Qual a importância e como implementar a inovação no varejo?

A inovação no varejo é essencial para que as lojas virtuais possam sobreviver e prosperar. Com o crescimento das vendas online, é […]

A inovação no varejo é essencial para que as lojas virtuais possam sobreviver e prosperar. Com o crescimento das vendas online, é preciso que esse setor se reinvente a cada momento, de modo a lidar com um público cada vez mais exigente, que demanda que as novidades tecnológicas sejam implementadas para otimizar a sua experiência de compra.

Neste post, você vai entender tudo sobre a inovação no varejo. Descubra por que ela é tão importante e como começar!

Por que a inovação no varejo é tão importante?

Esse processo é crucial por conta da relação que o público tem com a tecnologia e como um acaba transformando o outro. É quase como um ciclo sem fim, em que a tecnologia aumenta as demandas e as expectativas do público. Em consequência, quanto mais essas demandas crescem, mais a tecnologia precisa evoluir.

Um ótimo exemplo é a experiência omnichannel. Uma loja hoje em dia pode ter o seu espaço físico, um site, um blog e uma página em cada rede social. Agora, imagine que o público vê uma postagem no Facebook sobre um produto e quando chega na loja o produto está em falta, ou o vendedor não tem ideia do que está acontecendo.

Por outro lado, imagine que uma pessoa está passeando na rua ou no shopping e vê uma roupa interessante na loja. Ela experimenta, mas compra pelo site ou app, para que o produto seja entregue em casa. É esse tipo de experiência que o usuário quer ter, porque é esse tipo de experiência que ele sabe que pode ter.

Existem diversos motivos pelos quais a inovação no varejo é fundamental, e todos eles giram em torno do cliente. Porém, podemos resumir da seguinte forma: inovar é a única forma de entregar a experiência que o cliente quer, de modo a atrair e fidelizar a audiência.

Como implementar a inovação no varejo?

A ideia de inovar parece ótima na teoria, mas como fica na prática? A seguir, mostramos dicas de como implementar a cultura de inovação.

Antecipe tendências

Se você está sempre correndo atrás das tendências, é muito difícil inovar. Logo, um dos maiores erros dos varejistas é não ficar de olho nessas tendências. Afinal, basta um concorrente fazer isso para você perder uma grande fatia do mercado.

Existem diversas tendências que estão despontando. Por exemplo, o Pix, que pode mudar a forma como as pessoas fazem pagamentos ou mesmo como lidam com o dinheiro em papel.

Para observar, as tendências você pode:

  • Consumir conteúdos que falam sobre tendências no varejo;
  • Observar os comportamentos do público mais jovem;
  • Ficar de olho em novas tecnologias e como elas podem ser aplicadas no seu negócio;
  • Ler notícias do que outros países têm feito para inovar.

Invista em novas tecnologias

Mencionamos a tecnologia acima, pois é impossível inovar sem ela. A relação entre a tecnologia e o varejo nunca esteve tão evidente. Por exemplo, um simples sistema de gestão pode automatizar diversos aspectos da loja, permitindo que você tenha mais tempo para inovar e prestar um bom atendimento ao cliente.

Na prática, existem inúmeras formas de inovar. O Big Data permite conhecer a fundo o público e criar uma experiência de compras cada vez mais personalizada. Os provadores virtuais aproximam o público de roupas, mesmo de longe. Diversas tecnologias implementadas no processo logístico permitem entregas em poucas horas.

A Internet das Coisas é um processo pelo qual objetos e sistemas podem trocar informações entre si. Com sensores no ponto de venda, os gestores podem saber quais são os pontos da loja que mais encantam os clientes. Além disso, os próprios produtos podem enviar informações para fechar a venda e controlar o estoque.

Encontre o diferencial do seu negócio e o explore

Para inovar e se destacar no mercado, é preciso que o seu negócio tenha algo único. Qual é o gancho que o diferencia de todos os outros componentes do mercado? É preciso ter algo que o destaque da competição. Pode ser um atendimento melhor e personalizado ou até mesmo um branding diferente.

Um ótimo exemplo é o retorno das barbearias para homens. Elas não têm nada de inerentemente diferente no produto para os salões de beleza tradicionais. A única diferença é que são voltadas para um público específico, com uma linguagem e serviços que fazem sentido para ele.

Conheça as inovações no marketing

Também é preciso inovar no marketing e na forma como sua loja divulga seus produtos e atrai os clientes. Por exemplo, você já considerou vender pelo TikTok? Será que é um canal que faz sentido para a sua audiência ou o seu produto? E o Pinterest?

Pode ser que a resposta para ambas as perguntas seja não. Pode ser que esses canais não sejam os mais adequados para o seu negócio. Porém, para inovar, você precisa pelo menos conhecê-los e se perguntar se fazem sentido para você.

Não tenha medo de testar e usar os frameworks de inovação

Com base na última dica, chegamos no ponto final: não tenha medo de inovar e de testar. Porém, também é preciso entender que inovação não é bagunça. Você não vai colocar todo o dinheiro da sua empresa em uma ideia só por que acha que vai dar certo.

Existem diversos frameworks de inovação que podem te ajudar a inovar de forma estruturada. Eles ajudam em todo o processo, que ocorre mais ou menos de acordo com o seguinte passo a passo:

  • Faça pesquisas e imersões para conhecer muito bem o cliente, criando o conceito da persona e entendendo suas dores;
  • Organize um brainstorm com a equipe ou simples conversas com pessoas para elaborar ideias que podem resolver os problemas do público;
  • Faça pesquisas, mais uma vez, para saber se muitas pessoas concordam que é um boa ideia e se existe interesse do público em massa;
  • Lance aos pouquinhos, sem precisar investir muito dinheiro, para saber se a ideia de fato é valiosa;
  • Se você errar não tem problema, pois o investimento foi pequeno e você pode corrigir.

Investir em inovação no varejo é essencial, pois é isso que o público espera de você. Assim como em qualquer outro negócio, esse processo precisa ser constante, já que o público e a tecnologia sempre motivam um ao outro a mudar.

Gostou do post? Então, assine a nossa newsletter para receber os conteúdos que vão ajudar a sua empresa a inovar sempre!

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário