Como escolher o tema ideal para a minha loja virtual? Comparando!
Como vender no Carrefour? Confira os 5 passos essenciais

Guia completo sobre como usar o Facebook Ads e melhorar seus resultados

Publicado em: • Última Atualização:

O Facebook Ads teve um rápido crescimento ao longo dos anos, ficando acima dos anúncios do Google e da publicidade tradicional. Existem mais de dois bilhões de contas ativas na plataforma em todo o mundo, o que aumenta bastante as chances de uma empresa alcançar e se conectar ao público ideal.

Com todo esse volume de usuários, o Facebook decidiu favorecer as “conexões pessoais” em vez das publicações de negócios. Portanto, usar a plataforma de publicidade é muito mais eficaz do que focar em publicações orgânicas. Veja agora como tirar o máximo proveito desse canal!

O que é o Facebook Ads?

O Facebook recebe uma quantidade enorme de tráfego diariamente e seu modelo de negócio é bastante simples: vender espaços publicitários para outras empresas. Isso é possível com o grande volume de dados dos seus usuários.

Você talvez tenha notado a insistência da plataforma em sempre pedir mais informações pessoais. O motivo é que, quanto mais dados as pessoas fornecem, mais fácil é para segmentar e exibir anúncios relevantes. Dessa forma, as empresas podem direcionar campanhas para possíveis compradores.

A plataforma também rastreia toda a sua atividade. Por exemplo, se você curte páginas ou interage com conteúdos de tecnologia, você verá anúncios de celulares, softwares, computadores etc.

Algumas pessoas consideram essa abordagem invasiva ou prejudicial à privacidade, no entanto, esse modelo de negócio torna possível o uso gratuito pelos usuários e melhora a experiência geral. Se você gosta de tecnologia, não faz sentido ver publicações de cosméticos, concorda?

Esse algoritmo para conectar empresas e clientes é o principal ativo da plataforma, cujo sistema é conhecido como Facebook Ads. Há alguns anos, a empresa expandiu sua atuação ao comprar o WhatsApp e o Instagram, permitindo que os anúncios criados no Facebook também sejam exibidos nas outras redes sociais.

Diferente do Google Ads, onde as pessoas estão buscando por produtos/serviços, a publicidade no Facebook é mais indicada para compras por impulso. Por isso a importância de investir em publicações criativas e chamativas.

Como funciona o Facebook Ads?

Os anúncios do Facebook são comprados em leilão, em que os anunciantes são cobrados com base em cliques, impressões ou interações. Você pode criar e publicar campanhas de texto, foto ou vídeo por conta própria pelo Gerenciador de Anúncios do Facebook.

O mecanismo de exibição dos materiais publicitários é similar ao do Google Ads: ambos querem oferecer a melhor experiência para seus usuários. Sendo assim, se uma campanha receber muitas interações (cliques, curtidas e comentários), esse é um sinal de que o anúncio é relevante para determinado público, o que reduz o custo e permite que mais pessoas sejam impactadas.

Por outro lado, um material publicitário com pouco engajamento terá seu alcance limitado. A lógica é a seguinte: o Facebook não quer desperdiçar seu orçamento com campanhas ruins, afinal, se você não atingir seus objetivos comerciais, você não comprará novos anúncios.

A plataforma oferece uma inteligência artificial muito avançada para otimizar seus investimentos. Ela pode “aprender” e fazer ajustes automáticos nas divulgações. Por exemplo, se você escolheu mulheres como público-alvo, a rede social pode identificar que mulheres com filhos são mais propensas a interagir e comprar.

É feita uma análise constante para melhorar o desempenho das suas campanhas com base em seus objetivos (compras no site, novos seguidores, curtidas etc.). Mas não pense que tudo é automático, pois ajustes e novos testes são essenciais para manter sua relevância.

Você pode pensar agora: como o Facebook consegue rastrear as compras em meu site? Não há segredo, você precisa apenas instalar o pixel de conversão no código do seu site. Se você usa WordPress, existem plugins para auxiliar na instalação. Essa configuração é muito importante, já que, sem verificar os resultados, o algoritmo não consegue otimizar as publicações.

Apesar de todo esse potencial, muitos empresários ainda não consideram o Facebook como uma canal viável para aumentar as vendas. Parte desse receio se deve à queda do alcance orgânico (gratuito). Podemos relembrar da época dourada do Facebook em meados de 2010, quando qualquer empresa poderia atingir 100% dos seus seguidores sem investimentos.

Isso não existe mais. Hoje, todas as empresas estão lutando por algum espaço. Devemos entender também que os usuários não visitam o site para ver anúncios, eles querem entretenimento, interações com amigos ou informações úteis. Por isso, o Facebook limitou drasticamente o alcance das empresas e se tornou um canal publicitário pago.

Se você ainda não está convencido, saiba que o Brasil é o terceiro país com o maior número de usuários na rede social, são mais de 130 milhões de pessoas. O segredo para o sucesso está em descobrir a mensagem correta para o público ideal.

Como são feitos os pagamentos?

A maneira mais fácil de fazer anúncios no Facebook é cadastrando um cartão de crédito em sua conta. Você receberá uma cobrança mensal por todas as publicações veiculadas no mês anterior. Outra opção é adicionar créditos em sua conta por boleto, nesse caso, além do trabalho manual de gerar e pagar boletos, você também corre o risco de ter as campanhas finalizadas por falta de créditos.

Quais são os tipos de anúncios que podem ser feitos?

Existem diversos formatos de anúncios para atender a seus objetivos comerciais. Veja os principais a seguir.

Anúncios com link

Esse tipo de anúncio ajuda a promover seu site ou postagens no blog. Você pode usar os anúncios de link em vários canais, isso permite que você entregue o mesmo anúncio em vários feeds de notícias e alcance um grande público.

Esses anúncios têm um desempenho muito bom e apresentam o benefício não intencional de gerar curtidas para sua página do Facebook. Lembre-se de verificar os comentários para aumentar o engajamento. Especificações:

  • tamanho recomendado da imagem: 1.200 x 628 pixels;
  • tamanho do texto: 90 caracteres;
  • título: 25 caracteres;
  • descrição do link: 30 caracteres.

Anúncios em vídeo

Na verdade, os anúncios em vídeo são uma variação dos anúncios com link, apenas que, em vez de uma imagem estática, seu anúncio apresenta um vídeo. Especificações:

  • texto descritivo: 90 caracteres;
  • proporções suportadas: 16:9 a 9:16;
  • tamanho do arquivo: até 4 GB;
  • loop contínuo disponível;
  • o vídeo pode durar até 120 minutos, mas a maioria dos vídeos com melhor desempenho é de 15 a 30 segundos.

Impulsionamentos

Sempre que você publica algo em sua página do Facebook ou Instagram, há uma opção para ampliar o alcance da postagem com um impulsionamento. Você pode configurar o público-alvo, o orçamento e o prazo da campanha. Especificações:

  • tamanho recomendado da imagem: 1.200 x 628 pixels;
  • tamanho do texto: ilimitado;
  • título: 25 caracteres;
  • descrição do link: 30 caracteres.

Apesar do tamanho de texto ilimitado, é importante conhecer seu público para identificar a melhor comunicação; na maioria dos casos, é recomendável usar textos curtos. A postagem impulsionada será exatamente como uma postagem comum, apenas com uma nota de “patrocinado” na parte superior do post.

Anúncios em carrossel

Esse formato permite exibir até 10 imagens e/ou vídeos com títulos e links em um único bloco de anúncios. É extremamente útil se você trabalha com loja virtual e deseja promover vários produtos ou variações de um mesmo item. Especificações:

  • tamanho de imagem recomendado: 1080 x 1080 ou 600 x 600 pixels;
  • tamanho do texto: 90 caracteres;
  • título: 25 caracteres;
  • descrição do link: 30 caracteres.

Anúncios de produtos dinâmicos

A rede social segmenta os usuários com base em ações passadas (ou inações) no seu site ou aplicativo com um anúncio no tempo perfeito. Tudo o que você precisa fazer é enviar seu catálogo de produtos e verificar se o pixel do Facebook está instalado corretamente nas páginas do seu site. A plataforma lida com a automação e o redirecionamento. Especificações:

  • tamanho de imagem recomendado: 1.200 x 628 pixels ou 600 x 600 pixels;
  • tamanho do texto: 90 caracteres;
  • título: 25 caracteres;
  • descrição do link: 30 caracteres.

Anúncios do Messenger

Os anúncios do Messenger aparecem na guia principal do Facebook Messenger, onde as pessoas passam um tempo conversando com os amigos. Um usuário verá seu anúncio na caixa de entrada entre as conversas e pode clicar para iniciar uma conversa com sua página. Especificações:

  • tamanho recomendado da imagem: 1.200 x 628 pixels;
  • largura mínima 254 x 133;
  • texto: 125 caracteres;
  • título: 25 caracteres;
  • descrição: 30 caracteres.

Anúncios de coleção

Essa opção permite exibir vários produtos que estão sendo vendidos no seu site. Esse formato facilita a descoberta, a navegação e a compra de produtos de maneira visual e envolvente. Especificações:

  • tamanho da imagem: 1.200 x 628 pixels recomendados;
  • proporção da imagem: 1.9:1;
  • a imagem não pode incluir mais de 20% de texto;
  • título: 25 caracteres recomendados.

Não existe um tipo de anúncio correto para todas as empresas, todas essas variações são boas alternativas. O mais importante é acompanhar os resultados e testar constantemente.

O que deve ser evitado nos anúncios?

Todo iniciante em anúncios comete vários erros até alcançar os resultados desejados, mas você pode proteger seu orçamento evitando os seguintes.

Não segmentar o público certo

O Facebook permite que os anunciantes definam grupos de pessoas para que seus anúncios sejam exibidos. Os grupos podem ser baseados em interesses, dados demográficos e comportamentos. É importante analisar seus atuais clientes para definir o público-alvo ideal (persona).

Você também pode importar sua base de clientes (lista de e-mails) para criar um “público semelhante”. Dessa forma, o Facebook pode coletar as características dessa lista para criar um público muito maior.

Não utilizar as ferramentas analíticas

O Facebook Analytics é incrível. Use-o. Ele informa quais anúncios tiveram melhor desempenho. Você pode usar essas informações para aprimorar o que é eficaz e eliminar o que não está funcionando.

As métricas são um dos principais benefícios dos anúncios online, e é dever de toda empresa rastrear seus esforços, analisá-los e depois ajustar suas estratégias de marketing. A cada mudança, você obtém informações sobre o que gera mais conversões.

Não instalar o pixel em seu site

Assim como já mencionamos, o pixel é indispensável para “orientar” o algoritmo e permitir o rastreio das suas conversões.

A plataforma de publicidade inteligente do Facebook permite que você alcance muitos públicos diferentes, incluindo aqueles que acessaram seu site (remarketing) ou que compraram de você no passado. Você pode ainda segmentar para usuários que foram até a página de checkout, mas não compraram. Nesse caso, basta um pequeno estímulo (como um cupom de desconto).

Usar o mesmo anúncio para todos os públicos

Exibir um produto para pessoas que já compraram é um desperdício de dinheiro. Infelizmente, este é um erro que as pessoas cometem o tempo todo. Use diferentes filtros para cada tipo de público:

  • descoberta (anúncios para pessoas que não conhecem sua empresa);
  • conversão (anúncios para pessoas que já visitaram seu site, mas ainda não compraram);
  • interação (anúncios para pessoas que já compraram).

Nessa última etapa, ofereça produtos complementares ou novos conteúdos da marca.

Muito texto ou imagens/vídeos sem qualidade

Após algumas campanhas, você começa a entender o que seu público mais gosta nos anúncios. Você pode descobrir isso testando diferentes tipos de imagens, textos e vídeos. Lembre-se de que as pessoas estão passando rapidamente pelo feed da rede social, e anúncios com muito texto ou sem uma imagem atrativa têm poucas chances de atrair a atenção do usuário.

Quais são os benefícios dessa estratégia?

Nesse ponto, podemos afirmar que os anúncios do Facebook são essenciais para divulgar sua loja online de forma rápida, precisa e econômica. Veja outras vantagens a seguir.

Processo de instalação simples e resultados rápidos

A criação de uma campanha é fácil e intuitiva: em poucos minutos você pode configurar sua conta e acompanhar os resultados. Por esse motivo, podemos ver anúncios de pequenas empresas locais e grandes corporações.

Fazer apenas os “impulsionamentos” nos posts é a maneira mais fácil de iniciar, mas é recomendável utilizar o Gerenciador de Anúncios do Facebook para uma visão mais completa, além de contar com outras ferramentas e recursos.

Dados em tempo real

Assim como toda campanha digital, a publicidade na rede social é facilmente mensurável. Com os pixels do Facebook, você pode ver exatamente o tráfego que está direcionando para o site e o comportamento desses visitantes:

  • Quantas pessoas viram seu anúncio?
  • Quantos cliques e interações ele recebeu?
  • Quais foram as páginas visitadas?
  • Quais produtos foram para o carrinho?
  • A compra foi realizada?
  • Qual o custo por conversão?

Com todos esses dados, você pode calcular o ROI (retorno sobre investimento) da sua campanha e fazer os ajustes necessários. Também é possível acompanhar os resultados e fazer ajustes pelo aplicativo oficial.

Campanhas altamente personalizáveis

A experiência com anúncios no Facebook pode ser projetada para atrair o público perfeito para cada necessidade de marketing. Isso ocorre porque há uma grande variedade de objetivos para escolher, seja para branding, consideração ou conversão.

Segmentação inteligente

Um dos maiores benefícios da plataforma é seu algoritmo capaz de otimizar campanhas. Com o tempo, esse sistema inteligente pode aprender sobre sua audiência e exibir cada anúncio para as pessoas com maiores chances de conversão. Mas, atenção, isso não retira o trabalho de análise e testes constantes do profissional de marketing.

Automatização de marketing

Você pode automatizar todo o processo de anúncios definindo orçamentos diários e prazos de veiculação. Isso é interessante para quem já testou diferentes formatos e descobriu as melhores opções. É importante lembrar que nunca há uma solução definitiva, um anúncio pode trazer ótimos resultados durante 3 meses, mas depois perder sua relevância.

Defina prazos de veiculação razoáveis e monitore os resultados ao menos uma vez por semana. 7 dias é um bom prazo para descobrir se determinada campanha deve ser impulsionada, ajustada ou excluída.

Plataforma democrática

Grandes companhias podem investir milhões de reais no Facebook, mas isso não é necessário. Pequenos investimentos (em campanhas altamente otimizadas) também geram excelentes resultados. Devido ao vasto número de usuários, todas as empresas podem conquistar seu espaço.

Em comparação com divulgações tradicionais (TV, rádio, jornal etc.), o marketing digital é extremamente vantajoso. Além de todos benefícios citados acima, você ainda pode aproveitar de um sistema eficiente, inteligente e, principalmente, econômico.

Como criar uma campanha eficiente no Facebook Ads?

Existem mais de 7 milhões de anunciantes ativos no Facebook. Por que não analisar suas experiências? Veja histórias de sucesso para obter dados estatísticos e inspiração para suas próprias campanhas.

Você pode encontrar estudos de caso de seu interesse filtrando por tamanho, objetivo, setor, produto e região da empresa. Veja outras dicas abaixo.

Escolha os canais adequados

O Facebook tem sua própria família de aplicativos e serviços, incluindo o próprio Facebook, o Instagram, o Messenger e a Rede de Audiência. Você pode usar duas opções para escolher seus canais:

  • canais automáticos: o sistema entrega seu anúncio nos canais em que ele apresenta melhor desempenho com base no seu orçamento e no conteúdo do seu anúncio;
  • canais personalizados:você define canais manualmente, o que pode reduzir o alcance da sua postagem, mas também pode economizar seu orçamento.

Qual opção você deve escolher? Depende do seu objetivo. Se deseja aumentar o conhecimento da sua marca, a primeira opção será uma ótima escolha.

Às vezes, porém, é eficaz definir canais manualmente, por exemplo, quando você deseja obter mais curtidas de página no Facebook. Sem mencionar que você pode segmentar públicos-alvo por tipo de dispositivo (computador, celular) e sistema operacional (iOS e Android).

Aprenda como fazer lances e alocar seu orçamento com eficiência

O ponto principal da eficácia de um anúncio não é o número de curtidas ou compartilhamentos, mas sim o retorno sobre seu investimento. Qual o custo por cada conversão? Esse valor está dentro dos seus limites de marketing?

Uma boa dica é não alocar grandes investimentos até obter essas respostas. Faça testes com pequenos valores. Infelizmente, não existe uma fórmula de sucesso, você precisa analisar, aprender e otimizar suas campanhas para obter resultados.

Use diferentes formatos de anúncio

Cuidado para não focar apenas nas configurações das campanhas, explore também outros formatos em texto, imagem e vídeo. Experimentos dão frutos, mas, naturalmente, as imagens e os vídeos são mais atrativos e dão mais resultados.

Para vídeos, os primeiros segundos são os mais importantes, faça o possível para prender a atenção do usuário e passar sua mensagem rapidamente. Não se esqueça também de usar um CTA (chamada para ação) claro para todos os formatos.

Publique no momento certo

Programe suas publicações para um horário específico. Grandes empresas praticam essa estratégia. O truque é encontrar um alcance perfeito, para isso, faça testes com sua audiência para descobrir qual o melhor horário.

Você pode ficar surpreso com a diferença no engajamento. Talvez seu público esteja no Facebook durante o almoço, mas suas postagens só aparecem à noite.

Apenas a prática e o profundo estudo da sua audiência pode garantir a fidelização de clientes com sua estratégia de anúncios.

Como monitorar os resultados?

Então, publicamos nossa primeira campanha. E agora? Como já mencionamos, precisamos esperar um pouco para permitir que alguns resultados aconteçam, mas logo após a publicação você pode acompanhar alguns dados.

Veja o que está funcionando e aplique os novos insights aos anúncios existentes. Use os dados para aprimorar seu planejamento futuro. Não importa o quão incrível é sua campanha, você precisa monitorar para verificar o desempenho e a hora de atualizá-la.

A maneira mais fácil de analisar o desempenho da sua campanha é usar o Gerenciador de Anúncios. Não se esqueça de definir o período correto ao verificar seus relatórios. Você também pode comparar dois períodos diferentes para ver como o desempenho da sua campanha mudou ao longo do tempo.

Um período mais longo pode alterar todas as suas métricas e dificultar a compreensão do desempenho recente. Manter um histórico é importante, mas saiba que as mudanças são rápidas, o algoritmo sofre alterações constantes, e considerar dados de 6 meses atrás pode não ser eficiente.

Ao olhar para a guia “Campanhas” no Gerenciador de Anúncios, você observará a tabela de relatórios com métricas diferentes, como:

  • custo por clique e conversão;
  • impressões;
  • orçamento e prazo;
  • valor total gasto;
  • cliques no link.

Nessa tela, você pode obter uma visão geral do desempenho de todas as suas campanhas. O melhor dessa página é que o Facebook exibe automaticamente os dados mais úteis para cada publicação. Você também pode pausar e editar um anúncio a qualquer momento.

Procure sempre utilizar um computador para modificações e análises, o aplicativo é bom para ações rápidas, mas pode limitar bastante a navegação.

Agora que você já conhece todas as oportunidades que o Facebook Ads proporciona, como criar uma nova campanha, configurar o criativo certo, segmentar o público-alvo e analisar o desempenho, pode começar com segurança seus trabalhos de marketing. Mas lembre-se de que, na publicidade digital, não há verdades absolutas. Sempre teste suas teorias e continue a se conectar com seu público-alvo.

Quer dominar outra ferramenta indispensável para divulgações na internet? Baixe agora nosso guia gratuito sobre o Google Ads!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Guia completo sobre como usar o Facebook Ads e melhorar seus resultados
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *