Logística: 9 dicas que vão te ajudar a ter uma logística eficiente

Saber gerenciar uma boa estratégia de logística é indispensável para um e-commerce ter sucesso. Visto que ela engloba processos que vão desde o estoque até o envio do produto comprado em uma loja virtual. Confira as etapas para otimizar a logística da sua loja online!

Com certeza uma das etapas mais essenciais na gestão de um e-commerce é a logística.  Sua importância no andamento da loja é indispensável, visto que ela está diretamente ligada à cadeia de processos que envolvem desde o estoque até o envio de produto ou serviço comprado em uma loja virtual.

Dito isso, se você quer que seu e-commerce se destaque no mercado e também ofereça uma excelente experiência de compra para seus clientes, é necessário investir em logística para o seu e-commerce.

Entretanto, administrar a logística não é um trabalho fácil. Considerando que ela é feita por uma série de processos complexos, muitos empreendedores enfrentam desafios.

Como, por exemplo:

  • Gestão de informações;
  • Logística do Estoque;
  • Custo do Frete;
  • Logística de Entregas.

Deste modo, para ter uma excelente logística, não existe segredo.

É necessário estruturar detalhadamente suas etapas e elementos fundamentais de modo a determinar as estratégias mais inteligentes e adequadas para ajudar a melhorar a sua loja virtual.

Confira a seguir, 9 dicas para melhorar a logística do seu e-commerce:

1 – Planeje bem o seu fluxo logístico

Para ter êxito em sua loja virtual, é de extrema importância cuidar da etapa de armazenamento, expedição e entrega de mercadorias.

E para isso, é primordial fazer um estudo das tendências atuais do mercado, e deste modo também, as das vendas feitas pela empresa.

Assim, o resultado dessas informações vai possibilitar escolher o que é mais importante e vantajoso para o fluxo logístico da empresa, como também a da demanda, o trânsito da mercadoria e os níveis de estoque. 

2 – Tenha um controle de estoque

Além de ser muito benéfico para a logística do seu e-commerce, um controle de estoque eficaz contribui na lucratividade do negócio.

Afinal de contas, essa etapa da gestão possibilita ter um conhecimento real dos itens estocados e dos investimentos que poderão ser feitos.

O que te ajudará muito a manter o estoque sempre organizado, é armazenar os itens de categorias parecidas próximas uns dos outros. Isso possibilitará fazer uma averiguação visual dos itens, incluindo os produtos encalhados.

E também, você pode usar um software para realizar o gerenciamento de estoque.

Com isso, você poderá examinar informações precisas sobre os itens da sua empresa e o transporte de mercadorias, conseguindo obter informações precisas para uma tomada de decisão, quando necessário. 

3 – Tenha uma ótima transportadora

Determinar com quais transportadoras o seu negócio vai trabalhar é umas das melhores práticas para escapar de problemas logísticos.

Muitas empresas optam por terceirizar a operação.

Transportadoras na maior parte das vezes têm um serviço mais especializado, com uma maior experiência em cada etapa de manuseio até a entrega da mercadoria. 

Por isso, na hora de escolher a transportadora, é de suma importância estar atento às políticas de qualidade que elas oferecem, assim como os serviços oferecidos e as normas para a entrega de cargas.

4 – Faça o monitoramento dos produtos enviados

O rastreamento de mercadorias consegue ser um enorme diferencial para o seu e-commerce.

O monitoramento ajuda tanto o comprador quanto a empresa, visto que ambas as partes podem verificar se está tudo certo com a mercadoria em transporte, e onde ela se encontra.

Algo importante: é de sua responsabilidade realizar tudo o que for possível, para que o produto chegue ao seu local de destino.

Por conta disso, o consumidor ficará contente com os serviços prestados pelo seu e-commerce, podendo assim, voltar a realizar outras compras. 

5 – Determine prazos realistas

Não é de se admirar que o prazo de entrega é um dos pilares mais fundamentais de uma boa gestão logística.

Afinal de contas, o cliente pode ficar descontente ao reparar que sua mercadoria não foi entregue no prazo previsto, podendo apelar aos prazos de entrega das grandes lojas virtuais. 

Por isso, passe datas realistas e mostre que será possível cumprir esse prazo combinado, sem problemas. 

6 – Tenha disponível uma logística reversa

Um ponto que você deve se atentar ao fazer a logística do seu e-commerce é a logística reversa.

Ela está relacionada à devolução ou troca de mercadorias obtidas pela internet.

Aplicar esse processo no seu e-commerce é uma excelente oportunidade para:

  • Oferecer um atendimento diferenciado
  • Provoca uma vantagem competitiva
  • Melhora a reputação da empresa

Além de atender os problemas dos clientes, a devolução e a troca de mercadorias são direitos do consumidor em lei no Código de Defesa do Consumidor.

Por isso, é primordial pensar em cada fase desse procedimento.

7 – Determine uma política de frete inteligente

O visitante pode encher o carrinho e abandonar a compra se o frete é muito alto.

Portanto, é necessário fazer um planejamento com equilíbrio para os consumidores e também para o seu e-commerce de uma forma proveitosa e inteligente, sem prejudicar os resultados da sua loja.

Algumas maneiras de solucionar essa dificuldade, como, por exemplo, a disponibilização de frete grátis em determinadas situações. Há diversas formas de possibilitar esse diferencial:

  • A partir de um determinado valor de ticket médio;
  • Somente dentro de um perímetro;
  • Para clientes antigos;
  • Para membros de um sistema de fidelidade;
  • Em campanhas sazonais.

Mesmo absorvendo parte do custo de entrega, o ticket médio de pedidos pode ampliar e compensar a diferença no frete.

Entretanto, você não deve sair oferecendo a gratuidade por aí, você precisa examinar a margem de produtos e mapear as regiões viáveis.

8 – Faça queima de estoque

É bastante normal ficar com produtos “encalhados” no estoque, especialmente em algumas épocas do ano.

O excesso de itens na listagem do estoque pode causar um prejuízo para a empresa, já que as mercadorias não vendidas terminam tomando espaço no armazém.

Portanto, faça queimas e liquidações sempre que reconhecer que seu estoque não está girando.

Para isso, é importante ficar atento no calendário, para criar um plano de vendas, determinar um prazo e, claro, planejar uma divulgação eficiente.

9 – Utilize os dados ao seu favor

A melhor maneira de ter uma logística inteligente para seu e-commerce é contar com a ajuda de dados.

Esses dados vão te ajudar a compreender o tipo de entrega que faz mais coerência para o seu cliente e o que tem mais saída de estoque, por exemplo. 

Ter essa grande quantidade de informações centralizadas em um único sistema de gestão empresarial te ajudará a melhorar os processos, e também o estoque e o transporte de mercadorias.

Assim seu e-commerce terá uma maior estrutura, e conseguirá atender ainda melhor os seus clientes. 

Rated 5 out of 5
8 de janeiro de 2022

Muito boa as dicas Guilherme né ajudou muito, estou procurando conhecer tudo sobre o ecommerce para então entrar com investimento

21 964946110

Deixe seu comentário