Conheça 6 mulheres no e-commerce com histórias inspiradoras!

A sociedade moderna foi moldada com a equivocada ideia de que o mundo dos negócios era lugar para homens, enquanto suas esposas […]

A sociedade moderna foi moldada com a equivocada ideia de que o mundo dos negócios era lugar para homens, enquanto suas esposas tinham que cuidar dos afazeres domésticos. Felizmente esse cenário mudou e podemos acompanhar o crescimento do número de mulheres no e-commerce, na gestão de negócios e empresas e em outros segmentos.

Existem inúmeras histórias de sucesso de mulheres no empreendedorismo e no mundo empresarial. Elas são bons exemplos de como a sociedade pode oferecer melhores oportunidades a todos e como outras pessoas podem se espelhar nesses casos para criar a sua própria trajetória.

Neste post vamos mostrar 6 mulheres no e-commerce com histórias inspiradoras. Confira!

1. Ana Lúcia Fontes

Existem muitas pessoas que trabalham anos em um lugar, mas sentem que podem contribuir muito mais em outro tipo de negócio e até empreender. Foi exatamente o que passou pela cabeça de Ana Lúcia Fontes. Ela trabalhou durante 17 anos como executiva de uma grande empresa, mas se demitiu de um cargo estável para buscar algo que a fizesse mais feliz.

Foi então que, durante o “10.000 Mulheres”, um curso de capacitação para mulheres empreendedoras, Ana percebeu que não era a única com dificuldades para entrar no mundo do empreendedorismo. Pensando em resolver esse cenário, ela criou um espaço virtual chamado Rede Mulher Empreendedora, em 2010.

A plataforma tem como principal objetivo proporcionar informações, dicas, notícias e ampliar a discussão sobre os melhores caminhos para desenvolver o empreendedorismo feminino. O espaço virtual apoia mulheres empreendedoras em todo o Brasil e já ultrapassou a marca de 36 mil cadastros no site.

2. Zica Assis

No mundo do empreendedorismo, é fundamental encontrar um diferencial para atrair a atenção de novos consumidores e clientes. Muitas vezes esse produto ou negócio pode ser encontrado em alguma dificuldade. Heloísa Helena Assis, mais conhecida como Zica, estava muito insatisfeita com os produtos que encontrava no mercado para seus fios de cabelo cacheados.

Então, a carioca, que trabalhou como babá, faxineira e nunca fugiu da luta diária para se sustentar, montou o seu próprio negócio. Em 1993, ela fundou o Instituto Beleza Natural, salão que tem como foco cuidar de cabelos crespos e ondulados por meio de produtos fabricados na própria empresa.

Na época, a notícia se espalhou rapidamente e atraiu a atenção de centenas de mulheres que também sentiam a mesma dificuldade. Atualmente, o negócio conta com mais de 40 pontos espalhados em vários estados brasileiros. Com isso, Zica Assis foi incluída na lista das 10 empresárias mais poderosas do Brasil, de acordo com a revista Forbes.

3. Mary Kay Ash

Apesar da sociedade ter sido moldada no passado com a equivocada ideia de que o empreendedorismo é um negócio para homens, muitas mulheres já lutavam contra esse cenário há décadas. É o caso da norte-americana Mary Kay Ash, fundadora da famosa e bem-sucedida empresa de cosméticos que leva o seu nome.

Nascida em 1918, casou-se aos 17 anos e teve 3 filhos logo em seguida. Dedicou 25 anos de sua vida trabalhando na empresa Stanley Home Products, e ao ver um homem muito menos experiente e qualificado do que ela ser promovido em seu lugar, decidiu deixar a companhia.

Escreveu um livro para ajudar mulheres a empreender e percebeu que havia construído um ótimo plano de negócios. Então, em 1963, juntou todo o seu dinheiro — cerca de 5 mil dólares — e iniciou um negócio no ramo de cosméticos. Atualmente, a multinacional Mary Kay está presente em mais de 35 países e atinge mais de 2 milhões de pessoas.

4. Rihanna

Muitas celebridades também investem no e-commerce e conseguem construir impérios e negócios que inspiram outras mulheres. É o caso da Rihanna, uma das cantoras mais famosas e bem-sucedidas do mundo. Além do sucesso nos palcos, ela criou uma marca de maquiagens chamada Fenty Beauty, que tem a diversidade como foco.

Recentemente, a empreendedora anunciou que vai investir em um novo negócio voltado para a venda de roupas de luxo. De acordo com Rihanna, a Savage X Fenty é voltada para todos os tipos de mulheres e corpos. A marca vai ser lançada no mercado em parceria com o grupo LVMH, responsável pela Louis Vuitton e Dior, duas das mais conhecidas no mundo.

5. Kylie Jenner

Kylie Jenner construiu um império de cerca de 900 milhões de dólares em apenas 3 anos, segundo a revista Forbes, sendo considerada a bilionária mais jovem da história dos Estados Unidos. A empresária — e também muito conhecida nas redes sociais, com mais de 148 milhões de seguidores no Instagram — investiu no ramo de cosméticos e maquiagens e é um exemplo de sucesso.

Dona de 100% da Kylie Cosmetics, a empresária utilizou de sua influência nas redes sociais para alavancar as vendas de seus negócios, tornando-se um grande case a ser analisado de como utilizar o mundo digital a seu favor. Com um e-commerce muito bem desenvolvido, Kylie Jenner é uma inspiração para mulheres que querem empreender.

 

Aprenda mais com o quadro Escola Responde:

 

6. Luiza Helena Trajano

Você já ouviu falar da Magazine Luiza? Uma das redes de lojas mais famosas do Brasil foi fundada pela empresária Luiza Helena Trajano. Vinda de uma família de comerciantes, ela começou a trabalhar bem cedo, ajudando no comércio aos 12 anos para juntar dinheiro e comprar presentes de Natal para familiares e amigos.

Com o passar do tempo, foi adquirindo gosto pela área comercial e começou a dar seus primeiros passos no mundo do empreendedorismo. Teve a ousadia de mudar o nome e as estratégias do negócio de uma rede de lojas do interior de São Paulo administrada por sua família e construiu um império de grande destaque no mercado de varejo.

Empreender em um mundo que toma esse tipo de trabalho como algo masculino é muito mais complicado. Felizmente, nos últimos anos o número de mulheres no e-commerce tem aumentado, e isso faz com que elas se destaquem e criem marcas cada vez mais bem-sucedidas. É fundamental conhecer a história de sucesso de mulheres empreendedoras para se espelhar e criar a sua própria trajetória.

Gostou de saber mais sobre a história dessas mulheres empreendedoras de sucesso? Então confira o nosso passo a passo para abrir um negócio online!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário