Destaque do E-commerce: Moda é o setor que mais cresceu nos últimos meses

Pesquisa aponta que o setor de moda segue líder absoluto em vendas no e-commerce do Brasil no entanto, cinco estados vão na […]

Pesquisa aponta que o setor de moda segue líder absoluto em vendas no e-commerce do Brasil no entanto, cinco estados vão na contramão do índice, saiba quais são eles.

Há alguns anos, o setor de moda tem se destacado no Brasil. As tendências que eram apresentadas ao público por meio de televisão ou revistas, certamente, foram atualizadas com o tempo. 

 

Portanto, esses conteúdos estão cada vez mais acessíveis com a popularidade das redes sociais. A maioria das vezes, os influenciadores digitais têm ditado essas novas tendências, principalmente para o público jovem.

Crescimento do setor de moda no e-commerce

Realizada pela Melhor envio Empresa do grupo Locaweb, a pesquisa mostra alguns dados relevantes sobre as compras realizadas de forma online em todo o Brasil durante a pandemia, confira os dados:

Dobro de vendas

Foram registrados cerca de 1,8 milhão de produtos comercializados pelo setor durante o período pesquisado, uma média de 19% do total. Em abril de 2020 as vendas que eram 50 mil passaram para 100 mil, em maio do mesmo ano, ou seja, o número dobrou em  pouquíssimo tempo.

Em crescimento

Em segundo lugar, temos um empate entre os segmentos de Joias e Relógios, seguido de Beleza e cuidados pessoais. O primeiro com um total de 887 mil itens vendidos e o segundo com 870 mil. Como resultado, temos um registro de 9% do total.

A importância do Frete 

Inúmeros fatores podem ter ajudado o consumidor a comprar mais roupas pela internet. Acima de tudo, a diminuição do valor do frete, ou até mesmo a disponibilização do mesmo de forma gratuita, contribuíram muito para o aumento das vendas.

Outros segmentos 

Por outro lado, mesmo predominante, alguns estados brasileiros não tiveram a moda como seu foco. Como mostra a pesquisa, alguns lugares enviaram e receberam outros tipos de itens:

  • Mato Grosso do Sul, por sua vez, enviou mais produtos de Tecnologia;
  • O estado de Santa Catarina, no entanto, vendeu mais artigos de Papelaria e Armarinho; 
  • O Amazonas e Tocantins venderam mais produtos de Entretenimento e Lazer, por exemplo;
  • A Bahia por outro lado, recebeu mais Joias e Relógios no mesmo período;

Em conclusão, podemos perceber, que mesmo tendo exceções não podemos negar que o brasileiro está disposto a comprar e o segmento da moda está mais forte do que nunca e você pode faturar alto usando as estratégias corretas na sua loja de roupas.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário