Entenda como criar uma proposta de valor única para sua loja virtual
O que é uma loja virtual opencode e quais são suas vantagens?

Confira quais são os 4 melhores canais de venda online

Publicado em: • Última Atualização:

Para que o seu público encontre os seus produtos ou serviços, é necessário estar presente em canais de venda online adequados. No entanto, este é um grande desafio para muitos empreendedores que não conseguem distinguir quais são os ideais para o seu e-commerce.

O sucesso das vendas depende da escolha certa das plataformas, afinal, será por meio delas que o cliente estabelecerá uma relação com a marca. Nesse caso, deve-se pensar em alguns fatores básicos para selecioná-las de maneira precisa.

Neste artigo, mostraremos todas essas informações, além de algumas opções de canais para serem avaliados por você. Acompanhe até o final e fature mais!

Saiba o que são canais de venda online

Basicamente, são os meios em que as pessoas tomam conhecimento do seu negócio na internet. Deste modo, as empresas levam os seus produtos para o público-alvo até que comprem e, por consequência, se tornem clientes.

Escolha os canais de venda online adequados

Existem inúmeros canais de venda disponíveis para expandir seus ganhos o máximo possível. No entanto, estar presente em todos eles não é sinônimo de vendas. É necessário ter um planejamento estratégico.

É preciso testar e filtrar os que funcionam melhor com o seu tipo de e-commerce. Por isso, avalie de perto com a sua equipe os que possuem maiores impactos no fechamento de negociações.

Em linhas gerais, para escolher o que o canal mais apropriado para você, considere dois fatores essenciais:

  • Público-alvo: sua persona deve estar presente no meio, para que assim seja possível comunicar-se e vender para os consumidores certos. Ao contrário disto, o seu número de conversões será muito baixo ou nenhum;
  • Produtos ou serviços comercializados: cada segmento precisa de um canal que se encaixe perfeitamente com o que é vendido. No marketplace, por exemplo, existem diversas lojas com diversos nichos diferentes para anunciar. Procure canais que façam sentido com seu nicho.

Conheça os 4 melhores canais de venda online e como usá-los

Entendeu a importância de escolher os canais de venda online mais oportunos? Agora é o momento de colocar em prática o que você aprendeu e analisar as alternativas detalhadamente. Confira na sequência!

1. Marketplaces

Os marketplaces estão crescendo cada vez mais, eles funcionam como um shopping que reúne várias marcas diferentes em um único lugar. Por seu formato, conta com vários itens e atrai públicos diversos, o que oferece um grande alcance, pois são vistos por um número muito maior de pessoas.

É ideal para estabelecimentos ainda pequenos, que queiram ganhar visibilidade e escalar o negócio com um investimento relativamente baixo, bem como pela maior facilidade de encontrar um potencial comprador. Além dessas vantagens, costuma ser bastante rentável.

Nesse espaço, os anunciantes são cobrados por comissão, que varia conforme a visibilidade que a empresa deseja ter. Com relação às burocracias, como o pagamento, são de responsabilidade do site em que os produtos são anunciados. No entanto, a entrega e garantia são deveres de quem os vendem.

Por haver muitos vendedores de uma mesma mercadoria em um só meio, é preciso ficar atento à concorrência. Uma forma de se diferenciar é aumentando a reputação da marca mediante o feedback dos clientes. Assim, incentive a avaliação no pós-venda.

Alguns exemplos de marketplaces são: Amazon, Mercado Livre, Magazine Luiza, Americanas, entre outros. Aproveite todas elas para alavancar suas vendas de acordo com o que você vende.

2. Google Shopping

O Google Shopping funciona como uma vitrine na qual cada produto tem suas informações, como nome, preço, loja e imagens. Eles aparecem em formato de carrossel em destaque nos resultados de busca do Google e conseguem direcionar os clientes para dentro do e-commerce, o que melhora a taxa de conversão.

Apesar de ser parecido com o Google Ads, não é o mesmo recurso. Nesse caso, é ainda melhor! Em vez de anunciar apenas um texto, Google Shopping exibe foto e valor da mercadoria.

Para estar presente nesse canal, é necessário ter uma loja virtual ou formatar suas informações sobre cada item vendido para enviar ao Google por meio de um cadastro no Google Merchant Center.

3. Redes sociais

Não é nenhuma novidade que uma marca precisa se posicionar nas redes sociais, mas é preciso aproveitar o grande número de usuários presentes nela para aumentar as negociações e melhorar seus resultados.

Esses canais evoluíram tanto para acompanhar o novo consumidor, que já é possível comprar dentro deles. No Facebook, por exemplo, além das páginas feitas para divulgação, ainda há o marketplace. Já no Instagram, é possível adicionar os valores de cada mercadoria na própria foto e direcioná-los para o site de vendas.

4. Programas de afiliados

Com um sistema diferente dos demais, o programa de afiliados consiste em uma venda mediante a publicidade feita por outras pessoas, que divulgam em seus blogs, redes sociais e outros meios. Por isso, é indicado para empreendedores que vendem principalmente produtos digitais, como os infoprodutos.

As plataformas, como Hotmart, Eduzz e Monetizze, intermediam a negociação entre produtores e afiliados em um esquema simples, pois disponibilizam os itens, geram os links para divulgação e fazem o depósito das devidas porcentagens sobre cada venda realizada.

Assim sendo, há vantagens para os dois lados: a empresa, que consegue alavancar seu faturamento com um alcance maior para um público mais amplo; e os vendedores, que trabalham sem sair de casa.

Entenda a importância de buscar por novos canais de vendas

Para aumentar o faturamento do negócio, é preciso sempre procurar se atualizar e estar presente em mais canais de vendas, seguindo a lógica de adequação. Isso é essencial para atender o novo consumidor 4.0.

Iniciativas como o marketplace, por exemplo, ajudam a engajar esses usuários e converter mais transações, pois nesse meio existem opiniões de quem já adquiriu seus produtos e serviços — justamente o que o novo comprador leva em consideração para efetivar uma compra.

De fato, existem muitas oportunidades e aproveitar os canais de venda online mais adequados para a sua empresa permite um alcance maior. A geração de bons resultados são provenientes de várias fontes simultâneas. Logo, a combinação dessas plataformas é uma estratégia interessante para alavancar o seu negócio. Por isso, não perca mais tempo.

Você utiliza algum desses meios para vender ou tem sugestões de outros? Compartilhe nos comentários!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Confira quais são os 4 melhores canais de venda online
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *