Aprenda a fazer um checklist de fornecedores para abastecer o e-commerce

Lançando aos pouquinhos

Publicado em: • Última Atualização:

Esqueça a “cultura do lançamento”

Em minha experiência de trabalho desenvolvendo sites, sempre me incomodei com a ideia do “lançamento”. O lançamento seria aquele grande dia, em que todas as etapas de um projeto e tudo que gira em torno dele estariam prontos, e poderia ser feita uma grande festa, um anúncio de TV, uma apresentação para toda a sociedade, ou um simples café com bolinho na agência.

E realmente isso tudo é muito legal… quando dá certo! O normal mesmo é o trabalho com prazos irreais, uma complexa interdependência de tarefas, cancelamentos de lançamento por atraso de etapas ou, pior, uma correria maluca de última hora para manter o mesmo prazo. Nesses momentos, o café com bolo na agência é uma necessidade, e não um prazer.

Mas nunca aceitei que as coisas tivessem de ser assim. É evidente que existem coisas que precisam estar totalmente desenvolvidas e testadas antes de seu lançamento, como um novo carro, por exemplo. Não dá para testar um carro com pessoas reais dentro para depois descobrir que o motor dele tende a explodir.

Mas hoje vejo que a ideia de “lançamento” não é mais necessária, pelo menos para muitas áreas de nossa vida. O digital permite que estejamos em um lançamento contínuo.

O Produto Mínimo Viável

O conceito de Produto Mínimo Viável (PMV ou MVP, em inglês), é a ideia de que um produto, para ser lançado, precisa ter um mínimo de características. Se ele tiver esse mínimo, já é candidato ao lançamento. Todas as características extra podem ser acrescentadas depois.

No caso de uma loja virtual, talvez o seu PMV seja a contratação de uma plataforma SaaS, a compra de um tema de baixo custo e a configuração das formas padrão de pagamento e envio. É claro, precisa estar alinhado ao seu modelo de negócio, mas já se pode dizer que é uma loja virtual, não?

Incluir novas formas de pagamento, personalizar o layout ao seu gosto, fazer newsletters etc, podem ser feitos depois ao longo do tempo. Você pode até começar a anunciar sua loja antes de estar “pronta”, talvez apenas investindo um pouco menos.

Lançamento Contínuo

O PMV é a ideia central por trás do lançamento contínuo. É fácil ver esse conceito aplicado no desenvolvimento de aplicativos, por exemplo.

O Instagram no seu início era basicamente uma rede social para postar fotos. Com o tempo, novos recursos foram acrescentados, como os stories, IGTV, Reels, etc.

Mas você não esperou até tudo isso estar lançado para baixar o Instagram, certo? 

Provavelmente você já utiliza o Instagram há algum tempo, e viu esses recursos serem lançados (e alguns até removidos) continuamente. Ou seja, o primeiro lançamento do Instagram foi um PMV, ao qual foram acrescentados novos recursos através do lançamento contínuo.

Com sua loja virtual, isso não precisa ser diferente. Você pode muito bem acrescentar os recursos depois, por ordem de prioridade, na medida da necessidade. Sua loja já estava pronta, e, ao mesmo tempo, está sempre sendo “lançada”.

As vantagens

Se você ainda não se convenceu a trabalhar assim, deixe-me apresentar algumas vantagens claramente.

O investimento inicial é menor

Se você for inicialmente desenvolver um PMV, e só depois acrescentar novas funcionalidades, o custo da primeira etapa é menor, afinal, você está fazendo apenas parte do trabalho que esperava fazer, focando no essencial. 

As demais etapas são orçadas e desenvolvidas conforme sua prioridade e condição, demorando mais ou menos tempo, sem atrapalhar o lançamento inicial.

O lançamento é mais rápido

Em vez da espera pelo fim de um grande projeto, o lançamento pode ser feito muito mais rapidamente, afinal, menos trabalho será feito em menos tempo.

O trabalho é mais focado

Não é surpresa que, quanto menor o trabalho com que você tiver que lidar por vez, mais fácil de fazê-lo com cuidado. Se cada uma das suas etapas forem pequenas, fica muito mais fácil focar a acertar de primeira.

O risco é menor

Imagine passar meses desenvolvendo um projeto, gastando dinheiro, envolvendo pessoal, investindo, fazendo propaganda, planejando etapas, etc, para descobrir depois que existe um problema lá na base, e que talvez o projeto nem devesse ter saído do papel? Imagine perceber que sua ideia não era tão boa só após longos meses e muito dinheiro perdido?

Se você fizer apenas um PMV e lançá-lo, pode descobrir seus problemas e corrigi-los (ou desistir do projeto) antes de investir mais dinheiro em novos recursos. O dinheiro e o tempo que sobrarem poderão ser usados para mudar o curso e lhe levar na direção correta.

Não espere, lance seu projeto!

Tudo o que eu falei acima é muito parecido com uma filosofia de trabalho muito utilizada hoje no desenvolvimento de softwares, chamada “Release early, release often” (Lance cedo, lance com frequência). Ou seja, é a ideia de lançar rapidamente o seu PMV e frequentemente melhorá-lo ou corrigi-lo.

Se você vai lançar uma loja virtual, ainda mais com urgência por causa da pandemia, não arranque os cabelos. Garanta o seu PMV, faça o lançamento, e identifique rapidamente os problemas para os ir corrigindo. Você entrará em um ciclo de melhoria contínua da sua loja.

Se isso parece “improvisado” para você, pense que mesmo o produto mais bem-acabado ainda terá defeitos. Você não vai escapar de lidar com o stress de ter de corrigir um problema de última hora.

Enquanto isso, se você demorar, o mundo segue adiante. Dependendo do que você queira fazer, demorar o seu lançamento pode fazer com que você deixe a onda passar.

Mas não esqueça seu diferencial

Mas é muito importante frisar que o seu PMV, apesar de ser menor que o seu “objetivo final”, não pode ser também uma ideia tosca, primitiva, inacabada. O PMV é a etapa mais importante: ela não precisa ser gigante e demorada, mas precisa conter o mínimo necessário.

E se você quer ter sucesso, seu PMV não deveria ser igual ao PMV de todo mundo. Pense em um diferencial. Pense no que sua loja pode oferecer que as outras não podem, e inclua isso em seu PMV. Ser “mínimo” não significa ser “sem graça”.

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Lançando aos pouquinhos
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *