Black Friday 2022: Como foram as vendas? Confira um balanço geral

As vendas da Black Friday 2022 não superaram 2021. O resultado já era esperado por causa dos jogos da copa! Confira o balanço geral e entenda os números!

Na última sexta-feira dia (25), aconteceu uma das datas mais importantes para o varejo. A Black Friday 2022 começou um pouco tímida, mas depois surpreendeu com bons números.

Todos os anos, diversos lojistas, antecedem o dia da promoção, para alavancarem as vendas do e-commerce e fazer uma espécie de “esquenta Black Friday”.

Porém, este ano os dias 24 e 25 não surpreenderam. Em um ano de eleições, copa do mundo e natal acontecendo em datas próximas, o impacto no evento já era esperado.

Mas a boa notícia, é que no sábado dia 26,  as vendas tiveram uma reação positiva e a clientela resolveu aproveitar os descontos.

Black Friday 2022 não supera ano anterior

Uma pesquisa realizada pela Confi.Neotrust em parceria com a ClearSale afirma que somente no sábado, a Black Friday registrou mais de R$ 1, 2 bilhão em transações online.

Apesar do bom resultado, ele não foi suficiente para superar 2021, ficando 4,3% abaixo.

Porém, apesar de tudo, o resultado se igualou ao alcançado em 2020, época de pandemia.

Valor do Ticket médio

Quanto ao ticket médio, o valor foi de R $571,15. Resultado semelhante ao de 2021. 

O total de pedidos apresentou uma queda de 4,4% quando comparado ao mesmo dia do ano passado. 

Já as vendas atingiram o marco de 2,2 milhões.

Quantidade de produtos vendidos

Quanto à quantidade de produtos vendidos, o sábado (26), ficou apenas 1,4% abaixo do valor alcançado em 2021, com um total de 5,8 milhões de itens vendidos.

Um dado positivo, foi a quantidade de itens por compra que superou o ano de 2021.

Portanto, a média foi de 2,6 produtos por pedido. Um aumento de  3,1% em relação ao mesmo período de 2021.

Categorias mais vendidas em 2022

Todo ano diversos produtos são vendidos na Black Friday. Engana-se quem pensa que somente celulares ou eletrodomésticos são os mais vendidos, por exemplo.

Na data não há restrições e todo produto ou serviço pode oferecer bons descontos e aproveitar a melhor época do mercado.

Ainda assim, todo ano temos aqueles produtos que são os mais desejados pelos clientes e acabam se destacando.

Em 2022 não foi diferente. Um exemplo disso, foram as categorias que mais faturaram:

  • Eletrodomésticos em primeiro lugar;
  • Eletrônicos em segundo;
  • Telefonia ficou em terceiro;
  • Móveis em quarto lugar;
  • Moda e Acessórios fecham a lista. 

Quando falamos em número de pedidos, o ranking apresenta uma pequena mudança. Os destaques ficaram da seguinte forma:

  • Moda e Acessórios performando em primeiro lugar;
  • Beleza e perfumaria em segundo;
  • Alimentos e Bebidas em terceiro, em parte por causa da copa; 
  • Eletroportáteis em quarto;
  • Utilidades Domésticas fecham a lista.

Meios de pagamento mais utilizados

Como o consumidor pagou suas compras na Black Friday 2022? O relatório informa que os meios de pagamento ficaram dentro do esperado. 

Pix foi o grande destaque da data, afinal, ele assumiu o segundo lugar entre os favoritos do público. Confira o resultado completo:

  •  Cartão de crédito segue em primeiro lugar com 55,9%;
  •  PIX aparece em segundo com 16,2%;
  •  e-wallet, cashback e débito ficaram em terceiro da lista com 15,2%;
  • Boleto bancário continua perdendo espaço e apareceu em último com 12,7%.

Como foi a data em sua loja? 2022 surpreendeu não é mesmo?

Já que chegou até aqui, que tal aprender como lidar com o pós-venda da Black Friday e continuar vendendo? Leia agora mesmo, o nosso próximo artigo:

Pós-venda Black Friday: Como lidar com o período e vender mais?

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário