Como fazer anúncio no Instagram: veja o passo a passo
Passo a passo: saiba como ganhar dinheiro no Facebook

Saiba como fazer um planejamento estratégico para e-commerce

Publicado em: • Última Atualização:

A despeito da situação econômica nada favorável do Brasil, o comércio eletrônico tem se mantido como um dos setores mais ativos do país nos últimos anos. Para você ter uma ideia, a previsão para este ano é de um crescimento de 9,8% sobre o ano anterior. Bem impressionante, não concorda?

Mas atenção: por mais que a notícia seja ótima, não se engane. Como o segmento atrai cada vez mais atenção por parte de investidores, a disputa entre os players automaticamente aumenta. Nesse cenário, sobreviverão apenas as empresas mais bem posicionadas. Daí vem a importância de dedicar não só recursos como também tempo a um planejamento estratégico para e-commerce.

Especialmente por se tratar de um setor em expansão, são diversos os caminhos que podem ser explorados nessa área. Qualquer que seja sua escolha, no entanto, as chances de fracasso são altas se você não equilibra as contas e direciona os investimentos para as atividades certas.

Interessado em dicas sobre como organizar o planejamento estratégico para sua loja virtual? Então basta acompanhar os próximos tópicos!

Por que investir no planejamento estratégico?

Nem sempre fazemos essa associação, mas nem por isso ela deixa de ser verdadeira: quem não planeja, improvisa. E por mais que essa tática possa funcionar muito bem em um momento de sufoco, não faz nada bem para os negócios.

Entenda: quanto mais organizada for sua estratégia, melhores são suas chances de aumentar sua competitividade, por exemplo. Isso acontece não por acaso, mas sim porque o gestor preparou para aproveitar as oportunidades do mercado.

A base do planejamento é justamente a análise das condições encontradas naquele segmento, considerando as possibilidades reais da empresa. É preciso ficar atento às questões financeiras, por exemplo, a fim de conseguir otimizar os recursos disponíveis, ganhar previsibilidade e obter melhores condições de negociação — tanto do custo quanto do prazo.

Também leve em conta o fato de que o comércio eletrônico é uma área extremamente dinâmica por estar atrelada à evolução da tecnologia. Assim, se não quiser ficar para trás, é importante que a empresa procure mapear as principais tendências e localizar os investimentos que precisam ser realizados em tempo hábil.

O que não pode faltar no seu planejamento?

A verdade é que um bom planejamento estratégico do e-commerce costuma ser bastante aprofundado. De toda forma, em linhas gerais, pense que você precisa documentar os seguintes tópicos: objetivos, público-alvo, plano de ação, KPIs e cronograma. Confira cada um desses elementos a seguir!

1. Objetivos do negócio

Essa é uma das etapas mais importantes do planejamento, uma vez que determina as metas que devem ser alcançadas pela empresa. Quem tem um negócio se orienta pelas vendas e adota medidas para que elas aumentem, certo? Mas só isso não é suficiente.

Anote aí: é fundamental definir os resultados que devem ser atingidos e em quanto tempo especificamente você deseja alcançar esse resultado. Na prática, muitos negócios na internet fracassam porque as empresas não conseguem analisar e acompanhar as condições reais para a evolução do seu faturamento. Você não quer entrar para essa estatística, não é mesmo?

O mais importante é, assim, estabelecer prioridades. Para garantir que os resultados sejam positivos, estabeleça objetivos para curto, médio e longo prazos. Dessa forma, você consegue aproveitar o potencial existente no mercado, sem receio de assumir riscos, e nem por isso deixa de atender às demandas mais urgentes do seu negócio.

2. Público-alvo

Para que os objetivos do seu e-commerce sejam alcançados, é crucial saber para quem exatamente a marca quer vender. Você trabalha com um tipo de produto que pode ser vendido para uma grande parcela da população e por isso acha que pode pular essa etapa? Nada disso! Lembre-se: sua estratégia terá muito mais sucesso se você atuar com foco.

Quanto mais segmentada for a abordagem, maiores serão as chances de obter resultados positivos. Isso acontece porque, nesse contexto, você consegue direcionar melhor as ofertas e também trabalhar sua comunicação de maneira mais precisa.

Nas estratégias de marketing digital, tão importantes para o e-commerce, nem se fala mais em público-alvo. Trabalha-se agora o conceito de persona, um personagem semifictício que representa seu cliente ideal. A definição da persona se baseia em muita pesquisa, uma vez que o objetivo é saber o máximo de informações possível sobre quem que tem interesse naquela determinada marca.

3. Plano de ação

Levantadas as informações referentes ao mercado e à persona, chegou o momento de criar um plano de ação para orientar as atividades da empresa. Fique atento: é essencial contemplar todas as frentes do negócio. Para que isso dê certo, dependemos da integração entre as diversas áreas da empresa, pois cada uma delas contribui para a formulação de um bom plano de ação.

A melhor forma de garantir o alinhamento desejado é documentando as responsabilidades de cada setor. Aí entra a especificação de detalhes fundamentais, como metas, prazos e formas de acompanhamento das atividades.

4. KPIs

No fim das contas, mesmo que todo o resto esteja impecável, o planejamento estratégico para e-commerce simplesmente não vai funcionar se a empresa se descuidar da definição dos Key Performance Indicators (KPIs).

Com a evolução das plataformas de e-commerce nos últimos anos, hoje é possível saber exatamente tudo o que está acontecendo na sua loja. No entanto, para explorar melhor os dados disponibilizados, é importante definir com antecedência o que será monitorado e, principalmente, o objetivo desse acompanhamento.

Além das métricas relacionadas diretamente às vendas (volume obtido no período, ticket médio, produtos de maior demanda e assim por diante), fique atento às relações que devem ser estabelecidas com outros indicadores, como o Custo de Aquisição de Cliente e a taxa de conversão. Nesse caso, os dados das vendas precisam ser associados às informações apuradas pelo marketing para a empresa avaliar a eficiência de suas estratégias.

5. Cronograma

Por fim, mas nem por isso menos importante, temos que falar do cronograma. É impossível colocar o planejamento estratégico em prática sem estabelecer prazos bem definidos para cada uma das etapas.

A atuação de outros setores contempla períodos mais longos? Pois não se iluda: no e-commerce, as análises precisam ser feitas constantemente e de forma sistematizada. Ter à mão todas as informações devidamente documentadas é essencial para o planejamento sair do papel e não ser visto pela equipe como uma peça fictícia.

Como você viu, o planejamento estratégico para e-commerce envolve elementos que ajudam muito no desenvolvimento de qualquer negócio: a análise das diversas possibilidades de expansão e as oportunidades que podem ser aproveitadas pelos empreendedores.

E então, nossas dicas ajudaram a melhorar seu conhecimento sobre planejamento estratégico? Que tal aproveitar para ler também nosso post sobre como criar sua loja virtual, que traz dicas importantes para a estruturação do seu comércio eletrônico?

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Saiba como fazer um planejamento estratégico para e-commerce
Avalie esse artigo!

One thought on “Saiba como fazer um planejamento estratégico para e-commerce


  1. Oi tudo bem, Gostei muito da sua explicação. Eu comecei a estudar sobre o assunto, pois vou trabalhar com e-comeerce. Você pode dar umas dicas quando eu precisar? Pois vejo que você é expert no assunto Eu estava pensando começar com lingerie (exportar) , mas depois que li o seu artigo , eu pensei que importar também é bom. Só preciso encontrar a mercadoria correta. Em questões de mercadoria , você teria uma dica? (Importar ) De qualquer forma agradeço o artigo Sucesso


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.