Loja virtual para iniciantes: 6 dicas para ter sucesso!

Sem dúvida, o comércio eletrônico é uma ótima alternativa para quem busca por uma nova fonte de renda. Diversos empreendedores já se renderam […]

Sem dúvida, o comércio eletrônico é uma ótima alternativa para quem busca por uma nova fonte de renda. Diversos empreendedores já se renderam aos benefícios de vender seus produtos pela internet. A possibilidade de conquistar um público diversificado, a garantia de pagamento seguro, a praticidade e a rapidez nas negociações são algumas das razões pelas quais muitos optam pelo e-commerce.

No entanto, se você está iniciando o seu negócio e deseja se planejar adequadamente para garantir sucesso com essa empreitada, é preciso estar atento a alguns aspectos antes de abrir a sua loja virtual.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para os iniciantes que podem ajudar na abertura da loja virtual. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

1. Crie um plano de negócios

Antes de mais nada, com um bom planejamento estratégico, é possível estruturar melhor as suas ações a curto e longo prazo, compreendendo cada etapa do seu negócio, desde a criação da ideia a abertura da loja e envio dos pedidos aos clientes.

Em geral, o plano deve incluir uma boa análise do mercado e da concorrência, estratégia de vendas, logística, critérios de precificação e de divulgação, bem como as questões técnicas envolvidas nesse processo. Coloque tudo no papel de modo claro e preciso antes de qualquer coisa.

Outro aspecto importante é a escolha do produto. É necessário que seja realizada com base na análise de mercado, já que o ideal é investir em um segmento que ainda não é atendido amplamente. Do contrário, você terá uma grande concorrência, o que será um desafio para sua evolução.

2. Defina o nicho de atuação de mercado

Para quem está iniciando sua empresa agora, definir o nicho deve ser um dos primeiros passos da sua estratégia. Como você precisa ser certeiro nos seus investimentos, o nicho de mercado pode te render os primeiros clientes e ajudar sua loja a se destacar rapidamente.

Definir um nicho de atuação garante que todos os recursos investidos, inclusive tempo, dinheiro e mão de obra, transformem-se em reconhecimento do público e sejam refletidos em vendas e receita para o seu negócio.

Na prática, você não precisa necessariamente atuar apenas em um nicho, mas é importante saber o que e para quem você planeja vender, sobretudo devido à alta competitividade do mercado.

Além de definir o nicho de atuação, é essencial conhecer o comportamento dos consumidores do segmento escolhido, com o objetivo de atrair e fidelizar o cliente.

3. Encontre fornecedores de qualidade

Buscar fornecedores de qualidade também é um ponto fundamental. Afinal, não adianta ter uma loja bem estruturada e um ótimo nicho de atuação, se o seu produto não estiver atendendo às expectativas do público.

Os fornecedores influenciam diretamente os resultados do seu negócio, pois abrangem critérios como a qualidade dos produtos vendidos, os valores e o tempo para reposição de estoque.

Com isso em mente, faça parcerias apenas com profissionais indicados, que apresentem boa reputação no mercado, capacidade de fornecimento, confiabilidade e um bom alinhamento com a sua empresa.

4. Planeje a divulgação da loja online

Toda e qualquer loja virtual precisa de uma boa estratégia de marketing. Afinal, os mecanismos de divulgação permitem que os negócios alcancem um posicionamento melhor em pesquisas orgânicas, o que garante que a marca seja mais reconhecida no mercado e, consequentemente, tenha sucesso com as vendas.

Uma alternativa eficaz para suas ações é utilizar as redes sociais a seu favor. O Facebook, o Instagram e o WhatsApp são excelentes ferramentas para atrair mais clientes, divulgar suas campanhas e fidelizar os clientes. Além disso, você também pode criar conteúdos para blog, investir em anúncios do Facebook Ads e utilizar e-mail marketing.

Lembre-se de caprichar nas fotos do catálogo e de manter uma frequência de publicações. Com a alta competitividade do mercado, a visibilidade do seu negócio é um fator primordial para obter sucesso.

5. Tenha um sistema ERP

Gerenciar um e-commerce pode não ser tão fácil, porém, ter boas ferramentas que possibilitem a organização da empresa de forma fácil e rápida, integrando todas as informações, pode ajudar a fazer o controle do seu negócio com eficácia.

Nesse caso, o software de gestão, ou o famoso ERP (Enterprise Resource Planning), pode auxiliar o gestor do negócio a aperfeiçoar os processos internos, centralizando todas as informações em uma única plataforma. Com ele, é possível ter controle do estoque da loja, gerar notas fiscais eletrônicas, organizar os pedidos dos clientes, criar relatórios contábeis, monitorar as vendas, entre outras funções.

Ou seja, você pode centralizar todas as informações do e-commerce em uma única plataforma. Assim, todos os dados fluem com mais rapidez, sendo facilmente acessado quando necessário e em qualquer lugar.

6. Escolha uma plataforma de e-commerce de qualidade

A escolha da plataforma de e-commerce é uma das principais decisões a serem tomadas. Isso porque ela será a base da sua loja virtual. Por isso, ela deve ser realizada baseada em uma pesquisa aprofundada que leve em consideração não só o preço, como também os recursos que serão oferecidos e o suporte oferecido em caso de problema. Quanto mais completa for, mais otimizado será o trabalho dos colaboradores.

É necessário levar em consideração as necessidades e preferências do seu negócio na hora de escolher a plataforma. A ferramenta deve oferecer estabilidade, ser de simples navegação, intuitiva e robusta, assim como ter o layout básico, para que seus clientes encontrem o que procuram de forma prática e rápida.

Lembre-se também de oferecer diversas formas de pagamento, com opções de bandeiras de cartão de crédito, pagamento à vista, no débito, ou boleto. Tudo isso será determinante no sucesso das suas vendas!

Como você pôde ver, a criação da loja virtual para iniciantes requer planejamento, dedicação e certo conhecimento tecnológico para evitar possíveis problemas. Afinal, sem uma boa estruturação da sua página, provavelmente o seu negócio não apresentará os resultados esperados.

Por isso, não deixe de seguir as nossas dicas, utilizar as estratégias e as ferramentas adequadas e, sobretudo, de ficar atento às tendências do mercado!

Agora que você já sabe como iniciar uma loja virtual, que tal conhecer como escolher a melhor plataforma de e-commerce? Continue sua leitura e saiba tudo a respeito do assunto!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário