Logística: 5 dicas para quem trabalha no e-commerce

É notória a importância que a organização da logística no e-commerce. A experiência do cliente passa, invariavelmente, pelo prazo de entrega, e […]

É notória a importância que a organização da logística no e-commerce.

A experiência do cliente passa, invariavelmente, pelo prazo de entrega, e qualquer problema que ocorra nesta etapa, pode gerar uma má impressão da sua loja para o consumidor

Quando o e-commerce, seja através da sua loja virtual ou venda em marketplaces, tem uma logística organizada, isso gera mais resultados positivos para o negócio e torna o trabalho mais facilitado. Vale lembrar que a logística não é somente o frete, mas compreende desde a separação do produto no estoque, embalagem e trocas de produtos quando solicitado.

Ou seja, o processo envolve gestão e organização.  Mas, apesar da sua importância nos processos corporativos, a logística para e-commerce ainda gera dúvidas na cabeça dos empreendedores. Quando o empreendedor conta com um sistema de gestão para auxiliar nos processos logísticos, as integrações são mais facilitadas e as etapas ocorrem com menor chance de erros. 

Confira algumas dicas importantes para quem trabalha no e-commerce manter uma logística eficiente:

1. Atenção para a armazenagem dos produtos:

Como falamos, a logística começa ainda no estoque, e toda a atenção para a armazenagem dos produtos é importante para que tudo esteja em boas condições de entrega.

Nesta etapa, se houver produtos perecíveis ou eletrônicos deve-se tomar maior cuidado, controlando o tempo e a temperatura em estoque. É preciso dar proteção quanto à agentes como: umidade e mudanças de temperatura. O espaço também deve estar organizado para a visualização dos produtos ser evidente no momento da separação dos pedidos, já com informações do produto anexadas.

Todo o manuseio interno deve ser controlado para facilitar quem for separar os produtos vendidos evitando erros para o cliente, como o modelo, tamanho ou outras especificações. 

2. Cuidados no embalo e preparo dos pedidos:

Com o estoque organizado, fica mais simples a etapa de separação de pedidos e embalo.

Cada embalagem deve ser pensada para o tipo do produto, a distância que vai ser percorrido até chegar ao cliente para que chegue em perfeito estado, evitando uma decepção do consumidor na entrega e também retrabalho de troca ou transtornos de devolução.

O processo de compra do cliente inicia no e-commerce, mas se materializa na chegada do produto, e esse passo é muito importante para que se identifique cuidados e estima pelos clientes. 

3. Tenha bons parceiros logísticos:

Todas as etapas feitas no estoque é hora do produto viajar e ser entregue.

Além de garantir a segurança e a confiabilidade no manejo das embalagens, o parceiro de transporte deve garantir e assegurar a carga quanto a problemas de roubos ou extravio de mercadorias.

Por isso, nessa etapa é tão importante a transportadora oferecer os serviços de rastreamento e escolta das cargas, já que é um fator importante para que o produto chegue até o consumidor com segurança, evitando problemas para o e-commerce e colocando o produto sob responsabilidade dela a partir do transporte.

No e-commerce, o cliente não compra o produto de imediato, ele compra o código de rastreio e aguarda a chegada do seu pedido dentro do prazo estimado. 

4. Detalhes da logística reversa:

Quando o consumidor precisa entrar em contato com o SAC da empresa, já é serviço de logística reversa.

A partir deste passo é gerado um código de postagem para a devolução do produto pelo cliente e se inicia outro passo importante. Os produtos devolvidos são enviados ao Centro de Distribuição (CD) e a partir daí é necessária a conferência do produto e seu estado, para então seguir com a troca ou reembolso.

É um processo que precisa ser ágil para que o consumidor receba seu reembolso rapidamente e possa ter boa experiência na sua loja, mesmo com troca ou devolução.

5. Automatize os processos:

A logística é composta por uma série de processos, que inicia no estoque e passa até chegar na casa do cliente.

Quando a empresa passa a contar com a automatização do estoque através de um ERP, a tecnologia passa a auxiliar e evitar erros e fazer integrações logísticas importantes. Quando um produto é vendido ele já sai do controle de estoque de forma automática, caso ele volte por logística reversa o sistema também atualiza novamente esse produto em estoque.

Contar com uma logística integrada é uma maneira eficiente de controlar o que é vendido e como será o caminho do produto até chegar ao consumidor. 

No comércio virtual, a jornada do cliente é muito importante para a reputação do seu negócio. A logística é um processo importante neste caminho, e organizar a empresa internamente é o primeiro passo para que as fases de compra sejam bem sucedidas. O objetivo é entregar os produtos com agilidade e segurança, gerenciar os envios através de um sistema de gestão é uma estratégia inteligente para facilitar os processos de venda e entrega e integrar o seu negócio aos principais players do mercado. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário