Novas Tarifas No Mercado Livre Para Produtos Abaixo de R$120,00

O Mercado Livre, decidiu aumentar suas taxas para todos seus vendedores a partir do dia 02/07/2018 a mudança ocorrerá para produtos com […]

O Mercado Livre, decidiu aumentar suas taxas para todos seus vendedores a partir do dia 02/07/2018 a mudança ocorrerá para produtos com preços inferiores a R$120,00 passando a ter um acréscimo de R$5,00 em sua taxa de cobrança. Isso mesmo, além das taxas de 11% e 16% respectivamente aos planos Clássicos e Premium, agora o Marketplace também irá embutir o acréscimo de R$5,00 em cada venda.

O Mercado Livre, vem buscando ações como essa para minimizar os impactos dos aumentos nos fretes, que foi realizado pelos Correios no começo do ano. Porém, essas a ações não vem agradando em nada seus usuários, que vem sofrendo na hora de precificar seus produtos.

Outra mudança mas desta vez positiva, foi o fim do frete surpresa, recentemente o Mercado Livre lançou o Programa de Pontos, em que dependendo do nível do comprador ele é beneficiado com frete grátis, isso caso a somatória dos produtos chegasse a R$120,00.

Confira nesse artigo os impactos dessa aumento no Mercado Livre e aprenda como achar uma saída, para driblar esse aumento.

Os impactos

Esse custo fixo vale para todos os vendedores, independente da reputação; mas só será cobrado se o pedido for inferior a R$ 120. Caso contrário, valerá apenas a taxa de 11% ou 16%. Isso significa que, no caso de pedidos menores, os vendedores terão que arcar com uma taxa fixa de R$ 5 — além da porcentagem sobre o valor total.

Esse aumento pode complicar ainda mais para aqueles que trabalham com ticket médio inferior a R$120,00. Isso porque produtos de baixo valor, são praticados com uma margem mínima pelos seus vendedores, que focam suas estratégias de vendas no volume para atingir um faturamento mais rentável.

O curto espaço de tempo para mudança também é outro ponto a ser levantado, pois será necessário o recalcular e precificar seus anúncios, para que não sofram com possíveis prejuízos por conta do acréscimo.

 

O que fazer?

Aumentar o Ticket Médio de seus produtos pode ser uma solução para evitar a cobrança dos 5 reais, sendo assim procure aumentar o seu mix, com produtos de maior valor agregado, com preços mais expressivos e evite possíveis acréscimos.

Outra saída pode ser a criação de kits, onde a soma de seus produtos com valores menores chegue a R$120,00. Essa pode ser uma solução bem viável pois o Mercado Livre entende que um Kit, embora obtenha diversos produtos dentro de um único anúncio, ele sempre acabará sendo considerado como uma única unidade. 

A solução eminente para seu negócio

Como qualquer empresa privada e de capital aberto como é o caso do Mercado Livre, se faz necessário gerar lucro para seus investidores mantendo o negócio sempre rentável.Sendo assim, para empreendedores onde essas condições não são vantajosas, procurar sua identidade própria é a solução.

Busque a identidade do seu negócio, a maneira mais prática e segura de se fazer isso é criando a sua própria loja virtual.

Procure primeiramente escolher uma plataforma de e-commerce confiável e que atenda a sua real necessidade.
A escolha da plataforma para loja virtual é fundamental para garantir o sucesso de um empreendimento na internet e deve ser realizada a partir da análise de diversos critérios.

Empresas de logística, permitindo rastreamento de mercadorias

Ferramentas de marketing, como o Google Shopping, chat online entre outros

Softwares de automação, para o disparo automático de e-mail marketing etc

Ferramentas como CRM e ERP, que ajudam na gestão de relacionamento com o cliente e também na gestão

Financeira e operacional

Meios de pagamento

Integração com os Marketplaces (Amazon, Cnova, Mercado Livre…)


Apesar de todos os critérios apresentados, é importante que o lojista considere a sua real necessidade e aonde se quer chegar, para encontrar a plataforma ideal para seu negócio.

Você concorda com o aumento na taxa de vendas para anúncios Clássicos e Premium em compras abaixo de R$120 no Mercado Livre? Compartilhe suas opiniões nos comentários abaixo em nossa Escola de E-commerce.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário