Conheça as diferenças entre lucratividade e rentabilidade e saiba como calcular

Você sabe bem quais são as diferenças entre lucratividade e rentabilidade? Esses termos financeiros são semelhantes, o que acaba confundindo muitos empreendedores. […]

Você sabe bem quais são as diferenças entre lucratividade e rentabilidade? Esses termos financeiros são semelhantes, o que acaba confundindo muitos empreendedores. Porém, entender a diferença entre eles é crucial — sobretudo se você quer ter um negócio financeiramente saudável.

Então, se você quer empreender abrindo o próprio negócio e começar com o pé direito, continue lendo este post. Entenda de uma vez por todas as diferenças entre lucratividade e rentabilidade, e aprenda como calcular.

Quais são as diferenças entre lucratividade e rentabilidade?

Antes de mais nada, vamos às definições. Lucratividade é o quanto de lucro líquido é ganho em comparação à receita total. Ou seja, seu objetivo é indicar o quanto a empresa ganha em relação às vendas. Lembrando que o lucro líquido é o quanto a organização faturou subtraindo os custos da operação.

Já a rentabilidade é a média de retorno financeiro de um investimento, podendo esse ser uma empresa, uma ação ou um título de renda fixa. Então, enquanto lucratividade compara lucro líquido e receita, a rentabilidade contextualiza o lucro dentro do valor investido na empresa, de modo a avaliar se ela vale a pena.

Como calcular lucratividade e rentabilidade na prática?

Vamos conferir como é feito o cálculo em exemplos práticos para que essa diferença fique ainda mais clara. A fórmula da lucratividade é simples: lucro líquido / receita total x 100. Então, imagine que uma empresa tem R$ 1.000,00 de lucro e R$ 10.000,00 em vendas. Nesse caso, a lucratividade é de 10%. Isso significa que para cada real que a empresa fatura, 10 centavos resultam em lucro.

A fórmula da rentabilidade é semelhante, o que pode contribuir para a confusão: lucro líquido / investimento no negócio x 100. Então, se uma pessoa tem R$ 100.000,00 para investir em uma empresa que tem lucro de R$ 5.000,00, a rentabilidade é 5%.

Quando usar lucratividade e rentabilidade?

Na prática, uma empresa pode ser lucrativa sem ser rentável e vice-versa. Portanto, o ideal é que os indicadores sejam avaliados de forma conjunta. Basicamente, a lucratividade aborda os ganhos da empresa, Ela indica o quanto a empresa gerou de lucro em determinado período. Um negócio é eficiente quando apresenta lucratividade alta, pois é capaz de se pagar e ainda gerar lucro.

o principal objetivo da rentabilidade é comparar um investimento com outras possibilidades. Por exemplo, uma rentabilidade de 5% ao ano pode ser menor do que muitos investimentos em renda fixa. Para um pequeno negócio, não vale muito a pena.

Uma empresa pode apresentar uma lucratividade de 25%, por exemplo. Esse é um ótimo valor, especialmente para os pequenos negócios. Porém, se o valor investido for muito grande, a rentabilidade é pequena, o que significa que é provável que existam formas mais inteligentes e eficientes de investir o dinheiro.

É por isso que é tão importante acompanhar ambos os indicadores. Assim, você garante que não fica muito focado em uma única métrica, que pode indicar que seu negócio caminha muito bem, quando esse não é necessariamente o caso. É preciso visualizar todas as perspectivas possíveis, de modo a ter uma visão geral da saúde financeira da organização. Por isso, o aspecto financeiro é um dos mais importantes em qualquer planejamento.

Gostou do post? Então, assine a newsletter para não perder nenhum conteúdo e ter ainda mais sucesso ao montar o próprio negócio!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário