Por que devo criar um Blog em um E-commerce?

Criar um blog em um e-commerce é uma ótima maneira de se capturar leads. Quer saber como? Acompanhe a seguir! Acredito que […]

Criar um blog em um e-commerce é uma ótima maneira de se capturar leads. Quer saber como? Acompanhe a seguir!

Acredito que você já deve ter pesquisado algumas lojas virtuais concorrentes por aí e notado que a grande maioria possui um blog, não é mesmo? E, você sabia que o blog em um e-commerce é uma das melhores estratégias para capturar leads?

Isso mesmo! Neste artigo, vou te mostrar o por que você deve criar um blog em seu e-commerce agora mesmo! Acompanhe comigo nos próximos parágrafos:

Usando a estratégia do Blog em um E-commerce

Leads

Antes de começar a falar sobre o uso de blog em um e-commerce, é interessante você ter conhecimento do que se trata um lead. Pode ficar tranquilo(a) que vou te explicar como tudo isso funciona!

Basicamente, leads são aqueles talvez futuros clientes que são no mínimo interessados no universo da sua marca, e se enquadram na persona do seu cliente. Eles estão fazendo pesquisas a respeito do seu nicho nas páginas de pesquisa, como o Google e o Yahoo.

Contudo, para que esse futuro cliente seja realmente um lead, é preciso que ele deixe com você alguma forma de contato. Isso serve para que você continue nutrindo o relacionamento entre cliente e marca, até que ele realmente esteja preparado para ser um efetivo cliente consumidor.

Capturando leads com o Blog

Um dos reais motivos de você construir um blog em um e-commerce é que o blog é uma ótima oportunidade de capturar leads. Contudo, você precisa nutri-lo com uma constante produção de conteúdo.

Além disso, é preciso que este conteúdo seja interessante para o consumidor e, claro, que tenha muita qualidade. O texto publicado deve concordar com o universo da sua marca e do seu público-alvo, e trazer alguma curiosidade, novidade ou dica que agregará conhecimento ao leitor.

Tudo isso para que ele perceba que você tem autoridade no assunto e que a sua marca é exatamente a solução que ele estava procurando. Por meio do texto, você pode instigar o leitor a entrar no seu site, através de links e chamadas persuasivas.

Leia mais sobre dicas e insights sobre como trabalhar com um blog. Basta clicar aqui!

Periodicidade

A periodicidade, ou melhor, a frequência das publicações também conta bastante. Se você postar uma vez a cada três meses pode estar perdendo a chance de capturar mais contatos para a sua empresa. 

Inclusive, para as ferramentas de análise de relevância do Google (aquelas que deixam o seu conteúdo na primeira página da pesquisa), se você posta com frequência, você ganha uma melhor posição nas páginas, em comparação àqueles que não postam. Assim, você está mostrando para o Google e para os usuários leitores que você tem domínio no assunto por sempre estar trazendo novidades.

O mínimo seria publicar com uma frequência regular de um a cada quinze dias. Mas, o ideal seria se você conseguisse ir aumentando essa escala, produzindo um por semana, dois por semana, ou até mesmo todos os dias.

Para você ter uma noção, de acordo com uma pesquisa do E-commerce Trends, os e-commerces que atualizam frequentemente seus blogs garantem 3 vezes mais visitas e 2,5 vezes mais clientes. Lembre-se que existem profissionais competentes no mercado que podem e são especialistas em fazer isso por você!

Relevância

Já que comecei a falar de relevância, não posso deixar de citar aqui que o conteúdo postado no blog deve ter relevância também para o cliente. Isto é, o texto deve ser, no mínimo, interessante para que a pessoa, ao realizar a pesquisa, sinta vontade de clicar no seu conteúdo para solucionar aquela dúvida.

Por isso, é importantíssimo que você conheça também algumas ferramentas, como o Google Analytics, que pode mapear as pesquisas das pessoas que visitam a sua página. Essa análise pode te trazer insights significativos em relação aos próximos temas que você pode trabalhar em seu blog ou até reformular as suas estratégias.

Conversão por meio do conteúdo

Esse é o principal motivo de se trabalhar com blog em um e-commerce: a conversão por meio do conteúdo. Vamos aprender como transformar o seu leitor em um efetivo lead? Então, continue comigo:

Primeiro você deve criar um artigo com bastante qualidade, sem esquecer dos links para outros conteúdos já publicados, para o cliente entrar em contato e para os produtos da sua loja. Feito isso, é hora de começar a pensar estrategicamente!

Os chamados conteúdos ricos, como infográficos, e-books ou cases de sucesso são ótimos exemplos para capturar leads. São conteúdos mais extensos, com design mais trabalhado, mas que oferecem algo especial, algo a mais para o leitor.

Dessa maneira, ele ficará persuadido a deixar o seu contato em troca daquele “presente” que você está oferecendo gratuitamente. Por exemplo: uma escola de inglês pode oferecer um conteúdo sobre como incorporar o idioma em seu dia a dia para você aprender inglês definitivamente. 

Trata-se de uma solução, ou algo que irá facilitar a vida do usuário, para que ele sinta a necessidade de fazer o download daquele material. Para isso, você precisa criar uma landing page com um formulário, onde o usuário possa deixar seus dados e baixar o conteúdo rico que você criou. Inclusive, o melhor de tudo é que esses dados coletados podem servir para muitas estratégias, como:

  • prospectar clientes;
  • realizar pesquisas de mercado;
  • nutrir um relacionamento por meio de e-mails marketing e muito mais!

Newsletter

Outra forma bem fácil e bem comum nas lojas virtuais para conseguir acumular contatos, como um e-mail, por exemplo, é convidar o usuário para se inscrever em sua newsletter. Você pode fazer isso em um botão bem chamativo em sua página ou por meio de chamadas para ação ao longo do texto, as famosas CTAs do mundo do marketing.

Assim, ele receberá em sua caixa de entrada e-mails da sua marca sempre que um artigo novo for publicado. É aquela premissa: quem não é visto, não é lembrado!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário