Mercado Pago, Itaú e Mastercard lançam tecnologia que promete maiores taxas de aprovação das compras online

O Mercado Pago (fintech do Mercado Livre), o Itaú Unibanco e a Mastercard lançaram uma tecnologia que promete tornar as compras offline […]

O Mercado Pago (fintech do Mercado Livre), o Itaú Unibanco e a Mastercard lançaram uma tecnologia que promete tornar as compras offline tão seguras e confiáveis quanto as virtuais.

As três empresas acabaram de anunciar que efetuaram a primeira transação autenticada EMV 3DS (versão 2.1) para compras feitas com cartão de crédito na plataforma do Mercado Livre.

A autenticação é possível em função da integração do Mercado Pago com a Mastercard, que assentiu a utilização do protocolo EMV 2.0, que aumenta – quase equipara – a taxa de aprovação de pagamentos online às offline.

Esse recurso utiliza machine learning para analisar o risco, ponderando vários dados do vendedor e do comprador: IP do computador, endereços, acesso via mobile ou desktop etc.; assim fica mais assertiva e rápida a autenticação da compra.

A integração desse sistema ao Mercado Pago vai oferecer ainda mais segurança às transações online: “vamos oferecer uma experiência inovadora ao aumentar a aprovação das compras de forma tão segura e conveniente quanto um pagamento numa loja física. No débito, a jornada online terá mudanças ainda mais significativas, abrindo espaço para o uso massivo de um tipo de cartão bastante popular. Com esse projeto, damos um passo importante para a democratização do e-commerce e reforçamos nossa posição como a fintech mais completa do mercado” – declara Tulio Oliveira, vice-presidente do Mercado Pago no Brasil.

Quais as vantagens do sistema de autenticação EMV 3DS para os consumidores?

  • maiores taxas de aprovação de compra;
  • transações seguras;
  • melhor UX (user experience ou experiência do usuário, em português) visto que serão necessárias menos senhas e janelas abertas;
  • transações feitas via mobile ou desktop.

Para os comerciantes e instituições financeiras, podemos considerar esses fatores e incluir também:

  • enriquecimento e atualização constante do inventário dos clientes;
  • suporte para autenticação;
  • aumento nas vendas;
  • redução no chargeback e/ou abandono de carrinho;
  • aumento das chances de fidelização de clientes.

Logo esse recurso estará disponível também para cartões de débito.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário