Black Friday 2020: Como preparar sua loja virtual
Mapa de Empatia: Como utilizar no e-commerce para vender mais

Mercado Pago: o que é e como usar no e-commerce

Publicado em: • Última Atualização:

Quem busca saber como montar e ter sucesso com sua loja virtual não pode deixar de considerar as opções de pagamentos. Elas são parte fundamental de qualquer e-commerce e devem contar com flexibilidade e um bom intermediador. Dessa forma, é interessante conhecer o Mercado Pago.

A fim de garantir sucesso, é essencial oferecer aos clientes formas variadas, eficientes e simples de pagar por aquilo que eles desejam. Com a pressa dos dias atuais, qualquer deslize é capaz de levar o consumidor em direção à concorrência.

Entretanto, é importante ressaltar que o Mercado Pago não é a única opção de intermediador de pagamento. Existem outras opções no mercado. Vale a pena avaliar e considerar qual é a melhor para a sua loja virtual.

Dito isso, se você deseja saber de qual maneira o Mercado Pago tende a auxiliar nesse sentido, prossiga com sua leitura!

O que é o Mercado Pago e de que forma usá-lo?

Com a digitalização de produtos e serviços, a necessidade de contar com plataformas que reunissem variedade de pagamentos, simplicidade no uso e confiabilidade se tornou imperativa. Uma delas é o Mercado Pago. Por meio dela, é realizado o intermédio entre o vendedor de um produto e seu cliente.

Além de aceitar diferentes tipos de cartão de crédito ou débito, o serviço do Mercado Pago também trabalha com boletos. Tudo isso se torna ainda mais simples quando é compilado em um link de pagamento capaz de ser facilmente compartilhado em redes sociais ou, até mesmo, diretamente com o comprador. Como consequência, tanto o trabalho do vendedor se torna simplificado, quanto a compra em si.

Qual é a sua relação com o Mercado Livre?

O Mercado Pago é uma criação do Mercado Livre, uma plataforma de venda de itens de toda natureza, em especial, de soluções para o comércio eletrônico. Mesmo que ela tenha sido criada para amparar a empresa argentina de tecnologia, ela ganhou outras proporções e, hoje, funciona de forma independente.

Ou seja, seu e-commerce pode contar com o Mercado Pago como intermediador. Para isso, basta conferir se o serviço se encaixa nas necessidades de seu negócio. É interessante lembrar que, caso a resposta seja negativa, não há nada com o que se preocupar. Como dito anteriormente, existem outras opções disponíveis e que são capazes de suprir suas demandas específicas.

Quais são as principais vantagens e desvantagens?

É preciso conferir o que chama atenção no uso da plataforma e mensurar alguns impactos negativos que ela pode ocasionar no negócio. Dessa forma, conhecer vantagens e desvantagens de seu uso é imprescindível. Conforme visto, os principais pontos positivos do Mercado Pago incluem:

  • confiabilidade;
  • agilidade na realização de pagamentos;
  • segurança;
  • simplicidade no uso;
  • nenhum limite de vendas;

Para alguns, as taxas cobradas também costumam ser interessantes, com a retirada de dinheiro por parte do vendedor no mesmo dia, em 14 dias após o pagamento ou em 30 dias. Mas quais são suas principais desvantagens?

Alguns usuários não são fãs, por sua vez, das taxas cobradas em saques no banco. Além disso, eles reclamam da inexistência de uma ferramenta de criação de loja virtual. Contudo, esses são obstáculos que podem não impactar seu e-commerce. Analise sua situação em específico antes de tomar sua decisão!

De qual forma ele é usado no e-commerce?

É importante conhecer cada uma das opções de uso do Mercado Pago no e-commerce. Assim, será possível conferir quais são as que melhor se adaptam ao seu negócio e garantir que os pagamentos sejam facilmente realizados pelos usuários de seus serviços. A plataforma permite a geração de boletos, cobranças no débito e no crédito. Além disso, oferece os links de pagamento, que serão explicados a seguir.

Geração de links de pagamentos

O link de pagamento é um grande facilitador. Ele permite que os clientes efetuem pagamentos pelas redes sociais ou, até mesmo, durante a live de um artista, por exemplo. Para isso, não é necessário que o consumidor tenha uma conta no Mercado Pago, o que torna o processo ainda mais ágil e interessante. Basta clicar no link e seguir a navegação intuitiva oferecida.

Boletos

Aqueles que desejam efetuar compras por boletos também são capazes de contar com o serviço. A forma de recebimento desse dinheiro é acordada diretamente entre o vendedor e a plataforma, que oferece diferentes opções e taxas que contemplam a muitos. Por meio dela, o saldo é recebido pelo vendedor em 3 dias após aprovação, sob o pagamento de R$ 3,49.

Marketplaces

Se sua loja virtual fizer parte de um marketplace, também será possível contar com o intermediador. Seja por cartão de crédito, seja por débito ou boleto, você terá acesso as mesmas opções citadas. Assim, tomará decisões individuais para seu negócio — desde que os acordos com o marketplace sejam respeitados.

Lojas virtuais próprias

E se você for dono de seu próprio e-commerce, já sabe poderá aproveitar as vantagens do Mercado Pago. De forma geral, ele tende a satisfazer seus usuários tanto na hora de vender quanto de pagar. É importante se atentar às taxas e formas de recebimento para evitar surpresas desagradáveis no final.

Em termos de pagamentos realizados por cartão de crédito e dinheiro, há a opções de receber o valor na hora (taxa de 4,99%), em 14 dias (4,49%) ou em 30 dias (3,99%). No caso do débito, o pagamento cai na hora, a uma taxa de 3,99%. Por fim, o boleto tem seu valor recebido em 3 dias. Você paga R$ 3,49 por isso. A escolha dos métodos mais adequados dependem das particularidades das compras e negócios.

Em suma, o Mercado Pago é uma plataforma de pagamento capaz de amparar donos de lojas virtuais. Isso é dito uma vez que eles precisam fazer jus à exigência de consumidores de todos os tipos. É preciso ser flexível no recebimento e oferecer, ao comprador, diferentes formas de pagamento — de forma que você, como vendedor, também seja beneficiado.

O Mercado Pago está diretamente ligado ao Mercado Livre. Isso faz com que muitos iniciantes desejem começar a vender por meio da empresa, o que tende a trazer excelentes resultados. Aqueles que desejam começar a vender devem saber de que forma fazê-lo com sucesso logo na primeira negociação.

Saiba como crescer no Mercado Livre desde o começo e aproveite os benefícios que o acesso à informação certa pode proporcionar ao seu negócio!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Mercado Pago: o que é e como usar no e-commerce
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *