Facebook retira regra dos 20% de texto para anúncios

Ao que tudo indica, o terror dos designers e social medias acabou: o Facebook retirou a regra dos 20% de texto em […]

Ao que tudo indica, o terror dos designers e social medias acabou: o Facebook retirou a regra dos 20% de texto em anúncios. 

Durante muitos anos, a regra de 20% de texto foi motivo de impasses dentro de agências de marketing digital, empresas e e-commerces responsáveis por seu próprio marketing: o redator escrevia o texto necessário, o designer fazia a peça e o social media desaprovava porque ultrapassou os 20% de texto. 

O redator não podia abrir mão de umas palavrinhas e o designer achava desarmonioso deixar tudo bem pequeno. De fato, a proporção prejudicava muito a leitura do usuário. 

Finalmente, depois de muitas alterações, o Facebook retirou a regra dos 20% de texto em imagens patrocinadas! 

Facebook remove o limite de 20% de texto em imagens patrocinadas. 

Aliás, houve uma mudança na página de ajuda do Facebook. Agora, ela faz a seguinte recomendação: 

“Conduzimos pesquisas e analisamos o feedback de nossa comunidade para entender o impacto que diferentes atributos de um anúncio têm em seu desempenho. Descobrimos que as imagens que contêm menos de 20% de texto têm melhor desempenho. Pensando nisso, recomendamos que o texto que você utilize seja curto, claro e conciso para que a mensagem seja transmitida com sucesso”.

Ou seja, a rede social ainda recomenda os anunciantes a utilizarem apenas 20% de texto na imagem. Uma vez que pesquisas e relatórios confirmam que essa quantidade de texto limitada ajuda os anúncios a performarem melhor e, consequentemente, serem mais vantajosos financeiramente. 

Entretanto, isso ficará apenas como recomendação do Facebook. Não haverá mais penalidades para anúncios que descumprirem esta “regra”. 

Sendo assim, fica a critério do próprio anunciante seguir a recomendação ou não. 

De fato, isso é uma excelente atitude do Facebook. Já que, não existem regras para o Marketing Digital. Cada nicho e cada negócio funciona de uma forma, já que os públicos são muito diferentes. 

Deixar a penalização de lado e proporcionar liberdade para os anunciantes, fará com que as marcas tenham seus próprios relatórios do que funciona ou não. 

E você, o que achou da novidade? Vai aproveitar para usar mais texto em seus anúncios ou não? Deixe aqui nos comentários!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário