Mudanças no Instagram: quais são e como elas podem interferir em um negócio?
Tray, unidade de negócio da Locaweb, adquire a empresa FBITS

Remarketing: o que é e como ele pode beneficiar um e-commerce?

Publicado em: • Última Atualização:

Antigamente era assim: você colocava um produto no seu e-commerce, bolava uns anúncios para ele, alguns usuários acessavam a página, sendo que uma parte comprava na hora e outra parte, não. Simples, não acha? Na verdade, nem tanto! Afinal, existia essa parcela que não comprava na hora e que, na maioria das vezes, se perdia para sempre na internet. No entanto, com a chegada do remarketing ao ambiente digital, essa perda começou a ficar cada vez menor.

Mas o que é o remarketing e como ele pode afetar (positivamente) os números do seu negócio on-line? Pois são exatamente essas algumas das perguntas que responderemos neste post. Quer saber mais? Então vamos lá!

Afinal, o que é remarketing?

Antes de mais nada, é preciso explicar o que é o remarketing. Criado inicialmente em 2010 pela plataforma de AdWords do Google, o remarketing nada mais é que uma ferramenta que exibe determinadas campanhas on-line exclusivamente para aquele usuário que já acessou seu site. Assim, quem já demonstrou algum tipo de interesse em seus produtos, serviços ou em sua marca de modo geral, o remarketing vai atrás!

No entanto, mais de 6 anos após seu surgimento, o remarketing não funciona apenas com o sistema de mídia programática do Google. Ele também pode ser usado em redes sociais como o Facebook e até juntamente com sistemas de automação de e-mail, disparando mensagens eletrônicas para quem já se cadastrou em sua loja virtual. Mas daí é que vem a pergunta: como tudo isso funciona?

Como o remarketing funciona?

Quem acessa a web há mais tempo já deve conhecer bem os famosos cookies, aquele pequeno pacote de dados que um site envia para determinado usuário quando ele acessa uma página. Pois é com a ajuda desses cookies que o remarketing funciona!

Explicamos: vamos supor que você uma determinada pessoa acessou seu e-commerce atrás de um novo celular que estava em promoção, mas acabou não comprando. Basta essa ação para que o cookie daquela oferta seja instalado na máquina do usuário. Assim, quando ele for dar uma olhada na sua timeline do Facebook, pode se deparar com novos anúncios daquele produto enquanto navega por ali. A mesma coisa pode acontecer nos banners dos blogs que ele costuma ler, desde que sejam programados pelos Google para entender quando um usuário já passou ou não por sua loja on-line.

O usuário em questão tinha cadastro em seu e-commerce? Então é possível que o cookie até identifique esse cadastro, enviando promoções daquele produto diretamente para seu e-mail. Com isso, você aumenta ainda mais as chances de compra por dar continuidade ao processo de venda. Mas será que tudo isso de fato afeta os resultados do seu e-commerce?

Como os resultados são afetados?

Está aí se perguntando se o remarketing pode melhorar os resultados do seu e-commerce? Então saiba que a resposta é: sim, com certeza! E existem vários motivos para isso. Confira ao menos os principais:

Retorno do investimento

Quando você coloca dinheiro em uma campanha de remarketing, está investindo em uma estratégia mais assertiva e direcionada, que tem mais chances de retorno. Isso sem contar que ainda ajuda no retorno daquela outra campanha de divulgação que pode não vir performando tão bem quanto o esperado.

Exposição da marca

O usuário teve contato com sua marca pela primeira vez e saiu da página sem fazer uma compra? Não tem problema! Com o remarketing você o lembra por mais tempo sobre seu negócio, ainda oferecendo aquele produto para quem realmente demonstrou algum interesse antes.

Taxa de conversão

Esse é um dos pontos mais positivos sobre o remarketing: ele pode aumentar sua taxa de conversão! Com a ajuda dessa ferramenta de marketing, é possível criar anúncios direcionados a quem a princípio não comprou na sua loja, incentivando essa pessoa a finalizar a compra em um segundo momento. Essa tática pode claramente ajudar a aumentar a conversão do seu negócio, ampliando os números do seu comércio eletrônico.

Resistência à compra

Às vezes, um usuário pode ter se interessado bastante por seu produto, mas sai da página para checar mais informações a respeito dele. No fim, acaba se esquecendo (ou não tendo tempo) de voltar. Outras tantas vezes, a pessoa pode não comprar naquele momento porque ainda faltam 2 ou 3 dias para receber o salário do mês. Quando você trabalha com uma boa estratégia de remarketing, diminui essas barreiras de compra, consequentemente ajudando a lucratividade do negócio.

Regra dos 7

De acordo com algumas pesquisas, os usuários precisam ouvir (ou ver) sobre algum produto pelo menos 7 vezes antes de resolver efetivamente comprá-lo. É aí que, mais uma vez, entra o remarketing, mantendo sua marca presente na vida do usuário e se mostrando uma ótima saída para ajudar nessa estratégia.

Poder dos micro moments

Como já falamos anteriormente no post sobre dispositivos móveis, hoje em dia, em tempos em que os smartphones são as principais portas de entrada da web, não existe apenas um grande anúncio que leva as pessoas a quererem comprar determinado produto ou contratar certo serviço. Toda decisão de compra é tomada por meio de micromomentos, que acontecem ao longo dos dias e colocam o usuário em contato com uma determinada marca em doses homeopáticas — tanto que o próprio Google é uma das principais marcas a falar sobre isso na web.

Com o recurso de remarketing, você pode aproveitar as chances desses micro moments, seja com a leitura de um blog post ou se favorecendo da navegação pelo Facebook. O propósito deve ser levar um breve anúncio a respeito de algo que já havia chamado a atenção do usuário e, com isso, melhorar os números do seu e-commerce.

Como você pôde ver por aqui, o remarketing é uma excelente pedida para aumentar o retorno de investimento da sua loja virtual, melhorar sua performance de venda e até mesmo gerar mais contatos dos usuários com sua marca. Por isso, não se esqueça de planejar com cuidado suas ações com essa excelente ferramenta de marketing, ok?

Gostou do nosso post? Então aproveite para receber outros conteúdos sobre o mundo dos e-commerces diretamente em sua caixa de entrada: assine agora mesmo a nossa newsletter!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Remarketing: o que é e como ele pode beneficiar um e-commerce?
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *