Empreendedorismo feminino: mulheres lideram 10,1 milhões de negócios brasileiros, aponta Sebrae

Em 2022, o empreendedorismo feminino começa a apresentar uma recuperação após a queda durante a pandemia. Confira os dados completos do estudo realizado pelo Sebrae!

Novo levantamento realizado pelo Sebrae, apresenta dados relevantes para as empreendedoras femininas espalhadas pelo país.

O estudo afirma que o  empreendedorismo feminino no Brasil apresentou alguns sinais de recuperação no final de 2021.

Ou seja, no último trimestre do ano anterior, o número de mulheres à frente de um negócio foi de 10,1 milhões.

Esse resultado é o mesmo registrado no final de 2019, antes da pandemia.

Empreendedorismo Feminino no Digital Com Bruna Ferrari – Aprenda como começar!

Resultado não atingiu o marco anterior

Apesar de positivo, a participação das mulheres como proprietárias de negócios, ainda tem um longo caminho pela frente.

O número alcançado, não foi suficiente para atingir a marca histórica que ocorreu em 2019. Isto é, o valor representa hoje, 34% do total de empreendedores.

Antes da pandemia, elas representavam cerca de 34,8%.

O estudo foi realizado com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnadc).

As mulheres são maioria no setor de serviços

Os dados revelam ainda,  que 50% das proprietárias estão presentes no setor de serviços, enquanto para 21% a participação é no setor de construção. 

Em um comparativo com os proprietários masculinos, eles estão presentes em 35% dos negócios que envolvem o setor de serviços.

Já para o setor de construção, o índice é o mesmo para ambos, ou seja, 21%.

Escolaridade

O Sebrae afirma ainda, que as mulheres empreendedoras têm investido em capacitação.

A escolaridade delas teve um salto nesses últimos dois anos. 

Lembrando que a pesquisa abrange o 4º trimestre de 2019 em um comparativo com o mesmo período de 2021.

Ou seja, as mulheres com pelo menos o nível médio de escolaridade tiveram um aumento e se destacaram em relação aos homens.

Em resumo, no quarto trimestre de 2019, 68% das empreendedoras tinham pelo menos o ensino médio.

Já entre os homens, esse número era de apenas 54%. A variação no período foi de 11 pontos percentuais para as mulheres e 4 pontos para os homens.


Quer começar um empreendimento mas ainda tem dúvidas? Confira o Guia completo para se tornar um empreendedor digital de sucesso!

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário