Conheça 6 maneiras de reduzir a taxa de reembolso no e-commerce
Passo a passo: aprenda agora como criar um clube de assinaturas

Nova greve dos caminhoneiros deve começar nos próximos dias

Publicado em: • Última Atualização:

Nova greve dos caminhoneiros está prestes a acontecer em nível nacional neste dia 29 de abril.

Os caminhoneiros se articulam para uma paralisação em nível nacional, que acontecerá a partir da meia-noite do dia 29 de abril, segundo Wanderlei Alves, também conhecido como Dedéco – um dos representantes da categoria -.

O caminhoneiro afirmou: “a maioria dos grupos de caminhoneiros já decidiu pelo dia 29 de abril, tem uns ou outros que acham que é pouco tempo, que devemos esperar ainda, mas a maioria concorda sobre o dia 29 porque chegamos num ponto que não tem mais condições de trabalhar”.

Além disso, complementou: “isso não foi uma decisão só minha, foi decidido em grupo por várias lideranças de caminhoneiros”.

Segundo ele, a greve dos caminhoneiros deve ocorrer de forma similar à do ano anterior, onde com o passar dos dias a quantidade de caminhoneiros aderindo à greve foi aumentando gradativamente até alcançar o Brasil todo.

A paralisação estava programada para o dia 21 de maio, porém devido a um aumento no preço do diesel e a falta de reajuste no preço do frete, fez a tensão aumentar e a paralisação foi antecipada para este dia 29.

A Petrobras efetuou na última quarta-feira o aumento de R$ 0,10/litro de diesel, impactando em uma variação mínima de 4,518% e máxima de 5,147%, nos seus 35 pontos de venda no Brasil.  O aumentou trouxe mais tensão às negociações e a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), emitiu uma nota dizendo:

Nota Oficial da CNTA sobre a Greve dos Caminhoneiros 2019
Nota oficial emitida pela CNTA

 

Segundo Wanderlei,  a grande problemática não está no aumento do preço do diesel em si, mas sim na falta de cumprimento da tabela de frete, pois nem mesmo o piso mínimo está sendo atendido, ou seja, os caminhoneiros estão sofrendo com a falta de fiscalização e amargando prejuízos.

Pois, segundo a própria lei, sempre que ocorrer variação no preço do óleo diesel a nível Brasil, que ultrapasse 10%, seja para mais ou para menos, uma nova norma com pisos mínimos deverá ser publicada pela Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), considerando a variação no preço do combustível.

Muitas coisas podem ocorrer nos próximos dias, mas se nenhuma medida for tomada pelo governo e demais órgãos envolvidos, uma nova greve dos caminheiros pode impactar a economia do país.

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Nova greve dos caminhoneiros deve começar nos próximos dias
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *