Como melhorar suas taxas de conversão através das opções de entregas
7 dicas de vendas no dia das mães que vão fazer seu negócio decolar

Descubra 7 dicas para a criação de loja de produtos veganos online

Publicado em: • Última Atualização:

Nos últimos anos, o número de pessoas optando por viver um estilo de vida mais saudável e com uma alimentação mais consciente vem aumentando. Por isso, uma loja de produtos veganos online pode ser uma excelente opção de mercado para quem quer investir e empreender na internet.

O número de lojas virtuais especializadas nesse tipo de produto está crescendo muito em todo o país. Esse crescimento do mercado de produtos veganos se dá pelo aumento na conscientização das pessoas e uma maior preocupação com o meio ambiente.

Pensando nisso, neste post, mostraremos 7 dicas para a criação de uma loja de produtos veganos online. Confira!

1. Faça uma pesquisa de mercado

Um dos passos mais importantes antes de começar uma loja virtual é realizar uma pesquisa de mercado. Busque o máximo de informações sobre os produtos veganos que você pretende oferecer. Nesse segmento é possível encontrar roupas, itens de beleza, joias, artigos de limpeza e alimentos. Veja quem são os seus concorrentes e pesquise sobre seus pontos fracos e fortes para poder investir.

É fundamental entender quais são as necessidades do seu público-alvo. Por isso, busque informações sobre o número de lojas que já vendem o que você pretende comercializar, como eles realizam essa logística e a maneira que atendem os clientes. Após essa pesquisa, procure superar a qualidade de todos esses serviços e se diferencie.

2. Defina seu público-alvo

Após fazer uma pesquisa de mercado e coletar o máximo de informações sobre o nicho em que você quer se inserir, defina quem é o seu público-alvo. Busque entender qual a faixa etária dos seus possíveis consumidores, o gênero, os costumes, os produtos veganos mais consumidos e, dependendo do tamanho da sua loja, até cidades e estados onde habitam.

Ao definir o seu público-alvo, é possível fazer novas pesquisas detalhadas para encontrar a persona ideal da sua empresa. Com essas informações, a sua loja na internet poderá realizar um atendimento muito mais personalizado e que agradará grande parte dos seus clientes.

3. Entenda as leis

Para realizar um trabalho que transmita confiança e credibilidade para os clientes, é necessário fazer um serviço sempre dentro das leis. Por isso, pesquise e busque entender toda a legislação que envolve o processo de criação de lojas virtuais. Isso será muito importante para a sobrevivência do seu negócio.

Uma lei que todo empresário de uma empresa virtual precisa entender é a do e-commerce, que foi bastante discutida em todo o Brasil assim que entrou em vigor e tem o objetivo de padronizar todos os serviços de comércio virtual. Além dela, é essencial conhecer os mínimos detalhes sobre a emissão de nota fiscal dos produtos.

Em relação ao veganismo, é interessante a empresa solicitar o Selo Vegano. Criado em 2003, ele é um programa que certifica produtos e é administrado pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). Produtos que não têm ingredientes de origem animal, cuja empresa e fornecedores não fazem testes em animais podem receber o selo.

4. Tenha um plano de negócios

Para entrar no mercado de lojas virtuais você precisará de muita organização e, principalmente, um bom planejamento. Por isso, é fundamental investir em um plano de negócios para se dar bem, ajudando-o a definir as suas metas e objetivos e facilitando o trabalho de todas as áreas da sua empresa.

O plano de negócios precisa conter informações sobre os diferenciais dos seus concorrentes e qual faixa de preço a sua loja adotará. É necessário ter os principais produtos e custos que a empresa terá e, além disso, um plano pode proporcionar dados sobre o capital que precisará ser investido, os prováveis retornos e a margem de lucro.

5. Considere os custos

Para administrar uma loja virtual, é preciso entender que esse tipo de negócio também tem custos como qualquer outro. Em muitos casos, eles chegam a ser iguais ou até maiores do que os de uma loja física. Por isso, considere um grande investimento inicial e tenha em mente que você precisará montar toda uma equipe de profissionais.

O custo de uma loja com produtos veganos vai depender da pesquisa de mercado que você fizer. É possível construir um estoque desse segmento por preços baixos e produtos de qualidade. A demanda cresceu bastante e é um bom momento para investir. De acordo com um levantamento do Google Trends, o termo “vegano” teve um crescimento de mais de 1000% nas buscas na internet nos últimos anos.

Alguns custos precisam ser considerados durante o processo de criação de uma loja na internet, como estoque, equipe de logística, comercial, marketing, gestão, serviço de atendimento ao cliente, entre outros. Para minimizar um pouco os gastos, pode ser uma boa alternativa terceirizar esses serviços e absorver as suas melhores práticas.

6. Escolha uma boa plataforma

Durante o processo de administração de uma loja virtual, é fundamental contar com o auxílio de plataformas para realizar uma boa gestão. O e-commerce necessita de uma boa ferramenta no papel do vendedor para transformar uma simples visita ao site em uma venda. Essa escolha requer muita paciência, organização e calma.

É importante ter em mente que a melhor ferramenta nesses casos nem sempre é a mais cara, mas, sim, a que melhor se adapta ao momento do seu negócio. Portanto, escolha aquelas com funcionalidades que gerem uma boa experiência ao cliente, que caibam no seu orçamento e aumentem a conversão.

Além disso, é essencial que a plataforma escolhida acompanhe o ritmo da loja quando o crescimento acontecer. Sendo assim, faça uma pesquisa detalhada com as ferramentas que se encaixam no seu negócio e nos seus custos para ter um agente facilitador trabalhando ao seu lado durante todo o processo.

7. Foque no layout e na usabilidade

Assim como nas lojas físicas, o layout é essencial para atrair a atenção dos clientes. No caso de uma loja virtual, o site precisa apresentar um bom design, que seja informativo e tenha uma boa montagem para servir como um dos fatores de conversão de venda. Uma navegação fácil e com processos simples de compras ajudam o público.

Mas cuidado! Só um site bonito não significa que será bom no processo de venda. A beleza é um complemento, já que o importante é focar no layout e na usabilidade. Pesquise as principais empresas e coloque-se no lugar de um consumidor — facilite ao máximo a experiência de compra do cliente e ele voltará outras vezes.

Administrar uma loja de produtos veganos online não é uma tarefa fácil. É um processo que requer muita organização e planejamento para conseguir alcançar o sucesso. É essencial adotar estratégias capazes de manter a sua loja virtual em constante crescimento, portanto, conheça o seu público-alvo, faça pesquisas de mercado, utilize uma boa ferramenta de e-commerce e tenha um plano de negócios para lucrar nesse segmento.

E aí, gostou do nosso post? Então, continue navegando em nosso blog e confira o nosso guia completo para você montar uma loja virtual de bijuterias!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Descubra 7 dicas para a criação de loja de produtos veganos online
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.