Como utilizar o Pinterest para aumentar as vendas do e-commerce?

Você sabe como usar o Pinterest para e-commerce? Se você não conhece, essa plataforma é uma ferramenta de pesquisa visual para pessoas […]

Você sabe como usar o Pinterest para e-commerce? Se você não conhece, essa plataforma é uma ferramenta de pesquisa visual para pessoas que querem buscar algum tipo de inspiração visual. É muito usada em mercados como moda, culinária, decoração e diversos outros.

Imagine, por exemplo, que você quer decorar o home office. O Pinterest reúne diversos modelos de escritórios em que você pode se inspirar. Você pode salvar os conteúdos que mais gosta para ver depois ou combinar as ideias mais interessantes.

Por conta desse comportamento, o Pinterest pode ajudar sua loja online a decolar. Continue lendo o post e entenda tudo sobre o Pinterest para e-commerce!

Quais são as vantagens do Pinterest para e-commerce?

Em primeiro lugar, o Pinterest tem mais de 450 milhões de usuários no mundo e, segundo uma pesquisa da Digital 2020, 40% dos usuários de internet no Brasil frequentam essa rede. Ou seja, as pessoas usam e muito.

Outra grande vantagem da plataforma é o seu apelo visual. Os usuários navegam especificamente por esse motivo, o que torna a comunicação muito mais fácil. Não é à toa que moda e decoração são alguns dos usos mais comuns da plataforma, mas qualquer empresa que tenha esse apelo em seus produtos pode aproveitá-la.

Por fim, a maior vantagem do Pinterest para e-commerce é o comportamento do usuário. É uma audiência muito segmentada, que está muito mais próxima de comprar. Voltando ao nosso exemplo, se uma pessoa está procurando inspiração para decorar o escritório, é muito seguro assumir que ela quer comprar produtos para fazer isso.

Como fazer o cadastro da empresa e criar pins?

Mais uma vantagem da plataforma é que ela é bem simples, tanto para o usuário quanto para o e-commerce. Primeiramente, é preciso criar uma conta no Pinterest Business, que você pode fazer seguindo o passo a passo abaixo:

  • clique na opção “Faça seu cadastro”;
  • insira seu e-mail, de preferência o comercial da loja;
  • informe o nome, a área de atuação e outras informações relevantes;
  • coloque o link da sua loja virtual.

Ao completar o cadastro, você tem acesso ao painel da plataforma, que é extremamente simples. Uma boa dica é clicar na opção “Reivindique seu domínio” para fazer integração com o Instagram, YouTube e todos os outros sites. Também no painel, você pode criar um pin pelo seguinte processo:

  • selecione a opção “Criar pin”. Isso também pode ser feito pelo aplicativo;
  • use as imagens ou vídeos que quiser, respeitando as dimensões;
  • adicione informações como título, descrição e o link;
  • escolha uma pasta para salvá-lo e publique.

Uma ótima dica é organizar bem os seus pins por pastas separadas, de acordo com o assunto. Assim, fica mais fácil para os usuários encontrar os produtos que estão procurando.

Como vender no Pinterest?

Agora que você já sabe o aspecto técnico, vamos a algumas dicas para ter sucesso na plataforma. A primeira é óbvia: procure fazer boards diferentes, com categorias e produtos diversos.

Faça fotos e vídeos de qualidade

Outra dica crucial é focar na qualidade das fotos e vídeos. Como o Pinterest é uma plataforma totalmente visual, esse ponto é imprescindível para ter sucesso. Além disso, quem está comprando não pode tocar nos produtos, sendo que essas mídias são a forma de aproximá-lo do produto. Como mencionamos, fique bem atento às suas dimensões.

Aproveite o potencial social da rede

Acima de tudo, o Pinterest é uma rede social. Por isso, vale a pena trabalhar o modelo de criação em conjunto, gerando pins que ajudem você a vender, com marcas que complementam seus produtos. Essa é uma forma de aumentar organicamente a audiência com uma experiência legal para o usuário.

Rich pins

Os rich pins são pins especiais, que permitem adicionar detalhes específicos às imagens. Eles automaticamente sincronizam informações do seu site para as postagens. Assim, fica ainda mais fácil para o público conhecer seus produtos.

SEO no Pinterest

Se a plataforma funciona por meio de busca, o SEO não pode ficar de fora. Felizmente, não existem muitas diferenças para as técnicas de e-commerce tradicional:

  • procure as palavras-chave certas com ferramentas que ajudam a identificar os termos mais usados;
  • use essas palavras no título e na descrição dos pins, sem forçar nem prejudicar a experiência do usuário;
  • garanta que suas pastas tenham títulos diretos e informativos, e também vale a pena colocar palavras-chave mais gerais;
  • use as hashtags com moderação para impulsionar suas publicações.

Inspiração

É importante não focar só em vender os produtos. Então, não adianta muito colocar uma foto do item que você quer vender em um fundo branco. Busque sempre criar conteúdos que inspirem, mostrando como o produto pode ser usado no dia a dia.

A rede social também não tem uma ferramenta de check-out, por isso, você está trabalhando o marketing de conteúdo para atrair o público para o seu site. Tenha sempre isso em mente.

Crie painéis temáticos

Os painéis são coleções de pins que você pode criar em torno de um tema em comum. Isso é uma ótima prática, pois ajuda o usuário a encontrar seus produtos e ainda permite que haja uma conexão maior com ele, já que o painel promove seu estilo de vida. Também é mais uma ótima oportunidade para inserir novas palavras-chave.

Pinterest analytics

Como toda ferramenta que se preze, o Pinterest também tem uma funcionalidade de analytics. É crucial analisar esses dados com frequência, de modo que você saiba como o público interage com suas publicações. Assim, é possível sempre otimizá-las.

Por fim, vale destacar que ainda não é possível anunciar na plataforma no Brasil. Os pins patrocinados já existem em muitos países, mas o nosso ainda não é um deles. Contudo, vale a pena ficar de olho, pois quando essa funcionalidade for disponibilizada, a plataforma deve ser ainda mais interessante para vender. Fique tranquilo que a gente avisa por aqui.

O Pinterest para e-commerce é um ótimo caminho para quem quer vender mais. Sua natureza visual forte e a aproximação com o comportamento do público a tornam muito eficiente. O grande segredo da plataforma é lembrar que ela demanda contexto. Traga postagens que realmente inspirem e cativem o público, de modo a ter ainda mais sucesso.

Gostou do post? Então, assine a nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades e conhecer os canais de venda mais eficientes!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário