Loja virtual, loja física e marketplace: entenda as diferenças
Algoritmo do Mercado Livre: como funciona e o que fazer para ficar na primeira página?

Buy box: entenda o que é e como pode aumentar suas vendas

Publicado em: • Última Atualização:

Ao vender em marketplaces, você sabia que ter seus produtos na buy box pode alavancar o seu negócio?

Imagine a seguinte situação: você se cadastra nos melhores marketplaces do mercado, seleciona produtos de boa qualidade e capricha nas descrições dos itens, mas depois repara que existem diversos outros concorrentes fazendo algo bem parecido. Essa situação é mais comum do que imaginamos, afinal, com tanta competitividade, fica cada vez mais difícil se diferenciar no mercado.

É nesse contexto que a buy box pode ajudar o vendedor. Por meio dela é possível alcançar resultados de venda mais rapidamente, atrair mais público para o site da loja e se sobressair em meio a tantos outros que vendem mercadorias parecidas com as suas.

Quer entender como chegar a esse ponto? Continue a leitura deste post!

 

Aprenda mais com o quadro Escola Responde:

 

O que é buy box e qual é a sua importância?

Buy box, também chamada de seller box ou caixa de compra, é um espaço de realce de uma oferta. Ela ajuda o consumidor a visualizar com mais facilidade um vendedor que oferece o que ele deseja. É como se o marketplace procurasse todos os sellers que vendem o item e dissesse: “Olha, encontramos este vendedor aqui. Pode confiar”.

Na prática funciona assim: o usuário digita o nome da mercadoria que precisa. Depois, aparece uma lista com vários fornecedores e preços. Apenas um deles ganha destaque na posição, ficando em uma caixa especial. A vantagem de estar nessa caixa é justamente o motivo de ter a oportunidade de mais conversão.

Quais são os principais critérios dos marketplaces para destacar um buy box?

É importante dizer que quem avalia qual vendedor estará na buy box é o próprio marketplace. Para isso, ele analisa alguns critérios importantes, como os seguintes.

Preço da mercadoria

O valor da mercadoria costuma pegar no bolso do consumidor, que já está acostumado a fazer muitas pesquisas, a fim encontrar o preço ideal. Sabendo disso, os marketplaces priorizam os produtos mais em conta, sendo um forte motivo para ganharem destaque.

Estude os valores praticados pela concorrência para analisar o preço que caberia na sua mercadoria. Contudo, entenda que não vale a pena ficar no prejuízo apenas para estar na buy box. Existem outros critérios que fazem parte do julgamento, como veremos a seguir.

Além disso, tenha em mente que um preço muito abaixo do normal pode fazer o marketplace desconfiar da idoneidade e da qualidade do produto, podendo, em alguns casos, bloquear a conta do vendedor.

Valor do frete

O frete também faz parte da avaliação. Não adianta muita coisa colocar um preço bem atrativo e o valor do frete ser o dobro do cobrado pelos outros vendedores. A questão é ter bom senso e considerar o que poderia ser vantajoso tanto para você quanto para o comprador.

Ter parceria com transportadoras pode ser uma boa solução, dependendo do caso. Essa hipótese permite otimizar a logística nas entregas, tornando-as mais rápidas e conquistando um preço de frete mais interessante.

Reputação do lojista

A reputação do lojista tem a ver com as avaliações que ele recebe dos compradores com relação ao prazo de entrega, à atenção ao responder perguntas, ao cuidado para resolver qualquer impasse, à qualidade da mercadoria, entre outros fatores.

Dessa forma, não adianta muito definir uma precificação e um frete mais chamativos e contar com uma avaliação baixa. A confiança do cliente na marca vale muitos pontos no momento de uma decisão.

Pode ser que os resultados demorem um pouco para aparecer, mas vale a pena investir no bom atendimento e na boa experiência de compra do consumidor para ser um vendedor mais confiável.

Prazo de entrega

O atraso na entrega costuma ser uma das maiores queixas no Reclame Aqui, principalmente em datas como a Black Friday e o Natal.

Dito isso, todo cuidado é pouco quando tentamos agradar o cliente. Ele tende a dar preferência pelo vendedor que promete entregar mais rapidamente. No entanto, se houver atrasos, isso influencia negativamente na experiência dele, sendo um motivo para avaliar mal o lojista.

Mais uma vez, uma transportadora pode ajudar nesse quesito se você definir uma logística econômica. Contudo, prefira dizer a verdade quanto ao prazo, já que as chateações com a compra costumam causar um impacto negativo.

O que fazer para ter uma oferta destacada na buy box?

Existem algumas boas práticas para o vendedor conseguir destaque na buy box. Acompanhe as que recomendamos!

Invista no bom atendimento

Uma das dicas mais importantes é prestar um bom atendimento a todo consumidor, ainda que, a princípio, ele não pareça estar tão interessado assim na aquisição. Essa atenção é uma das maiores influências na boa experiência de compra.

Com isso, responda a todas as perguntas com prontidão, paciência, gentileza e oferecendo todos os detalhes possíveis. Se o usuário se decidir pela compra, capriche na embalagem da entrega. Enviar um cartão de agradecimento, mimos ou um código de desconto para futuras aquisições também conta positivamente. Aproveite para incentivá-lo a deixar um feedback.

Por fim, caso ocorram desgostos, procure resolver o mais rapidamente possível, dando plena atenção ao caso.

Reviste os produtos antes do envio

Para evitar o envio de mercadorias avariadas, sujas ou com peças faltando, procure ter um mecanismo que inspecione os produtos antes da remessa.

Lojas grandes podem contar com uma pessoa ou equipe preparada nisso. Caso contrário, é necessário que você faça essa função. É melhor gastar alguns minutos com isso do que correr o risco de lidar com a insatisfação de um consumidor. Lembre-se que a qualidade do item é fundamental para a sua reputação.

Consiga boas parcerias

Também procure ter boas parcerias de fornecedores e de transportadoras. Os fornecedores podem contribuir, nesse sentido, ao facilitar a aquisição por um preço mais atrativo. Eles também são capazes de garantir o reabastecimento do estoque em tempo hábil, evitando que você fique sem a mercadoria. Já as transportadoras ajudam a realizar uma entrega mais rápida e com um valor de frete mais vantajoso.

Não basta estar em um marketplace de renome: é preciso ter estratégias e investir em boas práticas constantemente. Assim, procure colocar em ação essas dicas para conseguir estar em uma buy box e ter mais oportunidades de vendas.

Gostou do conteúdo? Então saiba também como fazer anúncios que vendem no Mercado Livre!

Aprenda mais com o quadro Minuto E-commerce:

 

Gostou do artigo? Então siga-nos nas redes sociais (Facebook e Instagram) e acompanhe de perto outros conteúdos que ajudarão o seu e-commerce a conquistar melhores resultados!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Buy box: entenda o que é e como pode aumentar suas vendas
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *