Tudo sobre Nota Fiscal para loja virtual 

Quando o assunto é nota fiscal para e-commerce, sempre surgem algumas dúvidas.  O primeiro ponto a ser lembrado é que a obrigatoriedade […]

Quando o assunto é nota fiscal para e-commerce, sempre surgem algumas dúvidas. 

O primeiro ponto a ser lembrado é que a obrigatoriedade da emissão de notas fiscais depende dos marketplaces e suas regras e também do Estado onde se localiza o negócio. 

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento de existência apenas digital emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços.

Vale lembrar que além de muitas transportadoras exigirem a emissão das notas fiscais para fazerem o transporte dos produtos, é também um fator determinante para a empresa estar em dia com o Fisco. 

Confira as informações importantes que separamos para vocês saber mais sobre nota fiscal no e-commerce: 

Quais são os tipos de notas fiscais?

Emitir notas fiscais é uma prática obrigatória em qualquer empresa que comercializa produtos e serviços. Os tipos de notas fiscais vão variar de acordo com o que o seu negócio faz e o que ele vende. Conheça um pouco sobre os diferentes tipos:

NF-e: Nota fiscal Eletrônica

Empresas que comercializam produtos e serviços. Utilizadas sempre que houver transações comerciais entre seus produtos e serviços. 

NFS-e: Nota Fiscal de Serviços Eletrônicos

Empresas que prestam operações de serviços, utilizam essa nota para cobrança por um serviço prestado. 

NFC-e: Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor

Utilizada em operações comerciais de venda presencial ou venda para entrega em domicílio ao consumidor final em operação interna e sem geração de crédito de ICMS ao comprador. 

Vantagens ao emitir NF-e

Quando os negócios emitem notas fiscais, fica mais fácil de controlar o setor fiscal do e-commerce. A maioria dos marketplaces também exigem a emissão de notas fiscais pelo lojista, o que faz com que os vendedores se organizem e façam este processo de forma segura e correta. 

É importante a utilização de um ERP que já faça a emissão de notas fiscais de forma integrada. Quando ocorre essa integração, a emissão de notas torna-se um serviço simples, mas que faz o empreendedor ficar tranquilo quanto aos impostos e Receita Federal. 

Outros benefícios: 

  • Importante emitir para um controle fiscal da empresa e também o compartilhamento de informações com o Fisco diminui assim a sonegação fiscal; 
  • Para o cliente a NF-e do produto ou serviço também apresenta alguns benefícios como a eliminação de digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias, 
  • Padronização dos processos que envolvem o comércio e o cliente; 
  • Economia gerada por arquivos totalmente digitais, diminuindo a demanda de armazenamento físico de documentos, 
  • Melhora na gestão do capital de giro, já que a empresa estando em dia com a Receita Federal, evita multas legais. 

As NF-e podem ser lançadas por qualquer modalidade de negócio, desde os MEIs até as grandes empresas, a emissão pode ser feita pelo ERP, que já integra todas as informações da empresa ou também pela plataforma do SEFAZ. 

Impostos que incidem sobre a NF-e:

  • Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ)
  • Contribuição para Financiamento de Seguridade Social (COFINS)
  • Programa de Integração Social (PIS)
  • Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL)
  • Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS)
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)
  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)
  • Contribuição Previdenciária Patronal (CPP)

Como fazer a emissão de NF-e através do ERP?

Com a digitalização das Notas Fiscais, o processo ficou muito mais rápido e prático do que o formato de cupom fiscal que era todo feito de forma manual. 

Para emitir NF-e basta ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), para que possa expedir nota fiscal quando for vender no e-commerce. 

Após isso, é preciso fazer um cadastro da sua empresa na SEFAZ do seu estado — tendo em mãos o Certificado Digital, e instalar o software correspondente à emissão de nota. 

Organização e integração

A tecnologia através de ferramentas de gestão surgem para auxiliar o dia a dia do empreendedor e também facilitar os processos burocráticos. 

A emissão de notas fiscais fica muito mais facilitada quando o e-commerce está integrado ao ERP, tornando o trabalho descomplicado e mais eficiente. 

Emitir notas fiscais é um processo importante e que deve ter a atenção do lojista. Quando a organização interna do negócio melhora, todo o processo fica otimizado. As notas ficam arquivadas no sistema, diminuindo erros de digitações e processos manuais. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário