Veja agora quais os produtos da Amazon mais vendidos

Você já se perguntou quais são os produtos da Amazon mais vendidos? Afinal, se você quer aumentar a sua renda pessoal ou […]

Você já se perguntou quais são os produtos da Amazon mais vendidos? Afinal, se você quer aumentar a sua renda pessoal ou familiar, vender na plataforma é um caminho interessante. A empresa atua como um marketplace, em que qualquer pessoa física ou empresa pode vender seus produtos. Para tal, é preciso apenas de um CNPJ ou CPF válido e já é possível começar.

Porém, se você ainda não é tão experiente no e-commerce, ou concilia as vendas com outro trabalho, pode ter dificuldade em definir o que vender. Observar os produtos da Amazon permite entender o que o público procura e começar a organizar sua loja. Então, continue lendo o post para conhecer os produtos campeões, além de dicas de como vender na Amazon.

Quais são os produtos da Amazon mais procurados?

A Amazon é uma das empresas mais valiosas do mundo, disputando sempre as primeiras posições. Portanto, como é de se esperar, o volume de pesquisas na plataforma é absurdo. Historicamente, a empresa mudou o comportamento do comprador brasileiro, já que 35% dos compradores visitam menos as lojas físicas por conta da Amazon. Ou seja, se você quer vender, essa é uma ótima opção.

Para ajudar você a se inspirar e vender mais, a própria Amazon faz uma lista com os produtos que mais vendem. Ela é atualizada de hora em hora, com informações relevantes e praticamente em tempo real do que o público mais procura. Além disso, você pode filtrar por categoria, se tiver uma com a qual tem mais afinidade. Para ajudar, confira produtos que estão entre os mais vendidos:

  • condicionador de metais, na categoria automotivo;
  • whisky Johnnie Walker, na categoria bebidas;
  • fraldas, na categoria bebês;
  • Uno, na categoria brinquedos e jogos;
  • mop giratório, na categoria casa;
  • mouse sem fio e outros produtos da Multilaser, em computadores e informática;
  • espátula de inox para massas e legumes, na categoria cozinha;
  • Echo Dot branco, entre os dispositivos Amazon;
  • fogão 5 bocas, na categoria eletrodomésticos;
  • Kindle, também na categoria dispositivos Amazon;
  • bicicleta Caloi, na categoria esporte;
  • extensão e protetor eletrônico contra curto-circuito, na categoria ferramentas e material de construção;
  • cadeira gamer, na categoria móveis;
  • suporte de notebook, na categoria escritório.

É claro que a demanda do público varia ao longo do tempo. Portanto, é interessante procurar tendências e produtos que se repetem nas listas. Logo, o ideal é ficar de olho nas listas da Amazon de tempos em tempos para se manter sempre atualizado no que o público está procurando. Você não precisa observar e olhar de hora em hora, mas é bom ter o hábito de conferir, ao menos, semanalmente.

Como vender os produtos mais procurados na Amazon?

Para ajudar você a colocar seu e-commerce em prática, apresentamos também dicas de como vender na Amazon para você conseguir movimentar melhor os produtos acima e qualquer outro que queira vender. É crucial observar a lista dos produtos mais vendidos, pois eles podem trazer um norte para ajudar você na escolha do seu nicho.

São 16 categorias pelas quais você pode vender na plataforma e cada uma tem suas condições para começar. Por exemplo, em alimentos e bebidas, é possível vender apenas produtos novos, evidentemente, e requer aprovação após o vendedor disponibilizar a documentação necessária. É aqui que entra a pesquisa dos produtos mais vendidos.

Encontrar os produtos mais procurados é parte da sua pesquisa de mercado, em que você deve identificar os produtos que são relevantes e que estejam alinhados com seus desejos. Essa não é necessariamente uma regra, mas trabalhar com aquilo que temos mais afinidade torna o processo bem simples. Contudo, se você encontrar uma boa oportunidade, não deixe passar.

Foque na qualidade dos fornecedores

Escolher o nicho abre as portas para a segunda dica, que é ter bastante cuidado com a qualidade dos fornecedores. A primeira grande dica é procurar mais de um fornecedor. Assim, você tem mais poder de negociação por prazos e preços, além de ter mais garantias na entrega.

Afinal, se você depender de apenas um fornecedor, qualquer problema que ele tenha também acaba sendo seu. Além disso, produtos da Amazon precisam ser de qualidade.

Felizmente, o que não faltam são formas de encontrar seus fornecedores. Você pode visitar feiras e eventos, o que também é ótimo para fazer novas conexões.

Na internet, você também encontra muitos deles. Para garantir que o fornecedor é o parceiro ideal, peça uma amostra dos produtos e não se esqueça das perguntas mais burocráticas, como preço, quantidade mínima, prazos, capacidade de fornecimento, entre outras.

Tenha um bom controle de estoque

Conhecer os produtos mais vendidos também impacta diretamente no seu estoque. A curva ABC de estoque é um conceito que ajuda a dividir os seus produtos entre os mais e menos procurados, permitindo que você planeje o volume deles dentro da sua loja. Ao conhecer os mais procurados pelos clientes, você pode comparar com o seu estoque para saber se está preparado para atender à demanda.

O único cuidado é para entender se uma demanda é sazonal, momentânea ou constante. Por exemplo, pessoas só compram panetone no natal. Assim, uma demanda momentânea pode ser interessante explorar no volume adequado. Um exemplo é o suporte para notebook, que pode ser uma compra de momento, por conta do home office. Já fraldas, por exemplo, as pessoas sempre precisam.

Escute os clientes e suas avaliações

Por fim, outra forma de ter os produtos mais procurados pelos clientes é ouvindo-os. Você provavelmente já sabe a importância da prova social das notas e comentários nos pedidos, mas eles também podem ser uma ótima fonte de informação. Afinal, são eles que compram. Procure saber o que eles discutem nas redes sociais e visite blogs e grupos referentes ao seu nicho para conhecer as tendências.

Na verdade, esse é grande segredo para vender em qualquer marketplace. As plataformas configuram as ofertas e produtos de acordo com o que é mais valioso para o cliente, como prazo, preços, condições de pagamento e a própria reputação da loja. Portanto, se você tem produtos da Amazon muito procurados, com boas condições de compra e um serviço adequado, sua chance de ter sucesso na plataforma é muito maior.

Gostou do post? Então curta nossa página no Facebook para não perder nenhum post e aprender tudo sobre e-commerce!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário