Redes sociais para pequenos negócios: 7 dicas para usá-las a seu favor

As redes sociais se tornaram grandes aliadas dos empreendedores, sobretudo dos pequenos negócios. De acordo com o relatório Digital in 2019, 66% […]

As redes sociais se tornaram grandes aliadas dos empreendedores, sobretudo dos pequenos negócios. De acordo com o relatório Digital in 2019, 66% dos brasileiros estão ativos nas redes sociais e utilizam os canais diariamente para buscar serviços ou produtos pela internet.

O espaço serve como uma verdadeira vitrine, atingindo de forma mais precisa o público-alvo de qualquer empresa. Além de atrair novos clientes, essas ferramentas ajudam a posicionar positivamente a sua marca no mercado e geram um grande impacto social, capazes de oferecer autonomia e impulsionar negócios quando bem utilizadas.

Para alcançar bons resultados e usar positivamente as redes sociais para pequenos negócios, é fundamental adotar algumas estratégias que fazem toda a diferença. Neste post, listamos 7 dicas básicas de como fazer isso. Continue a leitura e saiba mais!

1. Defina o seu público-alvo

Determinar o público-alvo parece uma dica meio óbvia, e você já deve ter ouvido esse conselho diversas vezes. Porém, não tem como fugir do básico, pois essa é uma das principais estratégias que devem ser levadas em consideração. Afinal, para garantir ações bem-sucedidas e bons resultados, é necessário conhecer informações detalhadas sobre o seu cliente, como idade, gênero, localização e renda média.

Nesse caso, você pode segmentar determinadas características e realizar pesquisas diretamente com os seus clientes, buscando conhecer quais são seus gostos, necessidades, preferências, hobbies, estilos de vida, entre outros.

Pergunte a si mesmo: por que meu público-alvo precisa do meu produto ou serviço? Isso não só ajudará a encontrar o seu consumidor nas redes sociais, como também facilitará a interação com ele por meio de mensagens, e-mails, etc.

2. Escolha os melhores canais

Existem diversas redes sociais atualmente, e cada uma delas apresenta um grau de importância que vai depender do segmento do seu negócio. Por isso, com tantas opções, pode ser difícil escolher qual delas priorizar.

Para obter o alcance ideal que essas mídias oferecem, é importante, primeiramente, conhecer o seu público e saber onde ele está concentrado. Um erro muito comum entre os empreendedores é tentar integrar canais diferentes na estratégia de marketing digital, porém, esse esforço demanda tempo e dinheiro e nem sempre produz os resultados esperados.

Dessa forma, escolha apenas os canais que irão atrair o perfil de clientes do negócio. Concentre seus esforços em mídias com maior capacidade de engajamento e opções especificas que possibilitem ser exploradas.

O WhatsApp Business, por exemplo, é um canal extremamente importante para as empresas. Além de ser uma rede social muito útil, ele permite colocar a descrição do negócio, criar catálogos de produtos e aumentar a interação com o consumidor.

3. Produza conteúdo relevante

O principal objetivo de qualquer negócio, sobretudo os que estão em fase inicial, é desenvolver um relacionamento duradouro com os consumidores por meio da produção de conteúdo relevante nas mídias.

Para isso, é importante definir a melhor forma de se comunicar com o público, para que sua mensagem seja recebida devidamente e como os clientes desejam. Portanto, crie conteúdos relevante que façam os usuários interagirem com você. Questione, troque informações, responda às dúvidas, seja frequente. Além disso, coloque-se no lugar dos clientes, pense o que eles gostariam de saber sobre sua empresa.

Não se esqueça que conteúdos relevantes são essenciais não só para alcançar um maior volume de pessoas, mas pela chance de compartilhar informações sobre a empresa, gerar engajamento e interagir com o seu público, produzindo um canal de relacionamento e fortalecimento do novo negócio.

4. Programe os posts

Ter uma página na rede social, mas não criar conteúdos frequentemente é tão insignificante quanto não utilizar essa estratégia. Desse modo, é importante definir uma constância para suas postagens, com uma programação regular que facilite o acompanhamento do público.

Nossa dica é manter uma média de pelo menos três posts semanais, de modo que não gere um desconforto nos seguidores por excesso de conteúdo ou esquecimento da sua página. Escolha um horário em que sua equipe estiver online, para responder os comentários que surgirem.

Além disso, monitore os resultados da estratégia. Analisar dados como quantidade de cliques por postagem, alcance de posts, horário de publicação, conteúdos mais lidos e número de visitantes é essencial para saber se os métodos de postagem estão sendo eficazes. Assim, é possível realizar os ajustes necessários com base nos resultados para aprimorar o desempenho.

5. Utilize os recursos de forma estratégica

Quando bem estruturada, as redes sociais se tornam uma ferramenta poderosa de comunicação e publicidade. Nesse caso, o plano de ação precisa estar alinhado com os objetivos da empresa, com metas bem definidas para que o recurso proporcione os resultados esperados.

O ideal é produzir conteúdos que sejam claros, objetivos e fáceis de se ler. Assim, seu negócio conseguirá atrair e reter seguidores, inserindo naturalmente seus produtos e serviços na comunicação. Uma dica valiosa é investir em imagens de qualidade. Afinal, elas são responsáveis por atrair de maneira significativa o público-alvo, deixando o feed da rede social mais interessante e atrativo.

6. Priorize qualidade no lugar de quantidade

Para alguns empreendedores, o sucesso nas mídias sociais é definido por meio da quantidade de seguidores. Porém, a verdade é que a grande quantidade de posts se torna cansativa e não traz engajamento para sua página. Equilíbrio é a palavra-chave.

Portanto, priorize a qualidade das postagens, não o número delas. Concentre-se na percepção e na necessidade do seu público. E lembre-se que a quantidade dificilmente pode ser sustentada a longo prazo, já que construir relacionamentos com os usuários e ampliar o engajamento garante mais vantagens ao negócio.

7. Defina as estratégias de acordo com a rede social

Em geral, podemos dizer que cada rede social apresenta características, formatos e linguagens diferentes, assim como um público-alvo específico, demandando conteúdos diversificados conforme o perfil do da rede. Por isso, é necessário conhecer cada uma delas de forma detalhada para optar pela plataforma mais alinhada ao seu planejamento e objetivos de marketing.

O foco do Instagram, por exemplo, é voltado para a publicação de imagens, com conteúdo curto e objetivo. Já no Facebook, além das imagens, é possível publicar textos e divulgar links direcionados para outros sites, como o da empresa.

Vale ressaltar a importância de monitorar o desempenho das postagens para saber qual estratégia funcionou melhor e quais assuntos ou formatos renderam mais interações. Apesar de muitas vezes ser negligenciada pelas empresas, esse monitoramento incentiva o planejamento dos próximos, de modo que gerem ainda mais resultados.

Como você viu, as redes sociais apresentam grande impacto nos negócios, sendo um dos melhores canais de divulgação capazes de alavancar as vendas de um pequeno negócio. Portanto, se você ainda não tem um perfil para sua empresa, é hora de começar!

Gostou do nosso conteúdo? Quer saber quais os principais tipos de posts para vender mais nas redes sociais? Leia agora mesmo nosso artigo sobre o assunto!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário