Produtos para revenda: 25 itens lucrativos e dicas de onde e como revender!

Produtos para revenda, pode ser uma boa maneira de iniciar com as vendas online. Se você precisa de uma renda extra, mas não faz ideia por onde começar, considere vender alguns, desses produtos: roupas de marca, produtos de beleza, bijuterias e semijoias, Bolsas de Grife, Roupas usadas, pijamas, cosméticos importados e muito mais, confira a lista completa e dicas para começar do zero!

Já pensou em revender produtos na internet, mas ainda não sabe por onde começar? Não se preocupe, explicaremos tudo que você precisa neste guia definitivo sobre o assunto.

Os produtos para revenda podem ser uma fonte de renda extra ou um trabalho em período integral, dependendo de quanto tempo você dedica a esse projeto.

Você pode considerar uma carreira como revendedor se estiver procurando se livrar de itens antigos, como roupas e objetos sem uso.

Mas você também pode começar um negócio estruturado, como um e-commerce, por exemplo, com a finalidade de comprar produtos por um preço baixo e revendê-los por um preço maior.

Ficou com curiosidade? Neste artigo, explicamos tudo sobre esse modelo de negócio, inclusive uma lista com os 25 melhores produtos para revenda e dicas de como ter sucesso.

O que são produtos para revenda?

Vamos começar definindo o que queremos dizer quando falamos de um produto para revenda.

São itens que você compra de fabricantes a fim de revendê-los no varejo.

Quanto mais exclusivo for o produto oferecido, maiores serão as chances de revendê-lo.

A revenda tradicional funciona comprando produtos de fornecedores e formando um estoque. Depois, você revende os itens por um valor maior para obter lucro.

A venda de coisas usadas para ganhar um dinheiro rápido também pode ser conhecida como revenda, embora não seja um modelo de negócio sustentável a longo prazo.

Os empreendedores revendedores geralmente aproveitam plataformas online, como Amazon e eBay, para divulgar os produtos aos clientes finais.

Em geral, os revendedores podem ser quatro pessoas diferentes:

  • distribuidor: compra um produto do fabricante e revende para um atacadista ou varejista;
  • atacadista: compra o produto do distribuidor para revender a uma loja de varejo;
  • varejista: compra o produto do atacadista para vender ao cliente;
  • o cliente: encontra um negócio e vende o produto por uma pequena margem de lucro.

Em cada caso, o revendedor pode encontrar uma maneira de agregar valor ao produto original. Pode ser por meio de reempacotamento e brindes, por exemplo.

Quais são as vantagens dos produtos para revenda?

Há poucas barreiras para a entrada no mercado de revenda, porque você não está criando e fabricando os seus próprios produtos.

A principal vantagem é que já existe uma demanda para os produtos, e o seu trabalho é vendê-los para as pessoas interessadas.

Mas as vantagens não param por aí.

Liberdade para precificar o produto

Sendo revendedor, você terá total liberdade para definir os próprios preços.

Você pode escolher o produto adequado ao seu negócio, comprá-lo a um preço justo do fornecedor e depois vendê-lo por sua conta para garantir uma rentabilidade.

Quanto maior o preço que você definir para a revenda, maior será a sua receita.

Precificação de Produtos: como fazer da maneira correta e obter lucro!

Trabalhar de qualquer lugar

Você não precisa de uma loja física ou mesmo de um escritório para começar a atuar como revendedor.

Para comercializar os produtos, é possível criar uma conta nos principais marketplaces, vender nas redes sociais ou criar sua própria loja virtual.

Revendendo online, você pode trabalhar de qualquer lugar e definir seu próprio horário.

Expansão mais rápida e fácil

Como revendedor, você poderá ampliar seu catálogo de produtos sem gastar mais com equipamentos caros ou mão de obra para produzi-los.

Tudo vai depender de uma estratégia para ampliar seu mercado consumidor, adaptar sua logística e ter uma infraestrutura para estocar os produtos.

Oportunidade de vender produtos variados

Não há regras fixas para revendedores: você pode vender vários tipos de produtos, que podem ser do mesmo setor ou não.

Tudo o que os revendedores precisam garantir é que eles vendam produtos que atendam a uma demanda.

Quais os melhores produtos para revenda online? Confira 25 itens!

Há uma variedade de itens que você talvez tenha no seu armário ou garagem que pode revender para ganhar dinheiro.

Abaixo, confira uma lista com as melhores ideias de produtos para revenda e veja qual delas mais inspira você.

  • Roupas de marca;
  • Produtos de beleza;
  • Bijuterias e semijoias;
  • Bolsas de Grife;
  • Roupas usadas;
  • Pijamas;
  • Cosméticos importados;
  • Calçados femininos ou masculinos;
  • Itens de decoração;
  • Eletrônicos;
  • Itens de papelaria
  • Câmeras;
  • Relógios;
  • Equipamentos de ginástica;
  • Eletrodomésticos;
  • Livros;
  • Brinquedos;
  • Videogames e consoles;
  • Móveis;
  • Antiguidades;
  • Artigos Esportivos;
  • Acessórios para bebês;
  • Instrumentos musicais;
  • Enxovais;
  • Lingeries.

A seguir, veja em mais detalhes como funciona a revenda de cada um desses itens.

1. Roupas de marca

Todo mundo aprecia um nome bem conhecido no mundo da moda, e muitas pessoas estão dispostas a pagar caro por esses itens.

Você deve encontrar muitos itens com nomes de marcas em brechós e em prateleiras de liquidação. Embora você possa ter que pesquisar bastante para encontrar algo decente, pode valer a pena.

E se você conseguir encontrar algo que ainda tenha uma etiqueta, seus lucros podem ser ainda maiores.

Produtos para revenda - Roupas de Marca

2. Produtos de Beleza

Os produtos de beleza têm sido cada vez mais utilizados pelas pessoas, independente do seu gênero.

Portanto, esse é um mercado que ainda pode ser bem explorado nas vendas online.

Afinal, quem não precisa de itens como: maquiagens, esmaltes, cremes hidratantes, perfumes e loção para barba, por exemplo.

O melhor de tudo, é que isso é apenas uma pequena amostra do que pode ser vendido, já que temos uma infinidade de produtos para investir nesse ramo.

Tudo depende da necessidade do público que você atenda.

Produtos para revenda - Produtos de Beleza

3. Bijuterias e semijoias

Muitas pessoas optam por revender bijuterias e semijoias, já que o custo-benefício é muito grande.

Quando comprada em atacado, é possível ter uma boa margem de lucro vendendo esses pequenos itens que fazem toda a diferença na hora de uma festa, por exemplo.

A procura desses itens é muito grande, porém é preciso encontrar bons fornecedores para que o negócio comece a fluir sem maiores problemas.

Produtos para revenda - bijuterias e semijoias

Confira também – Fornecedores de Semijoias – Onde Encontrar e Como Escolher!

4. Bolsas de Grife

Se você já tem uma coleção de bolsas sofisticadas (sorte sua!) ou está disposto a gastar o tempo necessário para encontrar boas ofertas, você pode ganhar dinheiro extra vendendo-as para compradores inclinados à moda.

Existem até plataformas especializadas dedicadas a ajudar bolsas usadas a encontrar novos proprietários.

Na Rebag, por exemplo, bolsas de grife usadas costumam ser vendidas por milhares de dólares.

Se puder revender várias bolsas ultra sofisticadas por mês, você poderá ganhar US $ 5.000 ou até mais.

Mesmo se optar por vender bolsas de médio porte, você ainda poderá ganhar centenas de dólares por mês.

Produtos para revenda - Bolsas de Grife
5. Roupas usadas

Quem nunca se deparou com um armário cheio de roupas, que muitas vezes estão apenas ocupando espaço?

Quando isso acontece, podemos revender esses itens em bom estado para outras pessoas.

Além de ganhar um dinheiro extra, você também pode contribuir para o  uso consumo consciente.

Alguns marketplaces famosos como Enjoei, Mercado Livre e OLX, já investiram nessa tendência e oferecem um serviço ideal para a vendas dessas peças usadas.

Produtos para revenda - Roupas Usadas

Sites para vender produtos usados: confira os melhores e como vender nessas plataformas!

6. Pijamas

A hora do descanso nunca foi tão confortável e estilosa.

O pijama de uma pessoa, fala muito sobre a sua personalidade, e investir nesse produto é algo muito interessante.

Afinal, muitas pessoas quando estão em casa não abrem mão do conforto e estilo.

Mesmo com a flexibilização das medidas de segurança contra COVID-19, muitas empresas continuam de home office, então essa tendência de pijamas veio para ficar.

Invista em modelos personalizados como aqueles que combinam pais e filhos, varie as peças conforme a estação (verão e inverno) e em modelos diferentes.

Produtos para revenda - Pijamas

7. Cosméticos importados

Produtos importados, fazem muito sucesso no Brasil, e revender algumas marcas, já conhecidas do público, pode ser um sucesso de vendas.

Há muitas marcas para investir, alguns exemplos são:

Carolina Herrera

Muito famosa entre o público feminino, seus perfumes sempre estão em alta e além disso a marca também oferece outras opções de produtos como hidratantes e acessórios.

Lancôme

A Lancôme também é outra marca importada que faz sucesso no pais. Na sua linha, encontramos perfumes, cremes para a pele e também maquiagem.

Calvin Klein

Essa marca, também é destaque no Brasil, com opções de produtos bem variados, ela oferece itens que vão desde perfumes a roupas e também acessórios.

Esses são apenas alguns exemplos, para começar, entenda seu público, quais as necessidades dele e invista na melhor opção.

Produtos para revenda - Cosméticos importados

8. Calçados femininos ou masculinos

A revenda de calçados oferece uma ampla variedade de segmentos: de sapatos esportivos a saltos elegantes, chinelos, tênis da moda e muito mais.

As pessoas sempre precisam de calçados, e você pode aproveitar as datas sazonais para criar promoções e lançar novos itens.

Produtos para revenda - sapatos

9. Itens de decoração

Esse setor sempre foi muito aceito pelo mercado, mas quando iniciou a pandemia, as pessoas ficaram mais tempo em casa, e consequentemente as vendas de itens de decoração disparam.

O bem-estar, que um ambiente decorado traz, principalmente se tiver a personalidade dos moradores, faz muito bem para aquele lar, e traz o aconchego que muitos precisam.

Portanto vale a pena, investir em itens como: quadros e porta-retratos, esculturas, vasos de plantas, abajur e luminárias, almofadas, espelhos e etc. a lista é bem grande.

Produtos para revenda - Itens de decoração

10. Eletrônicos

Além dos consoles de videogame, outros eletrônicos geralmente são bastante populares no campo da revenda.

Os consumidores estão sempre atentos a coisas como câmeras, aparelhos de som, tocadores de DVD e até mesmo tocadores de VHS.

Você encontrará até mesmo pessoas querendo colocar as mãos em walkmans clássicos e tocadores de CD portáteis, que estão sendo vendidos por uma moeda em lugares como o eBay.

Produtos para revenda - eletrônicos

11. Itens de papelaria

Itens de papelaria, se tornaram muito mais que algo para necessidade.

Muitas vezes usados para a decoração de um ambiente, como escritório, por exemplo, a venda desses itens é sucesso!

Alguns exemplos de itens mais vendidos do ramo são: cadernos e fichários, sejam eles de personagens ou não, lápis coloridos, canetas em gel ou marca-textos.

Além disso, materiais para desenhos e pinturas e artigos para presentes não podem ficar de fora da extensa lista.

Produtos para revenda - Papelaria

12. Câmeras

As câmeras são, sem dúvida, um dos melhores itens para revender.

Se você conseguir revender algumas câmeras por mês, poderá ganhar facilmente algumas centenas de reais ou mais.

Se os brechós locais não tiverem muitas câmeras por preços atrativos, as lojas online são uma alternativa valiosa.

Produtos para revenda - Câmeras

13. Relógios

Encontrar relógios usados ​​e consertá-los pode ser uma ótima maneira de ganhar algum dinheiro extra.

Tudo o que você precisa fazer é poli-los e adicionar uma nova bateria, se necessário, para trazê-los de volta ao par.

Apenas certifique-se de que eles ainda funcionam antes de comprar qualquer coisa.

Produtos para revenda - Relógios

14. Equipamentos de ginástica

De esteiras a bicicletas ergométricas e conjuntos de pesos, os equipamentos de ginástica tendem a ser volumosos, pesados ​​e inconvenientes para se mover.

Isso significa que os vendedores podem estar ansiosos para se desfazer deles por um preço baixo, o que gera uma excelente oportunidade de revenda.

Dependendo do número de itens de equipamento que encontrar e revender, você pode começar a ganhar uma renda alta por mês.

Produtos para revenda - Equipamentos de ginástica

15. Eletrodomésticos

Assim como os equipamentos de ginástica, os eletrodomésticos geralmente são pesados ​​e ocupam muito espaço.

Isso torna os vendedores mais motivados para comercializá-los, dando a você a chance de comprar eletrodomésticos subvalorizados antes de vendê-los com algum lucro.

Se os eletrodomésticos que você encontrar estiverem quebrados, você não precisa ignorá-lo: um depósito de sucata ou reciclagem nas proximidades estará disposto a pagar pela sucata.

Produtos para revenda - eletrodomésticos

16. Livros

Você pode vender livros didáticos, edições de colecionador, livros autografados e muito mais online em marketplaces ou em livrarias locais.

Provavelmente, esses são os itens mais simples e populares que estão sendo comprados e revendidos.

Há um suprimento aparentemente inesgotável de livros por aí que pode ser encontrado em vários lugares diferentes, incluindo vendas de bibliotecas, vendas de garagem, brechós e em seções de liquidação em lojas de departamento.

Se você puder encontrar livros de primeira edição, terá um lucro maior. E se conseguir montar conjuntos de livros, você poderá ganhar ainda mais dinheiro.

Produtos para revenda - livros

Como Vender Livros Usados: confira os melhores sites e as melhores dicas para lucrar com eles!

17. Brinquedos

Os brinquedos são artigos fáceis de revender.

Há pais que estão sempre procurando brinquedos que não estão mais sendo vendidos nas lojas para agradar seus pequenos, e eles normalmente procuram esses itens online.

Para obter uma boa margem de lucro, confira itens de liquidação em lojas atacadistas.

Produtos para revenda - brinquedos

18. Videogames e consoles

Os videogames não são um entretenimento apenas para as crianças. Na verdade, você provavelmente encontrará tantos adultos jogando videogame quanto as crianças.

Não é à toa que os videogames estão sempre em alta demanda com os entusiastas.

Essa é uma ótima notícia para você deseja ser revendedor nesse setor, porque há consoles de videogame e jogos usados tanto canais online quanto em brechós.

19. Móveis

Se você tiver móveis vintage em ótimas condições, considere vendê-los em um marketplace.

Algumas lojas também restauram móveis antigos, portanto, se tiver móveis feitos de madeira maciça, mesmo que estejam em mau estado, você poderá vendê-los para obter lucro.

Produtos para revenda - móveis

20. Antiguidades

Você pode vender joias antigas, porcelanas, itens decorativos e muito mais em marketplaces ou em lojas de antiguidades locais.

Móveis e decoração modernos de meados do século estão na moda, então, esses são ótimos itens para revender.

Produtos para revenda - antiguidade

21. Artigos esportivos

Equipamentos esportivos novinhos em folha podem ser caros, o que favorece a demanda por artigos usados.

Não à toa, há muitas lojas de artigos esportivos de segunda mão por aí e muitos vendedores comercializando esses produtos em marketplaces.

Os vendedores estão lucrando com esse modelo de negócios. Então, não há razão para que você também não possa.

Apenas certifique-se de que o equipamento que você decida revender esteja em condições relativamente boas e livre de manchas desagradáveis que podem ser difíceis de remover.

Produtos para revenda - artigos esportivos

22. Acessórios para bebês

Há uma indústria próspera por trás dos produtos relacionados a bebês.

Nos EUA, os consumidores gastaram vários bilhões de dólares em fraldas, acessórios de alimentação e cuidados, suprimentos de viagem, brinquedos e presentes somente em 2020.

Mas os bebês crescem rápido, então não é surpresa que todos esses produtos não permaneçam necessariamente na mesma família por muito tempo.

Em vez disso, eles são doados para brechós ou vendidos em vendas de garagem.

É aqui que você entra: ao comprar esse equipamento para bebês barato e revendê-lo online, você poderá obter lucro e, ao mesmo tempo, ajudar as famílias a encontrar produtos de alta qualidade a um preço acessível.

Comece verificando a plataforma de vendas escolhida para ver o que é popular e, em seguida, comece a navegar nas vendas de quintal e nas lojas de segunda mão.

Produtos para revenda - acessários para bebê

Oportunidade de negócio: como criar uma Loja Virtual para Bebês?

23. Instrumentos musicais

De teclados eletrônicos a guitarras e trompetes, muitas vezes há muitos instrumentos musicais a serem encontrados flutuando em brechós digitais e de tijolo e argamassa.

Use isso a seu favor, pegando esses instrumentos e vendendo-os por um preço mais alto.

Isso é ainda mais fácil se você encontrar instrumentos de grandes marcas como Yamaha e Gibson, cujos produtos as pessoas geralmente estão dispostas a pagar mais.

Produtos para revenda - instrumento musicais

24. Enxovais

Um tipo de produto que sempre tem procura, são os enxovais de cama, mesa e banho.

Essencial em qualquer casa, esses enxovais podem ser comprados para o dia a dia ou até mesmo para presentear noivos.

Itens como: lençóis, protetores de colchão, protetores de travesseiro, toalhas de mesa, panos de prato e toalhas de banho e rosto, são ótimos exemplos de produtos para investir nesse ramo.

Produtos para revenda - enxovais

25. Lingeries

Outro item essencial para todos são peças intimas.

Muitas empreendedoras, fazem verdadeiras fortunas investindo nesse ramo, principalmente se a moda for mais inclusiva e abraçar todos os biotipos.

Sinônimo de conforto e muitas vezes amor próprio e autoestima, as lingeries nunca saem de moda e podem render uma renda extra, portanto invista!

Produtos para revenda - lingerie

Dropshipping é revenda de produtos?

Comprar e gerenciar seu próprio estoque pode ser caro e demorado. É por isso que alguns varejistas usam o dropshipping para vender itens com menor custo e mais agilidade.

O dropshipping é um modelo em que você não precisa comprar seu próprio estoque antes de revender, porque os produtos são enviados diretamente do fornecedor.

Isso significa que, diferentemente da revenda tradicional, você pode pular o custo de criar um estoque do zero.

Se um lojista compra artigos esportivos e depois começa a revender para o cliente, o modelo de dropshipping permite que ele primeiro faça a venda e depois envie o pedido ao fabricante, que é responsável por enviar o produto para o cliente.

O dropshipper (quem vende para o cliente final) não está comprando o produto do fornecedor para depois revender. O fornecedor atua mais como um parceiro da empresa.

Quem fornece os produtos também é quem faz o empacotamento, envio e, muitas vezes, o suporte ao cliente.

Na revenda tradicional, por outro lado, o fornecedor apenas vende o produto para sua empresa, como se você fosse mais um cliente dele.

Outra diferença do dropshipping é a margem de lucro. Na revenda tradicional, a margem vem apenas do valor a mais sobre quanto pagou ao fabricante.

No dropshipping, a margem de lucro depende do valor a mais sobre quanto pagou pelo produto e de todos os outros processos realizados pelo fabricante.

Em suma, apesar de você vender o produto de outra empresa, o dropshipping é um modelo diferente da revenda tradicional e tem desafios próprios.

O que é Dropshipping: aprenda como funciona, como fazer e comece o seu em 2022!

Onde encontrar fornecedores de produtos para revenda?

Para obter uma boa margem de lucro, os revendedores devem encontrar produtos de origem mais baratos do que o preço cobrado ao cliente final.

Basicamente, você pode fazer essa pesquisa usando duas opções: empresas estrangeiras, de quem você pode comprar os produtos diretamente, ou empresas nacionais, que fazem a importação dos produtos.

Em marketplaces como Amazon, eBay, AliExpress e Alibaba, você pode encontrar produtos baratos de empresas estrangeiras e nacionais.

Como começar a revenda de produtos do zero?

Agora, vamos à parte de como agir! Confira dicas para começar um negócio de revenda do zero.

Considere vender algo que você conhece

Antes de pesquisar fornecedores ou pensar em quanto você pode ganhar, o primeiro desafio a ser cumprido é escolher um bom produto para revender.

Nossa dica é comercializar produtos com os quais você tenha alguma familiaridade.

Por exemplo, se você é um especialista em jeans de grife, terá mais facilidade em identificar bons negócios que você pode revender.

Compreender os fatos básicos sobre a peça, do que ela é feita, onde o fabricante a fez e suas medidas de tamanho pode ajudar a gerar as vendas.

Por outro lado, você também pode escolher itens com a maior margem de lucro e se educar sobre o mercado.

Por exemplo, você pode entrar no comércio de tênis e começar a pesquisar os produtos.

Pesquisando o mercado, você pode descobrir quando novos estilos estão sendo lançados e onde eles serão vendidos para garantir que você receba um pedaço do bolo.

Saiba onde buscar fornecedores

Para encontrar um fornecedor para o seu negócio de revenda, comece identificando quais tipos de produtos você deseja vender e para quais tipos de clientes deseja vendê-los.

Em seguida, você precisará determinar se deseja operar como um distribuidor, comprando os produtos por atacado do fabricante, ou como um dropshipper, vendendo diretamente do fornecedor de produtos e cuidando do atendimento de pedidos.

Escolha onde você vai revender seus itens

Depois de escolher os produtos para vender e os fornecedores, você pode encontrar maneiras de atingir seu público-alvo.

Os marketplaces são uma das maneiras mais fáceis de começar com os canais de vendas online.

Esses sites têm sistemas de pagamento integrados que podem ajudar a garantir que todos os seus pagamentos sejam seguros e registrados com precisão.

Além disso, você pode encontrar marketplaces específicos para os produtos do seu negócio.

Por exemplo, se você deseja vender brinquedos e artigos infantis, o Ri Happy é um marketplace de nicho que pode ser uma ótima opção.

Se você está lançando produtos para pets ​, um marketplace como o Cobasi pode ser um ótimo canal de vendas.

Em todos os casos, os canais de vendas que você escolhe usar e os itens que você escolhe vender andam de mãos dadas.

Tenha canais de comunicação ativos

Você pode adquirir os produtos certos e precificá-los corretamente, mas todas essas etapas não serão tão significativas se os clientes não puderem interagir com seu negócio.

Manter suas contas atualizadas nas redes sociais, por exemplo, é uma ótima maneira de ganhar visibilidade do público e alavancar as vendas.

Você pode usar contas pessoais ou comerciais no Instagram, Facebook e WhatsApp para mostrar sua gama de produtos.

Como revendedor, você também pode postar imagens de sua mercadoria, detalhes e outras informações úteis em um blog.

Tire fotos nítidas dos produtos

Se você estiver usando canais de vendas digitais, use fotos claras que apresentem o item o mais próximo possível de sua aparência real.

Ser transparente sobre o item pode incentivar a confiança em seus clientes.

 

Tenha um serviço rápido de logística

O envio rápido de seus itens, pode ser uma boa maneira de fornecer um bom atendimento ao cliente e obter boas avaliações em sua conta.

Boas avaliações são portas para novas vendas e um caminho para a fidelização de clientes

Portanto, invista em Soluções logísticas para garantir a satisfação dos seus clientes, mesmo se estiver começando.

Capriche na embalagem

Tente embrulhar bem seus itens para que, quando o pacote chegar, o item esteja em boas condições e o cliente fique satisfeito com sua aparência.

A apresentação pode melhorar a credibilidade da empresa e melhorar a experiência do cliente.

Confira também: Produto frágil: 7 dicas para enviar sua encomenda com segurança

Tudo certo para começar? Com um pouco de trabalho e pesquisa, você pode ganhar um bom dinheiro extra, ou talvez até uma renda em tempo integral, comprando itens com desconto e vendendo-os com uma margem de lucro.

Se você gostou desse artigo, compartilhe com seus amigos e nos siga nas redes sociais para mais conteúdos informativos como esse confira nosso Facebook e Instagram.

Não se esqueça também, de se inscrever no nosso canal do Youtube, toda semana um novo conteúdo para te tornar um especialista em e-commerce

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário