Impacto do conteúdo na conversão no e-commerce

Investir em e-commerce realmente vale a pena e pesquisas revelam que o conteúdo de uma loja virtual impacta diretamente nas conversões do e-commerce. Confira como otimizar o conteúdo e aumentar as vendas da sua loja online.

A ascensão do e-commerce que já vinha acontecendo de forma gradual, foi antecipada com maior rapidez nos últimos dois anos pelas condições de distanciamento social causadas pelo Covid-19.

O número de consumidores que deixaram de ir às lojas físicas e passaram a somente fazer compras pela internet, nos chamados e-commerces, aumentou de forma significativa, segundo pesquisas feitas pelo SEBRAE.

Neste artigo, mostraremos para você, que investir em e-commerce realmente vale a pena mesmo que com um site de vendas recém colocado no ar, as vendas ainda não sejam tão expressivas, como nas lojas físicas.

Como está a experiência de compra online no Brasil, atualmente

De acordo com a revista EXAME, observando de modo geral, o ano de 2021 foi um tanto quanto positivo para o cenário de aberturas novas lojas online e vendas no e-commerce brasileiro, mesmo com desemprego e alta na inflação.

As pessoas aprenderam a fazer todo tipo de compras pela internet, se tornando consumidores cada vez mais exigentes no tipo de conteúdo sobre o bem que necessita consumir.

E-commerces que se preocupam com as especificidades técnicas dos produtos, opções nas formas de pagamento, clareza nas regras para trocas, saem na frente quando o assunto é fazer uma compra online.

De acordo com o E-commerce Quality Index de saúde, higiene e beleza, para 82,1% dos consumidores o conteúdo nas páginas de produto influencia diretamente na decisão de compra online. 

De acordo com o estudo realizado pela Lett em 2021, a nota do E-commerce Quality Index da América Latina é 44 pontos, em uma escala de 0 a 100.

Esse resultado indica que ainda há muito o que melhorar quando o assunto é qualidade das informações nas páginas de produto, pois o recomendado pelo mesmo estudo é que os sites atinjam pelo menos 60 pontos.

A importância de se ter uma boa experiência de compra no e-commerce

Estratégias de marketing são usadas para que informações sobre os produtos em questão não cheguem ao possível comprador de forma incompleta ou errada.

Por isso elas são imprescindíveis para que o consumidor concretize sua compra sem muitos atritos. 

Afinal, quanto maior a amplitude de clareza sobre o produto na internet, maiores as chances de resultados positivos e expressivos no faturamento da empresa.

Os detalhes técnicos descritos na legenda dos produtos que suprem as dúvidas e necessidades do consumidor tem enormes poderes de conversão de pesquisa em compra. 

E consequentemente, retorno destes compradores, pois são atitudes como esta do e-commerce que fazem com que o consumidor tenha uma boa experiência de compra. 

As informações necessárias para garantir uma boa experiência de compra online, evita reclamações, devoluções de produtos e prejuízos financeiros para o e-commerce.

Dicas de como fazer com o que o consumidor tenha uma boa experiência de compra:

1. Crie título otimizado

De acordo com estudo feito por especialistas em SEO Academia do E-commerce, o título do produto no e-commerce deve ter até 100 caracteres, conter a palavra-chave e descrições claras para ser ranqueado nos primeiros resultados quando buscas pelos usuários em sites de pesquisa.

Um dos maiores impactos numa empresa na hora da conversão do conteúdo no e-commerce é acertar no título do produto que chame atenção do consumidor e apareça entre os primeiros resultados na busca do Google. 

Nos tempos atuais, se sua empresa não está no meio digital, e com as estratégias corretas em marketing digital e vendas no e-commerce, usando ferramentas de otimização e equipe preparada, pode haver perda de vendas para a concorrência, por isso, a importância de ter uma equipe que entenda e soluções digitais

2. Faça descrição completa dos produtos

Segundo estudo realizado pela Lett, apenas 40% das páginas de produtos para o e-commerce, tem descrição completa.

Isso acontece porque a maioria dos e-commerces acham trabalhoso e não conhecem a forma de especificar atributos técnicos.

As informações dos produtos deverão ser mantidas atualizadas, para que se evite problemas futuros com os consumidores, como devolução ou troca.

Por isso, quanto mais completos forem essas informações, maiores são as possibilidades de venda. 

Inclusive, além de serem vendidos mais por causa das informações atualizadas e completas, esses produtos estarão ranqueando melhor nas buscas através da palavra-chave, do que os produtos que não tem descrição.

3. Seja claro com as avaliações e comentários dos usuários

Quando uma indústria anuncia seus produtos para vendas no e-commerce, os mesmos, assim como a empresa ficam expostos a comentários e avaliações dos usuários.

Então seja claro quanto às informações e respostas aos usuários que se interessem pelo seu produto, e trabalhe para oferecer sempre qualidade e essas avaliações serão positivas.

Ter todas as informações presentes na página do produto é uma forma de melhorar a visibilidade da marca no mundo da internet e de mostrar que a empresa realmente se preocupa com o usuário.

A cada 10 consumidores, 9 sempre buscam avaliações, relatos e feedbacks de outros consumidores antes de comprar um ítem ou utilizar um serviço ofertado na internet.

Por isso o e-commerce deve ficar de olho no que os usuários estão falando na internet sobre o seu produto e usar essas avaliações a seu favor como prova social.

Viu como é importante inserir informações corretas na página de produto do seu e-commerce? Confira agora os 8 erros comuns na página de produto de e-commerce e saiba como evitá-los.

Como aumentar a conversão no e-commerce com conteúdos de qualidade?

De acordo com a pesquisa realizada pela Lett em parceria com um de seus clientes, o uso de imagens nos e-commerces impactam diretamente na conversão.

Observa-se que a taxa de conversão no e-commerce cresce cerca de 15,8% quando os

varejos utilizam 3 imagens ou mais do produto anunciado.

Além disso, produtos com 300 palavras ou mais na descrição possuem um número médio de tempo de permanência na página 43,1% superior ao de descrições com até 25 palavras.

E não para por aí, páginas de produtos com vídeos podem ter taxas de conversão até 40% maiores.

Agora que ficou claro como o conteúdo pode impactar diretamente na conversão em vendas no e-commerce, que tal aprender como fidelizar os clientes no e-commerce?

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário