Veja como funciona a devolução de produtos em e-commerce
Marketing de performance para e-commerce: confira o guia completo

Remarketing: dicas para aumentar as vendas de sua loja virtual

Publicado em: • Última Atualização:

Remarketing é uma excelente ferramenta para conversão para e-commerces.

Você sabe exatamente o que é remarketing?

Experimente pesquisar algum produto no Google e depois clique para visualizar. É bem provável que depois você se sinta perseguido por aquele produto, ele estará em todos os lugares. Nos sites que acessa, ao lado de um vídeo, em sua timeline no Facebook e até em sua caixa de e-mail.

Isso é remarketing!

Todas essas ações acontecem porque a ferramenta identifica o interesse do cliente na compra e o impacta com anúncios do produto, muitas vezes, selecionando outros produtos semelhantes e os sites com os melhores preços.

Ideal para qualquer loja virtual, desde as menores até aquelas que estão a muito tempo no mercado.

É importante lembrar que no e-commerce o usuário dificilmente converte por impulso. Isso porque não existe um vendedor para pressionar a venda, assim como acontece em uma loja física. Por isso, é essencial relembrar o consumidor daquilo que lhe causou interesse.

Por que é tão importante utilizar?

O remarketing é muito importante no processo de decisão de compra. Justamente pelo fato citado no tópico anterior, não existe o incentivo de um vendedor naquele momento.

Um anúncio impactando frequentemente o usuário é uma ação eficiente para conseguir a conversão de compra, é como dizer ao consumidor: não esqueça desse produto, ele está esperando por você.

Além disso, é possível usar remarketing para compras abandonadas no carrinho. Se o produto chegou a ser colocado no carrinho, o interesse na compra era grande e não só uma pesquisa. Por algum motivo a compra foi abandonada, algo impediu que ela fosse concluída, seja pelo frete, condição de pagamento etc.

Nesses casos, o uso do remarketing é imprescindível para concluir uma compra que já foi quase realizada.

Vantagens de usar Remarketing:

  • Melhora a taxa de conversão;
  • Aumenta os acessos no site através da exposição da marca;
  • Atinge um público segmentado;
  • Retorno rápido de investimento;
  • Possibilidade de personalização de anúncio.

Primeiros passos do remarketing

  • Você precisará adicionar a tag de remarketing em toda a sua loja virtual. Sua conta no Google Ads pode criar esse código;
  • Em seguida, crie listas para cada página visitada. Elas poderão direcionar para categorias ou produtos específicos;
  • Assim que o usuário acessar a página, ele será incluído automaticamente na lista de remarketing;
  • Crie anúncios de remarketing no Google Ads.

Remarketing no Google

É o Google onde tudo se origina e é uma das principais ferramentas para rodar seus anúncios de remarketing. Existem duas principais estratégias para impactar o lead:

Rede de Display

Os anúncios de Rede de Display aparecem quando o usuário está visitando um outro site, em forma de banners ou anúncios gráficos.

Eles são mais simples, com foco total no produto e destaque para o preço, já que a única intenção é não deixar o cliente esquecer daquela compra pendente. Geralmente esses anúncios atraem bastante atenção dos usuários.

Como lojista, você pode escolher como pagar por esse tipo de anúncio, pela quantidade de cliques ou pela quantidade de exibição.

Rede de pesquisa (remarketing no Google Ads)

Nesse caso, os anúncios serão exibidos diretamente na página de resultados.

Geralmente têm alta taxa de clique, porque aparecem em pesquisas relacionadas aos produtos de remarketing selecionados.

Sem falar que não são anúncios que incomodam, uma vez que só aparecem quando de fato o cliente está procurando por aquelas palavras-chaves.

Além da tradicional pesquisa do Google, os anúncios ficam disponíveis também no Google Shopping e Google Maps.

Remarketing via e-mail

Remarketing e retargeting não são a mesma coisa, porém, estão diretamente relacionados. O retargeting baseia-se nos dados de navegação do usuário, já o remarketing precisa do e-mail do usuário cadastrado.

Um e-mail remarketing é aquela mensagem que chega na caixa de entrada logo após você visitar uma loja virtual. Pode acontecer em seguida, algumas horas ou alguns dias depois da demonstração de interesse pelo produto.

Esse e-mail pode ser enviado em diferentes intensidades, dependendo do grau de interesse pela compra. Por exemplo, o cliente pode apenas ter visitado, pode ter favoritado ou abandonado no carrinho.

Para produtos favoritados e abandono do carrinho, vale muito a pena investir em e-mail remarketing, já que possuem maiores chances de conversão. Nesse caso, vale a pena oferecer um desconto especial para conseguir fechar a compra rapidamente.

Além de oferecer desconto para carrinhos abandonados, você pode enviar alerta de redução de preço ou recomendar produtos similares.

Remarketing nas Redes Sociais

Os anúncios também aparecem frequentemente nas redes sociais.

Especialmente no Facebook, lá é possível encontrar anúncios de remarketing com facilidade, pois é uma mídia extremamente eficiente na hora de trazer o cliente de volta ao site de origem.

Nesse caso é possível segmentar ainda mais os anúncios na hora de criar as listas, através do histórico de comportamento do usuário.

Essa segmentação é feita através de um inocente cookie do Facebook que registra a visita do usuário em sua loja virtual. Assim que ele volta a rede social, a informação armazenada é analisada e se aprovada, aparece em breve para o usuário.

A mecânica é basicamente a mesma para todas as redes sociais, alterando apenas alguns detalhes.

Dicas para melhorar a taxa de conversão com remarketing

Faça testes e analise os resultados: não existe uma fórmula mágica para fazer remarketing. Algumas estratégias podem variar de acordo com cada segmento, nicho e público-alvo, além do comportamento de compra de cada usuário. Por isso, nunca deixe de acompanhar os resultados e fazer análises do que realmente está funcionando. Mantenha o que está dando certo e altere o que não está convertendo.

Crie anúncios personalizados: embora tenhamos destacados que os banners de remarketing são simples, tome cuidado para não serem simples demais. O ideal é que sejam objetivos, mas que mantenham a personalidade da marca ou produto anunciado.

Cuidado com exageros: cuidado para não incomodar o cliente. Se a mesma pessoa for impactadas exaustivamente, o resultado pode ser o oposto daquele esperado, ao invés de realizar a compra, aquele usuário criará uma má impressão de sua loja, diminuindo drasticamente as chances de comprar. Não impacte o mesmo cliente mais de oito vezes no mesmo dia.

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Remarketing: dicas para aumentar as vendas de sua loja virtual
5 (100%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.