Redes sociais mais usadas no Brasil: Veja o ranking atualizado e defina a melhor para o seu negócio!

O WhatsApp assumiu a primeira posição e é a rede social mais usada no Brasil. O YouTube segue ocupando a segunda posição da lista, acompanhada pelo Instagram e o Facebook. Em quinto lugar temos o TikTok, seguido por Messeger, Linkedin e Pinterest. As plataformas Twitter e Snapchat seguem na lanterna do ranking das redes sociais mais usadas.

As redes sociais estão entre os meios de comunicação mais usados pela população brasileira.

Sejam pessoas físicas, sejam pessoas jurídicas, grande parte da população brasiliera costuma passar horas a fio nas mais diversas plataformas.

Uma vez que as redes sociais são canais de entretenimento e espaços propícios para propagar uma loja virtual e a imagem de uma marca.

Neste artigo, vamos apresentar as redes sociais mais usadas no Brasil em 2022 e de quebra te apresentar os dados das redes sociais mais acessadas também no mundo!

Veja quais são elas e como elas podem ser valiosas para a sua empresa!

Quais são as redes sociais mais usadas no Brasil em 2022?

Durante muito tempo, o Facebook ocupou o primeiro lugar entre as redes sociais. Mas, depois dele, apareceram outras plataformas que foram ganhando um espaço crescente no mundo digital.

Vejamos, em ordem de importância, as 10 redes sociais mais usadas pelos brasileiros em 2022, conforme o relatório elaborado por We Are Social e Hootsuite.

1. WhatsApp (165 milhões)

o Whatsapp um aplicativo de rede social que se encontra em praticamente todos os celulares atualmente. 

O WhatsApp, conhecido também como “zap”, é usado com outras finalidades além de bate-papo. Conforme uma pesquisa efetuada pela Infobip, 80% das pessoas utilizam o aplicativo para manter comunicação com as empresas. 

Entre os principais motivos para usá-lo, destacam-se:

  • informações (82%);
  • suporte técnico (68%);
  • aquisição de serviços e produtos (57%).

Existe ainda a versão Business (Negócios), com diversos recursos para os empreendedores, onde é possível criar um perfil do seu negócio e inserir diversas informações sobre seu produto ou serviço, como: endereço, número de telefone, horário de atendimento, e-mail e assim por diante.

Para deixar a experiência mais interessante, recomenda-se criar um catálogo de produtos.

Aprenda agora a fazer um catálogo de produtos pelo WhatsApp!

2. YouTube (138 milhões)

Ocupando o segundo lugar entre as redes sociais mais usadas no Brasil em 2022, está o YouTube. 

Essa grande rede social ainda não tem um oponente direto como o TikTok, permanecendo em primeiro lugar quando falamos em redes sociais de vídeo.

No mundo todo, são mais de 2,56 bilhões de pessoas ativas e mais de 1 bilhão de horas de vídeos assistidos todos os dias. 

Os vídeos de curta duração estão se tornando mais populares, mas ainda existem muitos usuários que preferem os vídeos mais longos, que só a plataforma do YouTube está apta a oferecer.

De qualquer modo, a rede social está alerta para a concorrência, mantendo-se sempre atualizada para não ser ultrapassada. 

Por isso, o YouTube lançou o formato “shorts”, que dá alto número de likes.

Investir em um canal do Youtube pode ser um diferencial para alavancar a sua marca.

Confira neste artigo, como utilizar o Youtube para obter conversão

3. Instagram (122 milhões)

O Instagram foi criado em 2010, em uma época em que já estavam ativos o MySpace, o Orkut, o Facebook e outras redes sociais.

Com uma proposta exclusiva, o Instagram era um aplicativo usado somente em dispositivos com sistemas iOS.

E no início era possível publicar e compartilhar apenas imagens.

Mas, a partir de 2012, o Insta passou a ser propriedade da Meta, empresa de Mark Zuckerberg.

Muitas mudanças aconteceram desde então.

Atualmente, é possível postar até 10 imagens em apenas uma publicação, além de ser possível publicar vídeos e stories, realizar live commerces e outras coisas.

E mesmo com tantos recursos disponíveis, o Instagram Stories continua sendo o mais utilizado pelos usuários.

De acordo com uma pesquisa feita pela Opinion Box, 62% dos usuários utilizam mais os stories do que o feed e 58% dão preferência aos stories em relação ao feed.

O sucesso desse recurso está associado à possibilidade de publicar figurinhas interativas, que promovem engajamento com as pessoas.

O “close friends” (melhores amigos) é outro recurso que pode ser bem aproveitado pelas organizações.

É um canal valioso para compartilhamento de conteúdos, promoções, notícias, lançamento de produtos e outras ações, apenas com um grupo definido de usuários.

Outra solução interessante é colocar vídeos de curta duração no YouTube, como é o caso dos Reels.

O Instagram está em processo de mudança nesse sentido e em breve, o foco vai ser somente vídeos que concorram, de forma direta, com o TikTok.

Vale a pena investir nas trends, nos áudios e nas músicas para conseguir uma grande quantidade de usuários.

Confira no vídeo a seguir dicas de como vender pelo Instagram e aumentar o faturamento do seu e-commerce:

 

4. Facebook (116 milhões)

Apesar de ocupar a quarta posição, o Facebook ainda é uma das redes sociais mais utilizadas em nosso país.

No mundo, ele ainda é a rede social mais acessada: são mais de 2,91 bilhões de usuários ativos, dos quais 116 milhões são brasileiros.

O Facebook é a rede social em que mais se compartilham vídeos, fotos, local de moradia, localização, família e outras informações da vida pessoal.

É uma rede social que, se aplicada estrategicamente, ajuda as empresas a identificarem seu público-alvo.

A partir dessas informações, é mais fácil trabalhar em marketing para alcançar consumidores que demonstram interesse nos serviços/produtos ofertados.

Aproveite e veja também como criar uma página no Facebook e usá-la de forma assertiva.

5. TikTok (73,5 milhões)

O TikTok conseguiu captar a simpatia da população ao exibir vídeos divertidos.

Durante a pandemia, essa rede social se tornou um abrigo para muitas pessoas que ficaram isoladas. Esse cenário ajudou a melhorar a posição do TikTok entre as redes sociais mais usadas no Brasil.

Atualmente, a plataforma é a mais utilizada pelas celebridades, humoristas, adolescentes, empresas e profissionais.

Lá, é possível encontrar com facilidade vídeos que apresentam curiosidades, dicas, informações relevantes e cenas cômicas.

Há espaço para todos, desde que saibam explorar bem os conteúdos.

Há também a possibilidade de publicar anúncios, permitindo que as empresas obtenham resultados mais rápidos no aplicativo gastando relativamente pouco, quando comparamos com as mídias convencionais.

De maneira orgânica, o algoritmo consegue funcionar muito bem. Vale a pena reconhecer as trends mais atuais relacionadas ao segmento em que a pessoa atua.

Quer aprender mais? Saiba como ganhar seguidores no TikTok!

6. Messenger (65,5 milhões)

A ferramenta de mensagens instantâneas do Facebook passou a fazer parte do Facebook em 2011, mas se separou dele em 2016.

A separação fez com que o app se tornasse obrigatório para as pessoas que usam o Facebook nos celulares — isso porque, por um tempo, não foi possível enviar mensagens pela rede social de Mark Zuckerberg.

Além de enviar mensagens, o Messenger tem uma função exclusiva de stories e para as empresas, ele tem recursos atrativos, como respostas inteligentes e bots.

Devido à sua completa integração com o Facebook, o Messenger conta com 65,5 milhões de usuários em nosso país, segundo o Digital Brazil 2022.

Vale lembrar, contudo, que a empresa-proprietária não fez a divulgação dos dados.

7. LinkedIn (56 milhões)

Trata-se da rede social de maior demanda entre os profissionais.

Ela está se tornando cada vez mais semelhante a outras redes sociais, como o Facebook.

Mas a finalidade é manter os contatos profissionais.

Assim, em vez de amigos, há conexões; e páginas em vez de companhias.

Outro aspecto relevante dessa rede é a formação de comunidades, as quais reúnem pessoas que apresentam interesse em alguma profissão ou em algum mercado.

O LinkedIn é utilizado por várias empresas para compartilhar experiências profissionais, recrutar funcionários e outras tarefas associadas ao mundo empresarial.

Os conflitos gerados pela pandemia levaram muitas pessoas a acessar o LinkedIn em busca de trabalho.

O crescimento da demanda pela rede fez com que ela passasse a ocupar o sétimo lugar entre as redes sociais mais usadas no país.

Entre 2020 e 2022, houve um crescimento relevante: pouco mais de 20%, revelando assim que há profissionais cada vez mais engajados na rede social.

No mundo inteiro, existem mais de 830 milhões de usuários ativos.

8. Pinterest (30 milhões)

O Pinterest é uma rede social exclusiva de imagens que atua como um mural de referências.

É possível criar pastas para armazenar suas preferências e para enviar imagens, bem como apontar links para URLs externas.

O público que se destaca é o feminino.

Os assuntos em alta nessa rede social são:

  • maquiagem;
  • moda;
  • arquitetura;
  • casamento;
  • gastronomia;
  • viagens;
  • gadgets;
  • faça você mesmo;
  • design.

Em relação aos negócios, não é necessário fazer pastas apenas com seu próprio conteúdo.

Escolha imagens que representem a essência do negócio, contribuam para a construção dessa ideia e funcionem como uma passagem para o consumidor chegar à marca.

Também é possível usar o Pinterest para vender.

Você pode criar pins patrocinados que são exibidos em destaque no feed das pessoas que acessam a rede social.

O Pinterest conseguiu triplicar a quantidade de usuários no país, alcançando um total de 46 milhões.

Conforme a referência em que estamos nos baseando, contudo, a quantidade de usuários conectados é de 30 milhões.

Esses números ajudaram a posicionar a rede social no oitavo lugar entre as redes sociais mais usadas.

9. Twitter (19 milhões)

Na verdade, a partir de 2020, o Twitter vem crescendo, com usuários que procuram atualizações mais rápidas sobre os eventos que acontecem no mundo.

Assim, a rede social se torna bastante significativa do ponto de vista jornalístico.

No mundo inteiro, existem mais de 465 milhões de usuários. No Brasil, há atualmente 19 milhões de usuários ativos no Twitter.

Não se sabe, contudo, se os robôs participam desse total.

Hoje, a rede social serve, principalmente, como segunda tela, através da qual o público comenta e discute a programação da televisão; também publica sua opinião sobre as notícias: jogos, reality shows, política, criminalidade e assim por diante.

O Twitter se destacou nos últimos anos devido à sua utilização por figuras políticas, que publicam novidades em primeira mão nessa rede social.

Vale lembrar que boa parte dessas notícias são fake news.

Para combater essas ações, a plataforma vem implementando mecanismos mais rigorosos de segurança.

De qualquer maneira, as empresas podem aproveitar o Twitter para gerar leads e vendas, ou seja, pode ser um canal de marketing, ainda que não tenha o mesmo potencial do WhatsApp e do Instagram, por exemplo.

10. Snapchat (7,6 milhões)

O Snapchat é um app para compartilhar imagens, textos e vídeos para dispositivos móveis.

Essa rede social foi considerada como símbolo da pós-modernidade devido à proposta de postagens efêmeras chamadas “snaps”.

Depois de poucas horas após a postagem, elas são apagadas.

Em abril de 2022, havia aproximadamente 7,6 milhões de usuários, uma queda de mais de 15% quando comparamos a julho de 2021.

Mesmo assim, ela obteve a décima posição entre as redes sociais mais usadas no Brasil.

Foi ela que divulgou a ideia de “stories”, chamando a atenção de Mark Zuckerberg, executivo do Facebook. Ele procurou comprar a empresa diversas vezes, mas não conseguiu.

Para se tornar mais competitivo, Mark Zuckerberg promoveu essa função nas redes que já havia adquirido, criando assim o Facebook Stories, o WhatsApp Status e o Instagram Stories.

Não é uma rede social de nicho, mas conta com público específico, que são jovens muito conectados.

Para negócios, a empresa pode desenvolver filtros com imagens com base em recursos de geolocalização.

Uma alternativa para conquistar pessoas para eventos empresariais.

E quais são as redes sociais mais usadas no mundo?

Após identificar as redes sociais mais usadas no Brasil, vale a pena conhecer as redes sociais mais usadas no mundo:

  • Facebook: 2,91 bilhões;
  • YouTube: 2,56 bilhões;
  • WhatsApp: 2 bilhões;
  • Instagram: 1,45 bilhão;
  • WeChat: 1,2 bilhão;
  • Facebook Messenger: 1 bilhão;
  • TikTok: 970 milhões;
  • LinkedIn: 830 milhões;
  • Douyin: 613 milhões;
  • Snapchat: 589 milhões;
  • Kuaishou: 578 milhões;
  • Sina Weibo: 573 milhões;
  • QQ: 552 milhões;
  • Telegram: 550 milhões;
  • Twitter: 465 milhões;
  • Pinterest: 431 milhões;
  • Reddit: 430 milhões;
  • Quora: 300 milhões.

Como escolher a melhor rede social para sua empresa?

É natural que a empresa sinta algumas dificuldades na hora de gerenciar as mídias sociais. Afinal, é preciso dar prioridades.

Daí a importância de selecionar aquelas que melhor se enquadram no perfil do negócio.

Confira algumas dicas de como escolher a melhor rede social para seu negócio:

  • analise a concorrência: avalie as redes sociais em que a concorrência marca presença para identificar em quais os consumidores se engajam mais;
  • analise a audiência dos concorrentes: avalie também a audiência das empresas para identificar qual é o alcance que elas têm nas redes sociais;
  • utilize ferramentas de pesquisa: é possível usar ferramentas online de pesquisa, as quais contribuem para definir uma noção de como anda a concorrência (em certos sites, como o Rival IQ, a empresa pode acessar as redes sociais que os concorrentes usam);
  • atente-se ao tamanho da audiência: avalie o seu público antes de anunciar em alguma rede social, bem como o potencial de alcance no comércio eletrônico;
  • atente-se às ferramentas de busca: use redes sociais que apresentem motores de busca eficientes, que possibilitem identificar consumidores por meio de seus interesses, palavras-chave, habilidades (caso do Facebook, por exemplo);
  • integre comunidades e grupos nas redes sociais: esses grupos e comunidades ajudam a identificar os melhores sites para os seus clientes (efetivos e potenciais); Facebook, LinkedIn e Twitter apresentam diferentes grupos.

Agora que você já conhece as 10 redes sociais mais usadas no Brasil, aplique as dicas acima para identificar os canais mais adequados para investir em marketing!

Não deixe de conferir nosso conteúdo sobre como vender nas redes sociais.

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário