O Que é o Duplo ‘E’ do E-Commerce e Como Ele Pode Te Ajudar a Vender Mais

Que tal escrevermos, de agora em diante, “eecommerce”. Mas o que seria de fato esse duplo “e” ? Sabemos que o “e” que antecede o termo commerce, denota: “eletronic”, que significa comércio eletrônico. Mas com o advento do marketing de conteúdo no cenário digital, as lojas virtuais podem, e devem, se encaixar no que eu diria: o novo “e” do ecommerce, mas não de eletronic, e, sim, de entertainment.

EECOMERCE: ENTERTAINMENT ELETRONIC COMMMERCE.

Agora é hora de entender melhor esse conceito que pode roubar a cena em breve.

Entertainment é literalmente a palavra no inglês correspondente a Entretenimento. Mas como entretenimento no ecommerce?

Hoje, a web é um reduto de obtenção de prazer, diversão, brincadeiras e consumo de conteúdo. Os blogs evoluíram neste sentido, as redes sociais, os sites para consumo de conteúdo, as landingpages entre outros formatos também. Mas e o ecommerce? O ecommerce tem sido um segmento, ainda, fechado a esse “e”, e precisa urgente dele.

Os 4 Benefícios do duplo “e”. Veja o que acontece ao inserir entretenimento em resultados práticos na sua loja virtual:

  1. Aumenta a dependência;
  2. Aumenta a permanência;
  3. Aumenta o tráfego;
  4. Aumento a relevância

Dependência

O que é marketing de dependência senão aquilo que atrai de uma forma prática e funcional o usuário, é como você tentar imaginar, de uma hora para outra, viver sem o Youtube, percebe a dificuldade dessa atitude? Por quê? Simples, por que se tornou dependente dele, ele acaba sendo uma ferramenta do cotidiano. E romper com esse cotidiano não é nada fácil. Não precisa tornar a sua loja um Youtube, afinal, o nível de marketing de dependência embutido nele é alto, mas ao adotar o duplo “e”, poder-se-á aumentar a taxa de dependência de seu público.

Permanência

Com a técnica do duplo “e”, a taxa de rejeição tende a diminuir de maneira dramática, e, por quê? Devido ao conteúdo oferecido que entretem sem sair da loja. Isso pode muito em seus efeitos, inclusive no aumento da consideração de importância que a loja pode transmitir aos principais motores de busca, claro que estou falando do Google

Tráfego

Com o duplo “e”, mais elementos de encontrabilidade passam a fazer parte de sua loja e isso resulta, naturalmente, num impacto direto do tráfego, afinal, novos formatos surgem que são passíveis de um conteúdo próprio, e, tais, podem ser encontrados via Google.

Relevância

Aqui é mais um resultado do que uma ação. Este estágio é a obtenção de valores dos 3 recursos anteriores.

Ao gerar relevância, naturalmente, nasce uma aplicação pratica de SEO.

Como aplicar o duplo “e” em uma loja virtual?

É um processo de conversão de Ecommerce para EEcommerce. Não é uma tarefa tão simples, mas, extremamente, potente na obtenção de resultados. Como já mostrados, haverão quatro valores de alto impacto alcançados para a loja virtual.

Como é um processo de conversão do ecommerce, então, requer mudança, principalmente, na forma de enxergar conteúdo para a loja. É bem verdade que podemos gerar conteúdo fora de loja, como em um blog, e é o que mais se faz para resultados performáticos em SEO, afinal aumenta a autoridade da pagina e do domínio. Mas, existe a possiblidade de oferecer um conteúdo para a loja virtual, também, sem sair dela.

Audiovisual

Já imaginou o quão importante é tirar as duvidas do usuário ao mesmo tempo que o educa? Imagine oferecer um podcast para tirar dúvidas como as, famosas, FAQs. Seria possível pegar várias personas, e ler email delas. Do tipo. Marina, pergunta: “tenho apenas cartão de débito, é possível comprar na loja?” Aí em audio é explicado como fazer uma compra com débito. Mesmo que a pergunta tenha sido simulada vai ajudar muita gente, e vai educar a base de possíveis clientes.

Outro exemplo, ainda, de audio. Uma loja, voltada a games, fazer um podcast de 5 minutos para falar de um lançamento esperado de um, determinado jogo, inclusive, fazendo a review deste jogo. Há uma atração enorme desta audiência, uma vez que análises, são determinantes para a compra de produtos deste segmento.

Indo um pouco mais além, uma loja virtual relacionada a esporte fazer um podcast para comentar do clássico europeu Real Madrid vs Barcelona e oferecer um cupom de desconto, para comprar a camiseta do Cristiano Ronaldo, isso mantém a procura pela mídia, afinal aquele episódio ofereceu um cupom de desconto que durou, somente, as primeiras horas, quem ouviu o podcast, com antecedência, obteve essa vantagem, mais um fator de dependência que funciona bem.

Vídeos ou Lives, também, são uma ótima estratégia. Imagine colocar vídeos, na home da loja, de unboxing de algum produto que está na vitrine. Ou um vídeo explicativo, mostrando como funciona um determinado produto, como um modelo de celular, por exemplo. Ou que tal Uma Live, para falar de ofertas imperdíveis e ao mesmo tempo, permitir a audiência tirar duvidas da loja ou de produtos?

Redação

Textos são excelentes formas de atrair, existem lojas de nicho que podem fazer bom proveito disso usando a seção de notícias para dar dicas. Imagine uma loja focada em aquarismo dando dicas de como montar uma aquário com água salgada. Ou como manter a limpeza adequada para os peixes. Não seria uma redação de conteúdo atraente para a base de consumo da loja? Com certeza seria.

Materiais Ricos

Como não poderia deixar de faltar, material rico de apoio para download isso dentro do próprio ecommerce.

Pode ser oferecido um ebook, por exemplo, com a finalidade de ensinar usar o produto, fazer uma melhor compra na loja, entender as formas de pagamento, entre outros.

Imagine um ebook com dicas e um cupom de desconto no final do conteúdo. Que tal uma loja de carros clássicos poder fazer um ebook para falar da história do fusca. Ou um site de camisetas esportivas criar um ebook explicando como funciona os novos esquemas táticos do futebol moderno. Acredito que há muito espaço para gerar conhecimento e oferecer isso a um publico segmentado, extremamente, interessado.

Converta seu ecommerce em um eecommerce

Por fim, esse conceito é mais para repensar as estratégias de sua loja e obter resultados interessantes com o mínimo investimento. Além de engajar e desenvolver bons conteúdos. Bons conteúdos, atraem. Esse planejamento é possível investindo pouco dinheiro com retornos bem satisfatórios. Sim, entretenimento também cai bem no ecommerce.

Curtiu? Compartilhe!

O Que é o Duplo ‘E’ do E-Commerce e Como Ele Pode Te Ajudar a Vender Mais
Avalie esse artigo!

Faça um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados