Controle de estoque: como integrar loja física e e-commerce?
Saiba como impulsionar os resultados de marketing para PME

Como escolher as melhores redes sociais para divulgar loja online?

Publicado em: • Última Atualização:

Quando pensamos em ambientes para divulgar loja on-line, as redes sociais são umas das primeiras opções que vêm a nossa mente, certo?

De fato, todo empreendedor que investe em um negócio na internet não pode abrir mão das vantagens das mídias sociais. Entre elas, podemos destacar o relacionamento mais próximo com os consumidores, o ganho de tráfego na loja e, consequentemente, o aumento nas vendas.

Entretanto, não se pode achar que quanto mais perfis estiverem ativos, melhores serão os seus resultados. Afinal, imagine o trabalho que você teria para administrar páginas em diversas plataformas? Isso porque ainda nem começamos a considerar as particularidades de cada mídia social.

Para facilitar um pouco a sua vida, preparamos uma lista com 6 critérios para serem analisados antes da escolha de quais as melhores redes sociais para promover sua loja virtual. Acompanhe!

1. Avalie o perfil do público de cada rede social

Quanto você monta o seu plano de negócios, um dos tópicos mais importantes é a definição do público-alvo, não é verdade? Portanto, se você tem um nicho bem definido, deve buscar as redes sociais que reúnem os usuários com maior potencial de compra dos seus produtos.

Você pode fazer isso com uma rápida pesquisa com os seus clientes ou com pessoas que se encaixem no seu perfil de público-alvo. A ideia é descobrir quais redes sociais os seus potenciais consumidores mais utilizam no dia a dia. Realizar esse tipo de pesquisa surtirá mais efeito do que se basear apenas em estimativas ou pesquisas sobre o público predominante de cada rede social.

Você pode até ler que o Snapchat é mais popular entre os jovens, que o Pinterest atrai mais mulheres e que o LinkedIn reúne o público empresarial, mas isso não significa que outros perfis não estejam presentes nessas plataformas e dispostos a se relacionar com a sua loja.

2. Verifique as características e os tipos de conteúdo das plataformas

As funcionalidades de cada rede social também integram um fator que merece ser bem analisado. Afinal, existem plataformas que limitam os caracteres por post, que aceitam apenas conteúdos audiovisuais e outras em que conteúdos informais não fazem tanto sucesso.

Por exemplo, se você vende produtos com um apelo visual bacana, como itens de vestuário, o Instagram e o Pinterest se tornam canais indispensáveis, uma vez que ambas são redes que privilegiam o compartilhamento de fotos e imagens. Elas podem servir como uma espécie de vitrine para a sua loja.

Agora, se você gosta de produzir vídeos falando sobre dicas e tendências em sua área, o Facebook e o YouTube também devem ser utilizados. O engajamento do público com vídeos nessas plataformas é enorme.

Em relação às outras redes sociais, podemos destacar os seguintes pontos:

  • Twitter: posts limitados a 140 caracteres e exibidos ao público por ordem cronológica. Também tem a vantagem do uso das hashtags para filtrar a busca por conteúdos;
  • Snapchat: fotos e gravações que se autodestroem após um tempo predeterminado. Essa função é boa para interagir em tempo real com o público ou enviar promoções relâmpago;
  • LinkedIn: conteúdos mais relevantes, sérios e com maior foco em tendências do mercado. Possibilidade de publicar artigos mais completos pelo LinkedIn Pulse.
  • Google +: indexação mais rápida nos resultados de busca do Google e ativo importante para o SEO do seu site.

3. Observe a possibilidade de investir em anúncios

Atualmente, as principais redes sociais possuem suas próprias plataformas de anúncio. As mais conhecidas são o Facebook Ads (que também permite a veiculação de posts patrocinados no Instagram), o YouTube Ads, o Twitter Ads e o LinkedIn Ads.

O que você deve ficar de olho aqui, é na necessidade de usar os anúncios para promover alguma oferta e no preço que cada plataforma irá cobrar. Os anúncios serão mais úteis em redes em que você pode explorar mais o seu mercado e que o retorno com os posts orgânicos não está sendo satisfatório.

Por exemplo, se os posts do perfil da sua loja no Facebook não estão gerando um alcance orgânico satisfatório, é sinal de que você precisa investir em publicações patrocinadas para impulsionar os resultados de determinadas campanhas.

Além disso, há de considerar os filtros de segmentação que cada ferramenta oferece. A do Facebook é uma das mais completas nesse quesito. Por ela você pode direcionar os anúncios pelos interesses e comportamentos de compra e cruzar com os dados demográficos dos usuários.

4. Confira se há integrações com outras ferramentas

As redes sociais mais abertas para integrações são as opções mais interessantes para a sua loja. Por exemplo, se você tiver um blog, será bastante útil a possibilidade de inserir um vídeo do seu canal do YouTube diretamente no corpo de um post, correto?

Esse é um tipo simples de integração que, inclusive, o YouTube permite. Mas cabe ressaltar que outras integrações são necessárias até para tirar mais proveito do uso das redes sociais.

Alguns exemplos são:

  • integração com ferramentas de gestão de redes sociais: sabe aqueles serviços que você pode programar posts e gerar relatórios de análise de todos os seus perfis em um único painel? Então, eles costumam quebrar um galho enorme. Entretanto, não são todas as mídias sociais que permitem essa integração. As mais abertas, nesse caso, são o Facebook, Twitter e Instagram.
  • integração com ferramentas de Web Analytics: as redes sociais devem ajudar plataformas como o Google Analytics a identificar as diferentes origens do tráfego e das conversões em sua loja;
  • integração com outras redes sociais: o compartilhamento direto de posts entre diferentes mídias sociais é fundamental para aumentar o alcance e o engajamento de um conteúdo.

5. Analise a presença dos concorrentes nessas redes

As redes sociais em que a concorrência está menos ativa são os melhores espaços para você promover os produtos e os conteúdos da sua loja. Mas isso não quer dizer que as mídias em que os concorrentes estão presentes devem ser descartadas. Pelo contrário, elas representam uma boa oportunidade para analisar o trabalho que está sendo feito por eles.

Essa avaliação deve levantar os seus pontos fortes e, principalmente, os pontos fracos. Aliás, as fraquezas devem ser aproveitadas para que seja possível o fortalecimento a partir delas.

Por exemplo, se as lojas que mais competem com você focam muito em divulgação de produtos e promoções, mas os seus seguidores não estão gerando retorno em engajamento, é sinal de que há uma oportunidade a ser aproveitada. A falha deles seria em não trabalhar com conteúdos educativos, de entretenimento e voltados para a criação de diálogos com o público.

6. Teste e selecione as melhores opções

Se você ainda estiver um pouco indeciso em relação às redes sociais que servirão para divulgar sua loja, qualifique sua decisão na prática. Após utilizar as dicas anteriores para filtrar as opções mais viáveis, comece a usá-las para definir as mais rentáveis para o seu negócio.

Aqui, vale considerar o tempo que você gasta para administrar seus perfis nessas plataformas, o investimento inicial feito e, principalmente, o retorno gerado (tanto em engajamento quanto em conversões).

Com o tempo, você perceberá que quantidade não tem nada a ver com qualidade. Com isso, vai começar a dar preferência às redes em que consegue dar conta de se relacionar melhor com o público, produzir um material relevante e retirar insights que ajudarão a aprimorar o seu negócio.

As mídias sociais mais indicadas para a sua loja são aquelas que reunirem um público com mais potencial de consumo e funcionalidades que favoreçam a divulgação dos seus conteúdos e produtos.

Então, se você quiser conhecer mais dicas sobre como divulgar sua loja on-line, conheça e siga nossas páginas no Facebook, Twitter e LinkedIn.

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Como escolher as melhores redes sociais para divulgar loja online?
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.