Novo Contrato dos Correios Sofre Mudanças Nos Fretes
O que devo fazer e como começar a vender lingerie online?

Fornecedores para lojas virtuais: o que avaliar para escolher um?

Publicado em:

Realizar a gestão interna de uma loja virtual requer bastante planejamento e organização. Afinal, inúmeras coisas fazem parte da rotina do negócio, como compras, entregas, fornecedores, relacionamento com clientes, pagamentos, entre outras.

Nesse contexto, ter bons fornecedores para o seu e-commerce pode impactar diretamente os resultados do negócio. Por isso, é importante que a escolha dessa parceria seja devidamente avaliada.

Pensando nisso, abordaremos, no artigo de hoje, o que deve ser avaliado na hora de escolher os fornecedores para lojas virtuais, ressaltando algumas dicas de negociação. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que exigir de um fornecedor na hora de fechar o negócio?

Antes de falar sobre as condições na hora de fechar negócio, é preciso destacar como encontrar os melhores fornecedores para o seu comércio eletrônico.

A escolha de fornecedores, sejam eles de serviços ou de produtos, é uma etapa fundamental para o seu negócio e deve ser feita com muita cautela, já que uma escolha errada pode gerar prejuízos para a sua loja virtual.

Em primeiro lugar, faça uma busca online aprofundada, acesse todos os sites possíveis e realize uma pesquisa de mercado. Buscar boas referências também é importante nessa fase, para saber mais sobre a imagem da empresa em questão.

Na pesquisa, não deixe de avaliar e levantar o máximo de informações, como qualidade do produto, distância, preço, prazo de entrega. Só depois, faça contato com cada um deles para iniciar as negociações.

Separamos para você alguns fatores importantes que devem ser analisados para exigir de um fornecedor, que facilitarão a sua negociação. Confira!

Qualidade no produto

Fazer uma avaliação profunda e delicada da qualidade do produto do fornecedor é garantir que o seu negócio obtenha sucesso e que atenda às necessidades do cliente.

Solicitar amostras, observar todos os detalhes, fazer testes, verificar se a concorrência tem algo melhor são aspectos que precisam ser levados em conta. Lembre-se de que produtos de qualidade garantem a fidelização dos clientes, e isso é o segredo para conquistar sucesso no mercado.

Preço e formas de pagamento

A qualidade é essencial, mas o preço tem uma relevância enorme. Não adianta ter bons produtos e serviços, se os preços e as condições de pagamento não são atrativas e não se encaixam dentro do limite estabelecido.

Além disso, existem custos no processo, como impostos, fretes e taxas de serviços. Por isso, o preço oferecido pelo fornecedor não deve comprometer o seu poder de compra e precisa estar de acordo com as suas necessidades.

Fique atento também aos valores de frete, que variam de acordo com o tipo de entrega e o local.

Com relação ao pagamento, é interessante que exista uma flexibilidade da parte do fornecedor, com boas condições de parcelamento, descontos por antecipação e diferentes meios para o pagamento.

Distância

Sempre que possível, esteja próximo do fornecedor. Reduzir a distância entre o centro de distribuição do fornecedor e a sua empresa facilita a comunicação e, consequentemente, se houver qualquer problema, o retorno será mais rápido.

Caso isso não seja possível, dê prioridade para fornecedores brasileiros. As chances de ter problema são bem menores, já que vocês estarão próximos, e isso facilita a troca de informações.

Capacidade de fornecimento

A capacidade de fornecimento é um fator importante a ser avaliado. É necessário analisar se o fornecedor estará preparado para atender à sua demanda, sobretudo em períodos críticos provocados por fatores externos.

Prazo de entrega

Um bom fornecedor é aquele que mantém a pontualidade e cumpre com os prazos de entrega, independentemente da demanda da empresa contratante. O tempo de espera entre o pedido e o recebimento deve ser conveniente, para não faltar estoque e para não comprometer as vendas na loja virtual.

Falhas no processo de entrega podem resultar em insatisfação dos clientes e perda de vendas, além de prejudicar a imagem da empresa no mercado.

Por fim, não se esqueça de sempre pesquisar e avaliar antes de fechar negócio. Tenha precaução e não se apegue às facilidades. Nem sempre elas serão uma boa opção. Cada um desses fatores pode ser determinante para o sucesso do seu e-commerce e da venda final para o consumidor.

Depois de avaliar tudo isso, você pode ficar mais tranquilo na escolha e terá certeza de que está fechando um contrato vantajoso e benéfico.

Como fazer bons negócios com os fornecedores?

A negociação com os fornecedores permite que o seu negócio alcance condições mais vantajosas e consiga se manter no mercado de forma competitiva e lucrativa. Daí o fato de ser uma etapa crucial.

Em primeiro lugar, estabeleça o seu objetivo para saber aonde você pode ir. Ter certeza das suas necessidades e estar preparado para a negociação faz com que você consiga impor as suas condições. Apesar de ser iniciante, esteja disposto a mostrar para o fornecedor as suas pretensões e informações sobre o seu planejamento.

A fim de oferecer segurança para o seu negócio e para o fornecedor, feche contrato em longo prazo. Isso garante que a relação comercial se mantenha por mais tempo e evita a oscilação dos preços. Além disso, quanto maior a frequência de negociações, maior a possibilidade de flexibilização de prazos, preços e até quantidades.

Uma boa dica é fazer as compras a prazo, mesmo que precise pagar um pouco de juros. Desse modo, você consegue trabalhar com o estoque e os recursos do seu fornecedor, protegendo o seu capital de giro. Assim, você ganha maior tranquilidade financeira para lidar com os imprevistos.

Geralmente, uma loja virtual começa com limitações iniciais, como um estoque menor. Nesse caso, talvez você apresente algumas dificuldades para negociar preços e condições especiais com os fornecedores.

Portanto, é necessário, além de avaliar os fatores destacados acima, ter cautela e saber fazer boas negociações na hora de escolher fornecedores para e-commerce. A negociação garantirá bons acordos e aumentará as chances de estabelecer uma parceria favorável.

Agora que você já conhece o que avaliar para escolher fornecedores para lojas virtuais, continue com a visita em nosso blog e leia também o texto “O que um fornecedor de plataforma de loja virtual deve oferecer?”. Vamos lá!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Fornecedores para lojas virtuais: o que avaliar para escolher um?
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *