Google Shopping disponibiliza listagem gratuita de produtos no Brasil

Buscando apoiar as vendas no Brasil para todos os tamanhos de lojistas, o Google disponibilizará na segunda quinzena de outubro a solução […]

Buscando apoiar as vendas no Brasil para todos os tamanhos de lojistas, o Google disponibilizará na segunda quinzena de outubro a solução de listagens gratuitas na aba Shopping. Não sendo necessário investir para estar presente nesta página. 

O anúncio realizado na tarde desta terça-feira (06).

Seguindo o conceito de orgânico X pago na principal aba do Chrome, na aba shopping será bem semelhante, visando sempre a relevância do produto e suas informações, onde as configurações serão realizadas dentro do Merchant Center.

Já os resultados patrocinados serão visualizados somente dentro da plataforma do Google Ads.

Itens como descrição, imagens, títulos, entre outros, serão de extrema importância para o conceito de relevância. Desta forma, a tendência é obter anúncios mais ricos de informações para concorrer nestas primeiras posições orgânicas no shopping

Na prática, isso significa que quando um consumidor procurar um produto específico, como uma peça de roupa, os resultados da busca exibidos na aba Google Shopping serão, em sua maioria, listagens gratuitas. 

A novidade vai ajudar e-commerces a se conectarem com possíveis compradores, sem que faça diferença se ele anunciar ou não no Google.

A aba do Google Shopping é uma das seções que aparecem na barra superior da Busca e também pode ser acessada diretamente em google.com/shopping. Nela, a listagem de produtos traz informações como preço, imagem, disponibilidade, etc. 

Com a mudança, varejistas brasileiros poderão usar as listagens não pagas da aba do Google Shopping através do Merchant Center, para se conectar com milhões de brasileiros que usam o Google todos os dias para encontrar produtos. Sem custo e independente de terem ou não campanhas de Google Ads.

Para as empresas que já usam o Merchant Center, nenhum esforço adicional será necessário, sendo as listagens não pagas um complemento para aumentar o alcance de suas campanhas publicitárias.

Com isto, o Google garantiu não haver quedas nas vendas dos usuários do Shopping Ads, incluindo as listagens gratuitas e aumentando o portfólio de anúncios disponíveis para atender uma maior quantidade de empresas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário