Negócios on-line: 5 dicas para se preparar para esse mercado
Faça a construção de sua loja virtual em 10 passos

Entenda as principais vantagens de atuar no comércio eletrônico

Publicado em: • Última Atualização:

O número de brasileiros que compra on-line já superou os que ainda saem de casa para consumir em lojas físicas. Tendo entrevistado 22 mil consumidores em 25 países, uma pesquisa da PwC em parceria com a Research 2 Insight revelou que 38,2% dos brasileiros têm o costume de fazer compras pela internet todos os meses. E pode acreditar: só 30,9% declararam comprar em lojas físicas com a mesma frequência! Você realmente achava que esse dia chegaria tão cedo?

A verdade é que o comércio eletrônico traz uma série de vantagens tanto para o consumidor como para os varejistas. E isso vale principalmente para os pequenos empreendedores, que ainda estão começando seus próprios negócios. De acordo com a mesma pesquisa, preço e conveniência são os principais motivos da preferência dos consumidores brasileiros pelo comércio eletrônico. 53,8% compraram em e-commerces nos últimos 12 meses justamente pelo preço, enquanto 41,6% escolheram o e-commerce pela conveniência.

Quer conhecer as principais vantagens de atuar no comércio eletrônico para tornar seu negócio ainda mais lucrativo? Então acompanhe agora mesmo os próximos tópicos!

Vendas a qualquer dia e hora

Segundo o Google, mais de ⅓ das buscas por produtos on-line são feitas entre 22h e 4h da madrugada. Surpreso? Então pense: ter uma loja virtual equivale a ter uma empresa disponível para o consumidor 24 horas por dia, durante os 7 dias da semana! Atuar no comércio eletrônico é, portanto, garantia de que seus produtos poderão ser consumidos sem limites de tempo ou espaço. Assim, qualquer cliente, em qualquer lugar do mundo, pode acessar sua loja virtual, onde, quando e como quiser!

Por mais que a logística e a distribuição sejam mais simples para quem atua exclusivamente no comércio nacional, nada impede que seu e-commerce expanda as fronteiras. Aliás, lançar produtos no exterior é uma ótima oportunidade para usar o alcance geográfico ilimitado a seu favor! Afinal, como você já sabe, as maiores razões da preferência dos consumidores pelo comércio on-line são: praticidade e comodidade.

Visibilidade dos produtos

Os consumidores que fazem compras on-line hoje em dia têm o hábito de pesquisar muito antes de escolher um produto. Mais um ponto para as lojas virtuais, que são verdadeiras vitrines para o cliente investigativo e curioso, que quer conferir cada detalhe antes de fechar um negócio. Para facilitar a localização dos itens pelo consumidor, é essencial escolher uma plataforma que ofereça um bom recurso de busca, assim como páginas específicas para organizar os produtos e filtros por categoria ou preço.

Sabe aquela pesquisa da PwC que citamos lá na introdução? Pois ela ainda mostra que, para adquirir livros, cosméticos, eletroeletrônicos e artigos esportivos, o consumidor prefere fazer pesquisas no comércio eletrônico. Só que isso não se resume a essas categorias de produtos! O cliente confia cada vez mais na internet para obter informações sobre os mais diversos tipos de mercadoria. Entre os dados mais procurados estão funcionalidades, marcas, preços e relatos de experiências de consumo.

Dados concretos sobre o consumidor

E se fosse possível saber exatamente qual é o comportamento do consumidor da sua loja? Pois esse desejo já saiu do mundo da imaginação no comércio eletrônico! Já ouviu falar no Analytics? Por lá, é mais que possível não só rastrear, mas gravar todos os passos que o cliente dá dentro da sua loja on-line, desde a hora em que chega até quando se vai. E mesmo que não compre nada na primeira visita, dá para identificar seu interesse por determinados produtos. Com essa informação em mãos, você consegue oferecer exatamente o que ele procura quando eventualmente retornar.

Quantas pessoas acessaram seu e-commerce, quanto tempo permaneceram na loja on-line, por quais páginas navegaram, como andam as taxas de conversão e o rendimento de cada campanha: tudo isso é mensurado de maneira concreta. Posteriormente, esses dados podem ser usados na análise de resultados, contribuindo para o crescimento escalável do seu negócio.

Monitoramento de desempenho constante

Escolher uma plataforma que atenda bem aos objetivos da loja virtual é primordial para acompanhar o desempenho dos negócios sem perder nenhum detalhe. Ao armazenarem o histórico do comportamento e do interesse do consumidor por determinados produtos, essas ferramentas proporcionam monitoramento constante, em tempo real e acessível a partir de qualquer lugar, a qualquer hora.

Tudo isso facilita o planejamento de ações para evitar abandonos de carrinho, aumentando as chances de fechamento de vendas. O contato ágil com o cliente, seja por chat ou e-mail marketing, também deve trabalhar a favor do e-commerce. Não menos importantes, os relatórios contribuem para a tomada de decisões, o aumento da conversão e do faturamento.

Custo e investimento menores

Para quem está começando sua carreira de empreendedor, aqui vai um alerta: montar uma loja física é muito mais trabalhoso que montar um e-commerce. Isso acontece porque o processo físico envolve muita burocracia e requer investimentos altos. Já procurou saber, por exemplo, quanto custa manter um negócio de portas abertas em uma boa localização em sua cidade?

No comércio eletrônico, por outro lado, a realidade é bem diferente. O investimento é baixo, considerando que será preciso basicamente escolher e comprar um domínio, além de contratar uma boa plataforma de e-commerce, que permita criar um layout personalizado, responsivo e funcional para o consumidor. Isso sem falar que deve oferecer diversas formas de pagamento para os clientes! Aí é só inaugurar sua loja virtual e começar os trabalhos!

Mesmo depois desse processo inicial, os custos de uma loja virtual continuam sendo inferiores aos de uma loja física. Gastos com gerenciamento e manutenção da loja on-line são praticamente nulos se comparados aos despendidos com aluguel e instalação de um comércio físico. Ainda não está convencido? Além de tudo isso, a divulgação de um e-commerce também é mais barata e eficiente. Nesse caso, nada de mídias tradicionais, onerosas e já obsoletas — como outdoors, TV e rádio! Para garantir o sucesso de uma loja virtual, entram em cena campanhas de AdWords e mídias sociais.

Praticidade na estruturação

Está vendo como atuar no comércio eletrônico é mais simples do que parece? Dependendo do produto que você escolhe vender, vale até mesmo manter um estoque residencial. E não é nada difícil adivinhar que a praticidade na estruturação de uma loja on-line passa longe do que acontece no varejo físico, certo? Nada de criar estruturas que comportem estoque, vitrines, caixas e provadores, entre outros espaços indispensáveis de uma loja tradicional. O planejamento no universo on-line é bem mais direto.

Facilidade na implantação de ações promocionais

Preparar ofertas e descontos especiais é mais que válido para incrementar as vendas, elevar o ticket médio, divulgar sua marca e seus produtos, além de conquistar novos clientes. A boa notícia é que a criação de ações promocionais é muito mais simples no comércio eletrônico! A facilidade de personalização no layout da loja virtual permite alterações sempre que preciso para chamar a atenção do consumidor. É possível mudar tudo para adaptar a promoção às datas comemorativas, por exemplo, de forma rápida e até sem custos.

Outra possibilidade incrível envolve a atualização de preços e condições especiais, tudo em tempo real. Ainda vale testar e alterar todas as estratégias para fisgar novos consumidores! Além disso, são vários os canais de vendas disponíveis. Sabia que, mesmo que sua loja on-line ainda não seja conhecida, é possível vender em marketplaces?

Como você viu, são inúmeras as vantagens para quem quer investir no comércio eletrônico. E se você já tem um negócio físico, mas deseja expandir suas vendas para o mundo digital, ainda tem dúvidas de que ampliará sua rede de clientes? Atuar no e-commerce também pode ser uma oportunidade para gerar renda complementar, vender produtos desenvolvidos pelo próprio empreendedor (como é o caso de produtos artesanais) e expandir as vendas de suas mercadorias em marketplaces.

Agora que você já sabe de (quase) todos os benefícios do comércio eletrônico para seu negócio, que tal compartilhar este post com seus amigos empreendedores nas redes sociais?

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Entenda as principais vantagens de atuar no comércio eletrônico
5 (100%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *