E-commerce: O Funil de Marketing para lojas virtuais. Dicas para melhorar as vendas.
O que é e como vender mais com a Masterpass em sua loja virtual

Fim do boleto sem registro impacta seriamente o e-commerce: Saiba o que fazer!

Publicado em: • Última Atualização:

a-morte-do-boleto-online-principal

Recebi a notícia este ano que novos e atuais clientes bancários deixarão de utilizar a cobrança sem registo para boletos, onde a maior parte das empresas optam por essa modalidade pois o custos de operação e gerenciamento são bem menores.

A nova regra sobre emissão de Boletos para 2017 veio como um balde de água fria para quem realiza vendas online.  Onde a primeira pergunta de um proprietário ou gestor de E-commerce é:

– O que vai mudar em minha operação e qual o custo dessa nova modalidade?

E é exatamente isso que vou explicar neste artigo. Se preferir você pode conferir o o vídeo em que eu participo de um bate bapo super descontraído sobre o assunto:

 

 

A Nova Regra e Suas Mudanças

A FEBRABAN (Federação Brasileira dos Bancos) anunciou no início do ano uma nova Plataforma de cobrança, onde será obrigatório as emissões de boletos com registro. Se adequando assim com as novas regras impostas pelo Banco Central, visando aumentar segurança e transparência em transações de cobrança mercantil.

De acordo com a entidade, essa mudança foi impulsionada pelo alto índice de fraude nos últimos anos, desencadeando o interesse no crime organizado e quadrilhas especializadas, onde em 2014 movimentou R$ 159 milhões em fraudes, em 2015 R$ 370 milhões e estima-se para 2016 R$ 500 milhões. Assim o Banco Central exigiu a melhoria imediata do produto ou acabaria com essa modalidade de cobrança.

Boleto sem Registro

Hoje, a maioria das empresas que utilizam cobranças optam por essa modalidade principalmente pela facilidade de manipulação dos títulos e custo fixo para emissão de um boleto sem registro.

Levando como base um E-commerce que tem em média 40% de suas vendas feitas por boleto e apenas 50% desses boletos são pagos pelos compradores, é cômodo que gere custo para a loja virtual somente os boletos que de fato foram pagos, viabilizando assim as vendas por boletos. Até mesmo porque os compradores não tem compromisso algum de liquidar essa fatura uma vez que o produto ou serviço ainda não foi entregue ou prestado ao cliente.

Uma carteira sem registro que emitiu uma cobrança e não foi paga, não gera custo algum aos lojistas, pois os bancos emissores não enxergam essas cobranças até que seja realizado o pagamento, assim você pode alterar e emitir boletos a vontade sem compromisso de tarifas adicionais.

Boleto com Registro

Já com a nova regra, o boleto registrado, de acordo com as informações da FEBRABAN, irá seguir com uma transação mais segura para as empresas e bancos, impondo aos compradores a inserção de dados válidos e obrigatórios para uma fácil rastreabilidade como por exemplo o CPF ou CNPJ de quem paga.

Não serão mais aceitos Boletos sem valor e vencimento, assim os juros e multas poderão ser atualizados automaticamente no momento do pagamento sem precisar emitir mais a famosa “segunda via”, além de os boletos registrados poderem ir a protesto em cartório.

Toda emissão, alteração, baixa ou prorrogação de boleto, será previamente registrada no banco, o que gerará custo para cada operação independente se o pagador liquidar a fatura ou não.

Usa Carteira sem Registro? Saiba o que Fazer

Para quem usa o boleto sem registro, principalmente empresas de E-commerce que não querem ver suas vendas sendo prejudicadas ou ter um aumento expressivo nos custos, algumas alternativas de formas de pagamento podem ser fornecidas aos clientes, como o incentivo de compras feita pelo cartão de crédito e Transferências Online ou integrações com Intermediadores de Pagamento, onde essas empresas arcam com os custos de Boleto mediante a uma taxa fixa sobre os valores das vendas de forma descomplicada.

Se você não tem ou está a procura de um intermediador que te auxilie, o TrayCheckout te garante a isenção das taxas para uso do boleto registrado e ainda traz uma solução completa para os pagamentos da sua loja virtual. Mas atenção, o prazo de migração da Carteira “Sem Registro” para a modalidade “Registrada” termina em Dezembro de 2016 para ter início em Janeiro de 2017, não perca tempo e se adeque a nova regra.

Artigo escrito por: José Renato Galletti – Analista Comercial do TrayCheckout

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Fim do boleto sem registro impacta seriamente o e-commerce: Saiba o que fazer!
5 (100%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *