5 formas criativas de divulgar sua loja virtual gastando pouco

A diversidade de opções para quem precisa divulgar sua loja virtual é uma das maiores vantagens proporcionadas pelo marketing digital. E quem […]

A diversidade de opções para quem precisa divulgar sua loja virtual é uma das maiores vantagens proporcionadas pelo marketing digital. E quem é que não quer ter resultados cada vez mais favoráveis para seu negócio, não é mesmo? Se você ainda tem dúvidas sobre quais ferramentas usar para promover seu e-commerce, chegou ao post certo!

Aqui vamos mostrar 5 formas criativas para quem precisa potencializar suas estratégias de divulgação, independentemente do ramo de atuação ou do porte da sua loja. Pronto para sair na frente da concorrência na busca pela atenção do consumidor? Então vamos lá!

1. Participar de marketplaces

Tendo conquistado um espaço importante no Brasil, os marketplaces podem ser ótimas opções tanto para quem ainda está iniciando suas atividades no mercado como para quem vem enfrentando dificuldades na venda dos produtos. Para entender melhor as vantagens de fazer parte desse tipo de negócio, pense no marketplace como um shopping center virtual. Como reúnem vários lojistas e diversas opções de mercadorias, eles geralmente têm uma boa audiência.

A dica para aproveitar melhor esse tipo de oportunidade (principalmente se o objetivo é ganhar visibilidade) é escolher criteriosamente o mix de produtos. Nesse momento, tenha em mente que o principal é representar adequadamente sua marca. Os marketplaces são boas opções para divulgar loja virtual porque investem alto em marketing digital. Assim, seu negócio será bastante beneficiado com publicidade ainda que você não invista nesse quesito.

Só vale ter atenção na hora de escolher o marketplace! Procure por empresas que tenham boa reputação e, claro, que possuam afinidade com os produtos comercializados no seu e-commerce. Avalie com cuidado a documentação e cheque principalmente as informações relacionadas às taxas cobradas.

2. Enviar produtos a digital influencers

Essa é uma estratégia frequentemente empregada por grandes marcas anunciantes. Comparando com a verba normalmente destinada a TV, rádio e revistas, por exemplo, a aposta publicitária nos digital influencers se mostra como uma opção muito mais acessível. Para uma loja virtual, a dica é analisar bem o perfil dos profissionais que vêm se destacando na internet para só efetivamente enviar os produtos a quem demonstrar ter afinidade com seu negócio.

É preciso destacar que, apesar de acumularem grandes audiências, nem todos os influenciadores digitais têm um esquema estruturado de cobrança. Muitos, na verdade, trabalham com permutas, trocando citações relacionadas à marca por seus produtos.

Como a proposta aqui é pensar em formas criativas de divulgar sua loja virtual, esse pode sim ser um caminho. Vale, porém, o alerta: essa estratégia deve ser complementar. Assim, só deve ser feita se encaixar no seu orçamento e, claro, se você identificar que determinado blogueiro ou youtuber tem tudo a ver com seu negócio!

3. Investir em branded content

Não tem como fugir: tudo na internet gira em torno da oferta de conteúdo. Assim, investir na produção de materiais de qualidade é uma ótima estratégia para quem precisa gerar tráfego para seu e-commerce. Diferentemente dos anúncios pagos, a abordagem nesse caso precisa ser mais sutil. O objetivo é conseguir produzir conteúdos que despertem o interesse do seu público-alvo. Nesse sentido, publicações de caráter mais educativo ou mesmo voltadas para o entretenimento costumam funcionar bem.

O grande desafio do branded content é desenvolver algo que seja útil para o público, mas que também tenha afinidade com o negócio. Afinal de contas, o leitor precisa identificar a personalidade da loja, construindo uma percepção positiva sobre ela.

A divulgação dos conteúdos produzidos pode ser feita em um blog corporativo, mas também é preciso explorar as redes sociais. O propósito é, nessas plataformas, impulsionar a repercussão das mensagens. Além de produções próprias, o branded content também pode ser feito a partir do compartilhamento de conteúdos relacionados a seu e-commerce. Nesse caso, seja criterioso na seleção, checando a veracidade das informações e a qualidade do material. Pense: tem que ser algo de valor para seu público e que ajude na reputação da sua loja!

4. Planejar sua presença digital

Como o setor de e-commerce tem crescido muito no Brasil, é sinal de que conseguiu cair nas graças do consumidor, certo? Ótima notícia! Por outro lado, porém, vem a consequência: a concorrência está cada vez mais acirrada. Tenha em mente, então, que o sucesso da sua estratégia de divulgação depende muito de um bom trabalho de planejamento. É a partir daí que seu negócio na internet vai garantir presença digital.

Na prática, isso quer dizer que você precisa organizar suas publicações, sejam elas feitas em um site, um blog ou nas redes sociais. A orientação é: para ter reputação, a marca deve ter uma voz única, adotando sempre o mesmo tom na sua comunicação.

Um outro ponto merece atenção especial: atualização. Então entenda desde já: nesse cenário, não há nada pior para sua imagem que deixar seus canais desatualizados. Mas nada de estresse! Principalmente no início, não é preciso sequer empregar ferramentas muito sofisticadas. Muitas vezes, uma planilha básica do Excel já funciona bem para organizar seu calendário de publicações. Além da qualidade do conteúdo, portanto, é importante assegurar periodicidade.

5. Valorizar a comunicação personalizada

O e-mail marketing é uma excelente ferramenta para divulgar loja virtual. Só não caia na tentação de comprar listas prontas de contato ou se valer da facilidade do uso desse canal para fazer disparos aleatórios! Lembre-se: personalização é conceito-chave para a comunicação digital. O consumidor precisa se sentir valorizado, o que implica ter sua privacidade respeitada.

Levando tudo isso em conta, o primeiro passo para uma boa estratégia via e-mail marketing é obter permissões. O ideal é, portanto, que os dados dos clientes sejam conseguidos pela própria loja. Você pode fazer isso usando formulários inseridos no site ou em uma landing page. Obtida a autorização, planeje o envio da sequência certa de conteúdos. E sempre adote as boas práticas da área, garantindo, por exemplo, que links para descadastro de usuários estejam visíveis.

Como você deve ter percebido, são muitos os caminhos que podem ser adotados para divulgar loja virtual. E mais importante que o canal ou a ferramenta é saber definir seus objetivos, trabalhando para alcançá-los. Por mais que nem sempre seja fácil desenvolver a disciplina necessária, o sucesso do e-commerce depende dessa orientação mais estratégica.

E então, ficou ainda com alguma dúvida ou quer acrescentar uma ideia? Deixe um comentário e enriqueça nosso conteúdo!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário