Gestão de estoque: conheça as principais funções

Um dos principais processos que envolvem um comércio é o estoque. Seja um negócio físico ou virtual, é no estoque que podem […]

Um dos principais processos que envolvem um comércio é o estoque. Seja um negócio físico ou virtual, é no estoque que podem ser feitos diagnósticos sobre o negócio.

Quando as vendas são feitas em multicanais, o desafio para gerir o estoque é ainda maior, já que é preciso maior controle e automatização do processo para evitar erros. 

De forma geral, gerir o estoque compreende ter controle e organização dos produtos disponíveis para a venda – quantos deles já foram vendidos, quantos já foram para a entrega, e quantos ainda estão disponíveis. 

Principais funções da gestão de estoque: 

  1. Registre as entradas e saídas: 

Parece óbvio, mas é um erro bastante comum o empreendedor não ter o registro de entrada dos produtos e mercadorias. Isso dificulta a operação e torna cada vez mais difícil entender a necessidade de reposição dos produtos, o que acaba causando a falta ou o excesso de mercadorias no estoque.

  1. Acompanhe o giro dos produtos: 

Os produtos que ficam em estoque entram na conta de giro de estoque: alto giro quando há bastante saída e baixo giro quando há pouca saída. 

  1. Atente para falta ou excesso de itens: 

É importante observar quando o estoque apresenta falta ou excesso de itens, isso por significar que há alguma falha na gestão. 

  1. Cadastre os itens de forma padronizada: 

O cadastro individual de cada produto é importante para que a gestão se mantenha organizada. Caso houver erro ou duplicidade no cadastro, pode haver alteração nas vendas e representar um problema a ser resolvido. 

  1. Integre o estoque: 

Centralizar as informações em um único sistema de gestão é importante para que o negócio esteja integrado. Quando todos os setores do negócio estão integrados, eles passam a ter acesso à informação em tempo real, com números de produtos, vendas e entregas sempre atualizados, evitando falhas.

Benefícios que a gestão de estoque traz ao negócio: 

Já é possível entender que a gestão de estoque é uma tarefa fundamental para manter o negócio ativo e que faz parte de um planejamento para ter uma visão mais ampla da empresa.

Analisar tudo o que entra e sai do e-commerce é uma forma não só de equilibrar as compras, mas também de projetar mais vendas. Isso gera um benefício financeiro para a empresa de forma direta. Outros benefícios são:

  • Uma gestão de estoque eficiente traz sempre informações atualizadas sobre as vendas e auxilia nas tomadas de decisões;
  • A gestão de estoque acaba gerando uma cadeia para o fluxo do negócio, já que dá perspectiva ao setor de compras, organizar a logística de entrega, emissão de notas e outros fatores que dependem para que a entrega ao cliente seja realizada com sucesso;
  • Melhora na experiência de consumo do cliente, já que com o estoque bem gerido, os pedidos e entregas ocorrem com mais agilidade e as chances de erros também são menores. 

ERP para a gestão de estoque: como funciona?

Ter a sincronização do fluxo de caixa, estoque e logística em uma mesma plataforma facilita o seu trabalho e confere organização aos seus processos. Por isso, um sistema de gestão ERP é fundamental, uma vez que ele já registra as informações dos seus produtos, como códigos, descrição, preços — e outras características, e centraliza a gestão do seu catálogo em múltiplos canais de venda.

O ERP também faz o controle de estoque para marketplaces, lojas virtuais e lojas físicas de forma centralizada. A venda realizada  é atualizada automaticamente e a disponibilidade em estoque também, evitando erros no processo.

Através do sistema também é possível importar notas fiscais de fornecedores, controlar o estoque de kits — e variações de produtos, além de imprimir etiquetas de produtos personalizadas. 

É uma forma de automatizar os processos e também garantir que as vendas possam ser escalonadas através dos diversos canais, sem que isso interfira na experiência de compra do cliente.

Além da gestão de estoque integrada, com o um ERP também é possível cadastrar fornecedores, armazenar dados das empresas e dos produtos, emitir relatórios de estoque personalizados e controlar compras, enviando diretamente ordens de compra aos fornecedores. 

A gestão de estoque é um processo importante para que a operação se mantenha ativa e eficiente!

Para saber mais sobre o assunto, confira as vantagens de um ERP para e-commerce.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário