Rede de display: entenda como funciona e se vale a pena investir

Você já parou para pensar em quantos sites existem hoje na internet brasileira? Pois o pessoal do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) já! De acordo com estatísticas publicadas no site registro.br, existem hoje quase 4 milhões de páginas cadastradas em solo tupiniquim, sendo que 93% delas estão registradas como .com.br.

Com tanto site assim, é de se esperar que exista também muito espaço publicitário para ser explorado nessa parte da web brasileira, certo? Pois é aí que entra a rede de display, uma ferramenta capaz de anunciar seu negócio (e seus produtos) em boa parte das páginas da internet. Quer entender um pouco mais sobre essa rede e saber como ela funciona? Então vamos lá!

O que é a rede de display?

Para começarmos o assunto com o pé direito, nada melhor que saber, afinal, o que é uma rede de display. Como o próprio nome sugere, essa rede usa displays para apresentar anúncios de forma visual para os usuários, sendo que tais displays podem tanto ser espaços para banner em um site como em um aplicativo, por exemplo. Trata-se, portanto, de uma tecnologia nada nova.

Lá atrás, em 1995, um ano depois do surgimento do primeiro banner da web, o Yahoo já anunciava que investiria em seu próprio sistema de rede de display. Mas isso só foi popularizado com a chegada do Google AdWords, no final de 2000. Hoje, quando falamos de rede de display na internet, estamos falando basicamente de Google Ads, um sistema presente em quase toda a web.

Como exatamente funciona?

Agora que você já sabe o que é uma rede display, é hora de entender como e para quem ela funciona! E a boa notícia é que sua lógica de funcionamento é simples: você estipula qual é a verba e para quem deseja veicular determinado anúncio.

Depois, basta colocar outras variáveis nesse quem, como o horário em que os usuários deverão ver a publicidade, quais são seus interesses e até mesmo quais cidades ou estados são mais importantes para o público. A partir daí, o sistema trata de distribuir esses anúncios nos sites, blogs, portais e aplicativos mais relevantes para sua estratégia.

Vale lembrar que se você quiser entender um pouco mais a respeito dessa configuração de anúncios, basta conferir nosso guia sobre como montar anúncios que vendem.

Para que empresas é recomendada?

Esse é o momento da pergunta: mas será que a rede de display é útil para todo tipo de negócio? Pois a resposta é sim! Veja só:

  • pequenas empresas: enquanto a mídia tradicional pede um grande volume de investimento, qualquer empresa com um mínimo de caixa pode publicizar seu negócio nas redes de display;
  • empresas de médio porte: com um bom planejamento, essas empresas conseguem ficar em pé de igualdade na hora de brigar pela mesma audiência de grandes empresas;
  • grandes marcas: quem tem uma verba mais larga para investir em marketing digital pode aproveitar para fazer testes em busca de novos públicos e novas formas de anunciar na internet.

Por que investir em rede de display?

Você ainda tem dúvidas se vale ou não a pena investir em rede de display? Então agora chegou o momento saná-las. Entenda por que fazer esse investimento vale (e muito) a pena!

Possibilidade de microssegmentação

Ao contrário do que acontece com a mídia tradicional, nesse caso você consegue fazer até mesmo microssegmentações — para determinado público de alguns bairros, por exemplo. Dessa forma, torna seu e-commerce mais competitivo em certos mercados.

Relevância via contextualização

Com a rede de display, você pode contextualizar um produto ou serviço com o tema abordado em uma página, tornando aquele anúncio ainda mais relevante. Além disso, até mesmo o nome do site, blog ou portal pode ajudar a contextualizar sua marca para determinado público. Já imaginou quanto isso pode ser útil na hora de falar com um nicho específico?

Alcance de nichos

Como comentamos sobre nichos de mercado, é interessante que saiba que já falamos um pouco mais a esse respeito neste post, em que listamos vários nichos pouco explorados que podem ser alcançados justamente com ajuda da rede de display do Google. Com a ajuda dessa rede e um bom conhecimento a respeito de palavras-chave cauda longa, é possível encontrar formas diferentes (e até pouco exploradas) de levar seu negócio ao público certo.

Estratégia de remarketing

Sabe quando você entra em um e-commerce, procura por um determinado produto e, mesmo não concluindo a compra, depois é praticamente perseguido por diversos anúncios daquele item em outros sites? Pois isso é arte do remarketing em conjunto com a rede de display!

Sim, é isso mesmo que você está pensando: um dos benefícios da rede de display é que, com ela, seu negócio ganha mais algumas chances de tentar efetuar uma venda mesmo depois que o usuário sai da sua página.

Conhecimento de mercado

Na prática, um dos maiores motivos para se investir em anúncios da rede de display é o ganho de conhecimento a respeito do mercado em que atua. Com os relatórios gerados pelo sistema do Google, é possível saber que tipo de imagem ou texto tem trazido melhores resultados para o negócio, quais sites são realmente bons (ou não) para sua marca e até mesmo que conteúdo contextualiza melhor com seus produtos.

Qual a importância do tempo?

A essa altura, você provavelmente está mais inclinado a investir em estratégias de marketing digital envolvendo redes de display, correto? No entanto, ainda que essa ferramenta seja interessantíssima, lembre-se: ela não faz milagres em cima da hora.

Para encontrar os melhores sites para seu anúncio, o Google leva algum tempo até entender o comportamento do público e a lógica da sua estratégia. Por isso, é essencial separar algum tempo para planejar, testar e, finalmente, colher os resultados na rede de display!

Para fechar este post com chave de ouro, que tal saber mais sobre como usar o marketing digital a favor do seu e-commerce? Então baixe agora mesmo nosso guia do marketing para loja virtual!

Curtiu? Compartilhe!

Rede de display: entenda como funciona e se vale a pena investir
Avalie esse artigo!

Faça um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados