Pagamento QR Code: tudo que você precisa saber sobre esse tipo de transação!

O Pagamento QR Code serve como um código de barras em formato de imagem que serve para armazenar dados e informações importantes. Permitindo também, a realização de pagamentos de forma segura e rápida.

Cada vez mais popular entre os brasileiros, principalmente após a pandemia de 2020, o pagamento com QR Code é uma maneira mais acessível e facilitada de receber e enviar transações.

Comparada com outros métodos, esse tipo de pagamento está sendo o mais popular que outros métodos já conhecidos como boleto bancário e até mesmo o cartão de crédito.

Oferecer essa forma de pagamento para os clientes da sua loja física ou e-commerce, é uma maneira eficiente de ganhar tempo e ainda garantir a satisfação com uma experiência completamente nova.

Afinal, não haverá a necessidade de preencher dados manualmente, algo muito promissor.

Neste post separamos as principais delas, bem como funciona essa inovação e de que forma você pode implementá-la no seu negócio. Confira!

O que é QR Code?

QR Code é a sigla para Quick Response Code, ou Código de Resposta Rápida, em português.

A ideia por trás é simular um código de barras, onde o usuário escaneia pelo celular para receber uma informação e tem acesso sem precisar digitar nada.

O dado pode ser um link, texto, número de telefone, localização, entre outras opções. Por isso, é muito usado por negócios, como restaurantes que substituíram os menus em papel por QR Code colados nas mesas.

Contudo, não é algo de agora. Esse tipo de tecnologia foi criado em 1994 e já muito usado em campanhas de marketing e propagandas em revistas.

No Brasil, o PicPay foi quem teve a iniciativa para usar como pagamento, em 2012. Desde então, outras instituições aderiram à inovação.

Para se ter ideia, hoje em dia, podemos encontrá-los nos balcões de diversos comércios, como academias, supermercados, lojas, postos de gasolina, shoppings, lanchonetes, entre outros.

A finalidade é facilitar a realização do pagamento sem transtornos antes, durante e depois.

Por que usar o pagamento via QR Code?

Grandes empresas brasileiras usam essa tecnologia, como o Mercado Livre, Magazine Luiza, iFood e outras.

O motivo é simples: há inúmeras vantagens de usar esse tipo de pagamento em qualquer estabelecimento, até em PMEs.

Para convencê-lo de que essa é uma excelente ideia para aderir no seu negócio, independente do tamanho ou ramo de atuação, separamos os principais benefícios de sua aplicação. Confira cada um deles a seguir!

Redução de custos com taxas mais baixas

Um dos principais incentivos para a adoção desse meio de pagamento são as taxas.

Ao receber dessa forma, as tarifas cobradas são menores (cerca de 2%, 1% ou gratuitas) que com as vendas feitas com outros tipos, como o cartão de crédito (em média, até 4%).

Com isso, pode-se deixar de recorrer às maquininhas de cartão, economizando com o gasto para alugá-las ou comprá-las.

Com a diminuição de custos, o preço fica mais barato também para os clientes. Assim, é mais fácil tornar suas vendas atrativas com aumento da competitividade do negócio, o que gera sucesso.

Agilidade

Não somente os lojistas podem aproveitar esse incentivo, como também os clientes.

Para eles, não é preciso manusear cartões ou dinheiro em espécie, basta ter o celular em mãos, apontar para o QR Code e o programa acessa o pagamento automaticamente.

Com isso, não há o trabalho de digitar senhas ou lembrar de levar o cartão a cada saída de casa.

Apenas uma conexão com a internet é o suficiente para usufruir do QR Code.

Já para o dono de negócio há a rapidez de receber, o que diminui filas e agrega na experiência dos consumidores.

Sem mencionar que quanto mais fácil for concluir a compra, maior é a chance de ela ser efetuada.

Impede erros

Por não precisar adicionar chaves específicas, como CPF, nome do titular da conta, números e outros dados pessoais e bancários, é uma excelente forma de evitar erros de digitação e demais problemas que causam falhas na transação.

Afinal, não é difícil encontrar alguém que digitou um número errado ou esqueceu de inseri-lo, não concluindo o pagamento e ainda, causando complicações para si e para a empresa.

Capital de giro garantido

Quando há uma maquininha de crédito envolvida no processo de pagamento, há taxas abusivas e um tempo médio de alguns dias úteis para o dinheiro cair na conta do empreendedor.

Para os de pequeno e médio porte isso pode ser decisivo para o capital de giro.

Com o QR Code isso não acontece. A quantia entra em conta no mesmo dia, ou até no dia seguinte, o que otimiza o fluxo de caixa.

Para um restaurante ou lanchonete, por exemplo, essa otimização ajuda na compra dos alimentos e bebidas, garantindo as vendas do próximo dia e a manutenção do negócio.

Segurança

Toda transação precisa de segurança, e com essa forma não é diferente.

Ela é segura porque o usuário tem controle sobre as operações, sem precisar revelar informações pessoais ou bancárias, nem entrar em contato com qualquer pessoa.

Como o processo é feito diretamente pelo aplicativo, o risco de fraude é menor, como costuma acontecer com a clonagem de cartões.

Ademais, há criptografia dos dados, sendo praticamente impossível interferir na sua leitura a olho nu, mesmo se uma parte estiver danificada.

Entretanto, é sempre importante ficar atento a algumas questões como:

  • se as informações estão corretas antes de finalizar;
  • a fonte deve ser confiável;
  • se o site é seguro, com certificado SSL.

Modernidade

Quando falamos em modernidade, nos referimos à acessibilidade. Afinal de contas, as pessoas querem concluir suas ações da maneira mais acessível possível, sem deixar de lado outros fatores como a segurança.

Para usar o QR Code basta apenas apontar a câmera de qualquer modelo de smartphone atualizado e ter acesso à internet.

O lojista precisa apenas criá-lo e integrá-lo com algum app que receba o pagamento. Ou seja, há poucos equipamentos e ações envolvidas, sendo a maioria já inserida no nosso dia a dia.

Fácil implementação

Não é necessário se deslocar até um banco ou solicitar em uma instituição online uma maquininha e, ainda, esperar pelo tempo de chegada de até 30 dias.

A implementação do QR Code pode ser feita em poucos dias ou minutos.

Para os clientes aderirem a esse novo método de pagamento, a divulgação nas mídias sociais precisa ser feita.

Assim, quem procurar pela sua página pode se sentir interessado em um serviço ou produto e optar por pagar dessa forma.

Captação e fidelização

Qualquer empresa quer atrair mais consumidores, assim como fidelizá-los para manter os seus lucros com pouco custo. Ao oferecer o QR Code como opção, a sua loja pode se tornar mais atrativa para o público.

A facilidade de pagamento é um dos aspectos determinantes para as pessoas terem preferência por um estabelecimento e não outro. Por isso, essa é uma oportunidade de captar e fidelizar consumidores para aumentar o seu nível de satisfação.

Pagamento em qualquer localidade

Os vendedores ambulantes também podem aproveitar para oferecer mais essa opção de pagamento. Isso porque a solução pode ser usada em qualquer lugar, desde que haja conexão com a internet.

Graças a isso, até mesmo quem trabalha com entregas, como confeiteiras ou motoboys, podem aceitar esse tipo de pagamento no ato da troca.

Dessa forma, não importa o local, horário ou profissão, é possível receber os valores de suas vendas a qualquer momento.

Como funciona o pagamento com QR Code na prática?

No geral, o QR Code só pode ser lido através de uma câmera que consegue ler os códigos bidimensionais.

Eles são formados por margens que delimitam onde começa e deve acabar, sendo que nos seus cantos existem caixinhas menores, responsáveis pelo formato e por mostrar a sua função.

O pagamento por QR Code pode ser usado de diversas formas, seja para transferência entre pessoas físicas ou para pagar compras.

Além de lojas físicas e online, é possível pagar na maquininha, por link, no monitor do caixa etc.

Confira em detalhes como funciona cada um!

Em negócios físicos

Nas lojas físicas que oferecem esse tipo de pagamento, basta acessar o seu aplicativo, escanear o código na placa disponível, informar o valor e confirmar com sua senha.

O lojista precisa deixar a plaquinha bem visível no balcão e de fácil acesso para os consumidores.

A depender do local, a câmera pode ler o QR Code e levar para um app próprio, você poderá abrir o seu próprio app da sua instituição para ler.

Em negócios online

Você poderá encontrar essa opção em alguns sites. Seja pelo computador ou celular, os consumidores concluem suas compras diretamente pelo app, sem a necessidade de digitar dados.

Para desktop:

  • Adicione os produtos no carrinho e escolha a opção do PicPay;
  • Ao concluir o pedido, escaneie o código exibido na tela e pronto.

Para o celular:

  • Adicione seus produtos no carrinho e escolha o PicPay para pagamento;
  • Ao clicar em finalizar o pedido, seu aplicativo será aberto automaticamente para confirmar a compra com sua senha.

Com link de pagamento

E-commerces ou outros tipos de negócios podem receber à distância ao gerar um link com o valor do produto ou serviço. Assim, não há necessidade de apontar a sua câmera para um código específico.

Esse link é enviado ao consumidor e possui um prazo de expiração. Aí, é só conferir os dados e valores e finalizar o pagamento no aplicativo de preferência com a própria senha.

Na maquininha 

As maquininhas de cartões de crédito também aceitam QR Code. Para isso, se você for vendedor, basta:

  • Digitar o valor da compra;
  • Selecionar a opção de crédito;
  • Escolher a alternativa QR Code e apertar o botão verde “Entra”.

Caso seja cliente, siga esses passos:

  • Acesse o app do seu banco;
  • Aponte a câmera do celular para o código que aparecerá na tela da maquininha;
  • Confirme o valor e finalize com a sua senha.

No monitor do caixa

Geralmente essa é uma opção disponível em grandes redes de farmácias, supermercados e açougues, mas há estabelecimentos fora desse nicho que também oferecem.

Para fazer esse tipo de pagamento, abra o seu aplicativo de preferência e siga esses passos:

  • Aponte a câmera do smartphone para o QR Code no monitor;
  • Confirme o valor e finalize com a sua senha.

Via Pix

Outra forma de fazer ou receber um pagamento é feito via Pix. Para isso, é simples:

  • Abra o aplicativo do seu banco;
  • Toque em Pix;
  • Selecione a opção QR Code;
  • Aponte a câmera e leia o código do indivíduo ou empresa que deseja pagar.

Se você é comerciante, pode apostar nessa solução de duas formas:

  • QR Code estático: usado em várias transações. Ou seja, há uma quantia fixa a receber mensalmente e um único código pode ser usado repetidas vezes;
  • QR Code dinâmico: é criado por venda. A empresa cria uma data de vencimento, como se fosse um boleto bancário.

Como criar um QR Code do Pix para receber os pagamentos da minha loja?

O QR Code tem inúmeras utilidades para o mundo corporativo, principalmente para o varejo.

Trata-se de uma forma de atuar na melhoria de experiências e se aproximar do público com a facilidade da parte financeira.

Dentre todas as opções disponíveis, o QR Code do Pix é o mais acessível, por não ter taxas e ainda ser disponibilizado em qualquer banco, basta apenas ter uma conta ativa para usufruir desse incentivo.

Essa é uma alternativa ao boleto bancário e permite que qualquer empreendedor emita QR Codes para cobrar imediatamente ou com vencimento em data futura.

Em outras palavras, é um sistema prático e gratuito com iniciativa do Banco Central.

Ao contrário da chave Pix personalizada, não é necessário informar dados pessoais, como CPF, número de telefone ou e-mail, para fazer e receber pagamentos com a linguagem QR. 

Para ajudá-lo a explorar essa solução, ensinaremos como criar um QR Code do Pix nos aplicativos mais conhecidos, como NuBank, Inter, PicPay, Mercado Pago, Bradesco e Santander, mas a lógica é a mesma em outras instituições financeiras.

NuBank

Aqui, os usuários podem definir o valor ou deixar em aberto para o próprio pagador preencher como quiser. Na hora de criar, basta abrir o app e:

  • Tocar em “Pix”;
  • Selecionar “Cobrar”;
  • Definir o valor ou deixar em branco em “Não especificar um valor”;
  • Clicar em “Criar QR Code”;
  • Mostrar o código se a pessoa estiver do seu lado, ou compartilhar o link.

Inter

No Inter, também é muito prático criar o seu QR Code. O passo a passo é o seguinte:

  • Acesse o aplicativo e vá em “Pix”;
  • Clique em “Receber”;
  • Será gerado um QR Code automático sem valor definido para o pagador preencher. Você pode pedir para escanear ou compartilhá-lo por outra mídia;
  • Caso queira definir um valor, clique abaixo em “Criar QR Code personalizado”;
  • Defina o valor e clique em “Continuar”;
  • Há a possibilidade de alterar a chave e adicionar uma mensagem opcional. Se não quiser, clique apenas em “Criar QR Code de R$ xx”.
  • Por fim, peça para o usuário escanear ou compartilhar em outra rede.

PicPay

Por ser um dos pioneiros nessa tecnologia, é super simples fazer Pix por QR Code. Você precisa apenas:

  • Abrir o app;
  • Tocar em “Pix”;
  • Selecionar “Pagar QR Code”:
  • Ir em “Meu QR Code”;
  • Clicar em “Cobre um amigo”;
  • Optar por “Pix”;
  • Peça para o pagador escanear o código com a câmera dele ou compartilhe por outro app.

Mercado Pago

Quem é comerciante pode aproveitar essa solução pelo Mercado Pago. Ao acessar o aplicativo:

  • Toque em “Cobrar com QR ou Pix”;
  • Selecione se você tem uma loja de rua ou não e clique em “Continuar”;
  • Informe o endereço do seu negócio;
  • Digite a quantia a ser recebida;
  • Ao gerar o seu código, peça para o cliente escanear pelo banco ou conta digital que preferir.

Santander

Há dois tipos para a escolha: o simples e o imediato.

O primeiro é ideal para valores fixos e cobranças sem quantia definida, por ser usados várias vezes, já o segundo é usado para cobranças rápidas e sem data de vencimento. Para usá-los, acesse o app e:

  • Toque em “Pix”;
  • Selecione o “Código QR”;
  • Em “Cobrar”, opte entre o código simples ou imediato;
  • Informe o montante ou deixe em branco;
  • Toque em “Continuar”. Você pode adicionar mais dados à sua transação, mas é opcional.
  • Pronto. Compartilhe se quiser enviar o código por outro aplicativo ou toque em “ver código QR” se o pagador estiver próximo.

Bradesco

Outro banco físico que oferece a opção de QR Code por Pix é o Bradesco. Ao acessar a sua conta bancária pelo aplicativo, você deverá seguir as etapas abaixo:

  • Clique em “Pix”, no menu inicial;
  • Selecione “Receber por Pix”;
  • Informe o valor, caso queira, ou deixe em branco;
  • Opte por “Continuar”;
  • Na próxima tela, você terá acesso à imagem para escanear, pode salvá-la ou compartilhar por outra mídia em “Enviar código de pagamento”.

Entendeu como funciona o pagamento por QR Code e porque é tão relevante utilizá-lo?

Agora é só implementar essa tecnologia no seu negócio e aproveitar todas as vantagens que traz. Felizmente, você já sabe o passo a passo para seguir em frente!

Fique por dentro de mais novidades e tecnologias para aplicar na sua empresa. Estamos no Facebook, YouTube e Instagram trazendo dicas para atualizar você sobre o mercado!

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário