? Se sua loja virtual estiver hospedada em um serviço que faz a integração com marketplaces, seu produto não será exposto apenas no Mercado Livre, mas em vários outros grandes portais de compra, como Submarino, Americanas e Shoptime. Não parece bem mais vantajoso?

Estratégia própria para atrair clientes

Para se destacar no mercado virtual, é preciso ter identidade própria. Mas já reparou como muitos e muitos sites de lojas online são praticamente iguais? Para ter sucesso com vendas no universo digital, você tem que ter um e-commerce com a sua cara, que converse com seu público. Lembre-se de que somos movidos a estímulos visuais e relações afetivas. Por isso, queremos nos apaixonar pelo artesanato que compramos! Assim, se você quer ver sua renda extra aumentar, é bom ter um site só seu para encantar o público!

Abuse das redes sociais

Você já percebeu que ter um e-commerce próprio é uma solução incrível para vender mais e com mais frequência, certo? No entanto, para realmente garantir essa renda extra, você precisa pensar também na outra ponta: o público tem que encontrar e se encantar com seu artesanato. Como tudo na internet, isso é questão de relacionamento!

Blog

Uma ótima ideia para atrair clientes e chamar a atenção para seus produtos é manter um blog sobre seu trabalho. Você não precisa escrever textos enormes e detalhados, mas só contar um pouco mais sobre seu artesanato, mostrar alguns processos da produção e, quem sabe, até ensinar algumas técnicas. Essa conversa frequente com o público atrai e mantém o cliente perto de você, o que pode ser a porta de entrada para criar uma audiência cativa, que vai além dos parentes e amigos mais próximos.

Quando você se abre para as pessoas, elas passam a se relacionar emocionalmente com você e, claro, seu trabalho. Com esse laço formado, sempre que quiserem dar um presente especial ou indicar uma loja de confiança, seu nome será o primeiro a surgir!

Facebook

Hoje em dia, o Facebook é bom para praticamente tudo quando o assunto é relacionamento. Afinal, é lá que todo mundo está e é para lá que todo mundo vai para saber das novidades. Para alavancar sua loja virtual, você pode criar uma página nessa rede, separada do seu perfil pessoal. Isso é importante porque profissionaliza sua renda extra e facilita a sua organização.

Chame os amigos para curtirem o perfil da loja, divulgue os produtos mais novos e crie promoções. Se quiser, você pode até investir um pouco para impulsionar publicações e alcançar uma audiência maior! A vantagem do Facebook é que seu público provavelmente está todo ali. Assim, se você tem um e-commerce bem feito, oferece produtos de qualidade e adota as práticas certas, os clientes virão até você.

Instagram e Pinterest

Instagram e Pinterest: essas redes sociais são excelentes pedidas para conquistar as pessoas pelo visual. Seu artesanato é bonito? Então por que não mostrá-lo? Tire fotos dos produtos de vários ângulos, foque nos detalhes e aposte até em modelos para mostrá-los em uso. Não se esqueça: como não dá para manusear um produto na internet, as fotos são grandes motivadoras de vendas para o artesão!

Compartilhe os perfis dessas redes no seu blog e no seu Facebook, faça a ponte entre como você trabalha e o resultado da sua criatividade. Dessa forma, muitos clientes o encontrarão sem que você precise correr atrás deles!

Faça seu cliente voltar

Nossa última dica também tem a ver com relacionamento. Mas agora vamos abordar um ponto que muitas pessoas teimam em esquecer na hora de vender seu próprio artesanato: o atendimento ao cliente depois que ele faz a compra. É muito mais fácil fazer essa pessoa comprar de novo, já que gostou do seu trabalho, do que atrair um cliente novo! A palavra de ouro do e-commerce é, portanto, fidelização.

Mande e-mails perguntando como foi o processo de compra, se o cliente gostou do produto, o que mais ele gostaria de ver do seu trabalho e o que mais achar relevante. Mande também algumas sugestões de itens parecidos com o que foi comprado! O segredo está em tratar o cliente com carinho para que ele volte sempre.

No mundo do e-commerce, ter sucesso e garantir uma renda extra com artesanato é muito mais uma questão de conquista e relacionamento que de preços agressivos e propaganda. Para alcançar esse sucesso, no entanto, você precisa primeiramente de uma loja só sua para que todo esse esforço em encontrar e encantar seus clientes seja realmente convertido em vendas.

Agora que você já está pronto para aumentar sua renda extra com artesanato, que tal começar por sua loja virtual? É hora de ler este post, que traz um passo a passo para ajudar!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Saiba como usar a internet para ter renda extra com artesanato
Avalie esse artigo!

2 Comentários em: Saiba como usar a internet para ter renda extra com artesanato


  1. Oi, eu faço trilho de crochê trabalho rústico cores vibrantes , eu adoro mas infelizmente não consigo vender ,por este motivo estou muito interessada nesse e_commerce obrigada


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.